Os Tambores do Outono, parte II - Outlander #04


Autora: Diana Gabaldon
Título original: Drums of Autumn
Tradução: Carolina Caires Coelho
Série: Outlander
Editora: Arqueiro
Páginas: 469
Onde encontrar: AmazonBr | Livraria Cultura | Saraiva | Submarino
| Livro cedido em parceria com a Editora Arqueiro |


Sinopse: Depois de voltar no tempo à Escócia do século XVIII e reencontrar Jamie Fraser, o amor de sua vida, Claire Randall seguiu com ele para o Novo Mundo. Agora eles moram na Carolina do Norte, nos Estados Unidos, e Jamie, com o auxílio da misteriosa e autoritária Jocasta Cameron, conseguiu tornar-se uma pessoa influente. As coisas finalmente parecem estar entrando nos eixos.Duzentos anos à frente, a filha dos dois, Brianna, encontra um recorte de jornal antigo e descobre que Claire e Jamie morrerão em um incêndio. Isso, somado à sua curiosidade em relação ao pai biológico e à saudade que sente da mãe, faz com que deixe o namorado para trás e se lance através do círculo de pedras em uma aterrorizante jornada rumo ao desconhecido. Para salvar a vida daqueles que ama, ela tentará mudar o passado, mesmo que isso signifique colocar em risco o próprio futuro.Assim que fica sabendo o que a namorada fez, Roger Wakefield abandona seu emprego de professor e decide segui-la. Mais uma vez, a força do amor ultrapassa obstáculos, vencendo tempo e espaço, e dá início a uma nova e fantástica fase nesta saga antológica.Na segunda parte de Os Tambores do Outono, Diana Gabaldon conta as aventuras de uma jovem destemida no atribulado século XVIII. Unindo sentimentos atemporais como culpa, raiva e amor a uma cuidadosa pesquisa histórica, a autora constrói uma trama inesquecível, com reencontros de tirar o fôlego e um desfecho emocionante.

Leitores queridos. Chegamos a resenha do quinto livro de Outlander, Os Tambores do Outono, agora com a parte dois, pois ele foi separado em dois livros pela Editora Arqueiro, por ser muito volumoso acredito (e ambos são grandes por si só). Para quem nunca ouviu falar de Outlander, tanto do livro quanto da adaptação para a TV através do canal Starz (te amo Starz), você pode conferir nossas resenhas anteriores e detalhadas, e a primeira delas sem spoilers, aqui.


E se você ainda tem dúvidas em relação a esta saga de livros, o que está esperando pra começar? Vamos a resenha antes que eu morra com este gif! :)

8 Autoras que Mudaram a Literatura e que Você Precisa Conhecer


Olá, leitores!!
Nesse mês especial em homenagem às mulheres, preparei uma lista de autoras que mudaram a literatura nacional e internacional para você conhecer. São escritoras que você tem que ler pelo menos uma vez na vida! ;)


1) Cecília Meireles 


Brasileira, nasceu no dia 07 de novembro de 1901. Cecília foi poeta, pintora, professora e jornalista. É considerada a primeira voz feminina com grande expressão na literatura no Brasil e até  hoje é conhecida como uma das vozes mais importantes da literatura nacional. Suas obras mais conhecidas são: Ou Isto ou Aquilo e Romanceiro da Inconfidência





Imperfeitos #01

Autora: Cecelia Ahern
Título original: Flawed
Tradução: Paulo Polzonoff Junior
Série: Imperfeitos
Editora: Novo Conceito
Páginas: 320
Onde encontrar: AmazonBr | Americanas | Cultura | Saraiva | Submarino | Travessa


| Livro cedido em parceria pelo Grupo Editorial Novo Conceito |


Sinopse: Celestine North vive em uma sociedade que rejeita a imperfeição. Todos aqueles que praticam algum ato julgado como errado são marcados para sempre, rechaçados da comunidade, seres não merecedores de compaixão.
Por isso, Celestine procura viver uma vida perfeita. Ela é um exemplo de filha e de irmã, é uma aluna excepcional, bem quista por todos do colégio, além do mais, ela namora Art Crevan, filho da autoridade máxima da cidade, o juiz Crevan.
Em meio a essa vida perfeita, Celestine se encontra em uma situação incomum, que a faz tomar uma decisão instintiva. Ela faz uma escolha que pode mudar o futuro dela e das pessoas a seu redor.
Ela pode ser presa? Ela pode ser marcada? Ela poderá se tornar, do dia para a noite Imperfeita?
Nesta distopia deslumbrante, a autora best-seller Cecelia Ahern retrata uma sociedade em que a perfeição é primordial e quem cometer qualquer ato falho será punido. A história de uma jovem que decide tomar uma posição que poderá custar-lhe tudo.

Cecelia Ahern é uma autora polêmica para mim. Isso porque tenho amigos que amam completamente e outros que a odeiam com todas as suas forças. Até então eu nunca havia lido nenhum de seus livros e por isso vim tirar a prova com Imperfeitos, o primeiro livro dos gêneros Young Adult e Distopia da autora.

Cecelia Ahern
A protagonista da história é a jovem Celestine North, uma mestiça filha de pai negro e mãe branca. Ela tem dois irmãos, Juniper e Ewan, e uma vida perfeita. Celestine é linda, popular na escola, sempre rodeada de amigos e com boas notas, além de namorar o divertido Art Crevan, filho da autoridade máxima da cidade, o juiz Crevan.

E Celestine, assim como toda a sua família, tem que ser perfeita. Isso porque na sociedade em que ela vive ser perfeito é lei. Uma pessoa acusada de cometer uma imperfeição é julgada por juízes, como o juiz Crevan, e - se for considerada imperfeito - esse indivíduo é marcado à ferro e fogo na pele e, a partir de então, hostilizado pela sociedade. Além disso, um imperfeito é obrigado a seguir regras opressoras pelo resto da vida, como: sentar apenas nas poltronas dos imperfeitos no ônibus (mesmo que haja lugares livres no resto do transporte), não ficar próximo de outros imperfeitos no mesmo local, se alimentar de rações específicas e apenas um doce por semana (nada de álcool é permitido também), se ficar doente só é permitido ir ao hospital dos imperfeitos, entre outras.

#Encontro com Livreiros: Editora Arqueiro & Sextante


Nós tivemos um imenso prazer em receber o convite da editora Arqueiro & Sextante para participar de um Encontro com Livreiros aqui em São Paulo na última terça-feira (21/03) no shopping Frei Caneca.

Como já tive experiência do mesmo evento no ano passado (confira aqui), já sabia como chegar ao local e por isso cheguei super cedo! O bom é que tinha um café da manhã delicioso esperando todos os convidados chegarem.

E, como em todos os eventos da Arqueiro e da Sextante, a casa estava lotada. A equipe da editorial estava completa para anunciar algumas das próximas novidades literárias que vão trazer para o Brasil. Confira mais detalhes abaixo.

Arqueiro


O evento já começou chamando a atenção para um lançamento policial que promete ser tudo de bom! O livro Boneco de Pano é o primeiro do roteirista Daniel Cole que ainda nem foi lançado, mas já está em todas as mídias internacionais. Nós assistimos um vídeo com o próprio escritor contando que o livro surgiu porque o roteiro dessa história foi negado por seis anos em vários canais de TV! Mas como Cole queria terminar a história, escreveu a obra que tem previsão de lançamento para abril - próximo mês já!  


Sinopse: O polêmico detetive William Fawkes, conhecido como Wolf, acaba de voltar à ativa depois de meses em tratamento psicológico por conta de uma tentativa de agressão. Ansioso por um caso importante, ele acredita que está diante da grande chance de sua carreira quando Emily Baxter, sua amiga e ex-parceira de trabalho, pede a sua ajuda na investigação de um assassinato. O cadáver é composto por partes do corpo de seis pessoas, costuradas de forma a imitar um boneco de pano.
Enquanto Wolf tenta identificar as vítimas, sua ex-mulher, a repórter Andrea Hall, recebe de uma fonte anônima fotografias da cena do crime, além de uma lista com o nome de seis pessoas – e as datas em que o assassino pretende matar cada uma delas para montar o próximo boneco. O último nome na lista é o de Wolf.
Agora, para salvar a vida do amigo, Emily precisa lutar contra o tempo para descobrir o que conecta as vítimas antes que o criminoso ataque novamente. Ao mesmo tempo, a sentença de morte com data marcada desperta as memórias mais sombrias de Wolf, e o detetive teme que os assassinatos tenham mais a ver com ele – e com seu passado – do que qualquer um possa imaginar.
Com protagonistas imperfeitos, carismáticos e únicos, aliados a um ritmo veloz e uma deliciosa pitada de humor negro, Boneco de Pano é o que há de mais promissor na literatura policial contemporânea.

Paixão Irresistível - Cretino #2.5

Autora: Christina Lauren
Título original: Beautiful Bombshell
Tradução: Felipe Vieira
Série: Cretino Irresistível
Editora: Universo dos Livros
Páginas: 107
Classificação: +16
Onde encontrar: AmazonBR | Saraiva | Submarino
Sinopse: O que acontece em Las Vegas... fica em Las Vegas! Quando os amigos de Bennett finalmente o arrastam para sua despedida de solteiro, sua primeira parada não acontece exatamente como esperado. Seus planos para um fim de semana apenas com os caras desmoronam completamente quando Bennett e Max fazem de tudo para se encontrarem secretamente com as mulheres que amam. Mas quando o solteirão Will Sumner começa a desconfiar, os dois percebem que terão que unir forças se quiserem mais algumas escapadinhas sexys em Las Vegas. Chloe Mills e Bennett Ryan estão de volta para uma última aventura antes do casamento – mas talvez eles não queiram nunca mais ir embora!
Esse é o segundo interlúdio na série Cretino, lançada no Brasil pela Universo dos Livros. Se você acompanha o LOHS, sabe que estou trazendo uma resenha por mês dessa série que acabou ganhando um espacinho nos meus dias por conta de sua escrita leve e descompromissada. Esta é a quarta resenha, porém é a 2.5 oficialmente. Considere-o como uma continuação de Cretina Irresistível, ou seja, depois do pedido de casamento de Bennet e Chloe.

Em Paixão Irresistível, veremos como foi a despedida de solteiro de Bennet Ryan em Las Vegas. Por conta de seu pequeno tamanho (100 páginas apenas), essa resenha também não será muito extensa. Aproveitem!

“- Na dúvida, deixe Max Stella planejar sua despedida de solteiro.” Henry, pos. 38
Aqui, acompanharemos Bennet, Max (Estranho Irresistível), Will (amigo de infância) e Henry (irmão de Bennet) em uma noitada por Las Vegas. O plano é os quatro passarem o Dia do Namorados em Las Vegas. Será que nossas garotas estarão ok com essa situação? Vamos descobrir!

Meio Mundo - Mar Despedaçado #02

Autor: Joe Abercrombie
Título original: Half the World
Tradução: Alves Calado
Série: Mar Despedaçado
Editora: Arqueiro
Páginas: 368
Onde encontrar: AmazonBr | Submarino | Livraria Cultura
 
| Livro cedido em parceria com a Editora Arqueiro |

Sinopse: Thorn Bathu não é uma garota comum. Mesmo tendo sido criada numa sociedade machista, ela vive para lutar e treina arduamente há anos. Porém, após uma fatalidade, ela é declarada assassina pelo mesmo mestre de armas que deveria prepará-la para as batalhas. Para fugir à sentença de morte, Thorn se vê obrigada a participar de um esquema do ardiloso pai Yarvi, ministro de Gettland. Ao lado dela se encontra Brand, um guerreiro que odeia matar, mas encara a jornada como uma chance de sustentar a irmã e conquistar o respeito de seu povo. A missão dos dois é cruzar meio mundo a bordo de um navio e buscar aliados contra o Rei Supremo, que pretende subjugar todo o Mar Despedaçado. É uma viagem desafiadora, em que Brand precisa provar seu valor e Thorn fará o necessário para honrar a memória do pai e se tornar uma verdadeira guerreira. Guiando os personagens por caminhos tortuosos em busca de amadurecimento e redenção, Joe Abercrombie mais uma vez nos maravilha com uma história grandiosa, que se sustenta sozinha por seu vigor, mas também dá continuidade à saga de Gettland e Yarvi. Finalista do prêmio Locus, Meio Mundo deixará o leitor na expectativa do desfecho desta série épica.

Olá leitores e leitoras, neste mês de março, recebemos da Editora Arqueiro o segundo volume da trilogia fantástica de Joe Abercrombie e  voltei ao universo criado por ele em Meio Rei. Neste segundo livro, Meio Mundo, vamos rever os personagens e a imensa trama construída no primeiro volume, e conhecer novos protagonistas também. O livro é narrado através dos olhos de uma jovem assassina, Thorn, e um esforçado rapaz, Brand. Ambos serão uma peça chave rumo ao Meio Mundo que Yarvi terá de percorrer para cumprir seu destino e enfrentar o Rei Supremo. Vamos a resenha!

Os Impostores - A Garota do Cemitério #01

Autores: Charlaine Harris, Christopher Golden e Don Kramer 
Título original: The Pretenders
Tradução: Heloísa Leal
Série: A Garota do Cemitério
Editora: Valentina
Páginas: 128
Onde encontrar: AmazonBr | Americanas | Cultura | Saraiva | Submarino | Travessa


| Edição cedida em parceria com a Editora Valentina |


Sinopse: Ela adotou o nome Calexa Rose Dunhill, inspirada numa lápide do sombrio ambiente em que acordou, ferida e apavorada, sem qualquer lembrança de sua identidade, de quem a jogou lá para morrer ou mesmo do porquê.
Fez do cemitério o seu lar, vivendo escondida numa cripta. Mas Calexa não pode se esconder dos mortos – e, quando descobre que possui a estranha capacidade de ver as almas se desprenderem de seus corpos...
Então, certa noite, Calexa presencia um grupo de jovens praticando uma sinistra magia. Horrorizada, testemunha o ato insano que eles cometem. Quando o espírito da vítima abandona o corpo, ele entra em Calexa, atormentando sua mente com visões e lembranças que parecem não ser dela.
Agora, Calexa deve tomar uma decisão: continuar escondida para se proteger – afinal, alguém acredita que ela está morta – ou sair das sombras para trazer justiça ao angustiado espírito que foi até ela em busca de ajuda?

Eu sempre gostei muito de histórias em quadrinhos e também sempre tive muita curiosidade em ler a série de livros que inspirou a produção de TV True Blood. Então, quando a Valentina nos ofereceu uma nova obra em quadrinhos de Charlaine Harris (autora de As Crônicas de Sookie Stackhouse), não tive dúvidas de que iria ler! 

Os Impostores é a primeira obra da trilogia A Garota no Cemitério, com Charlaine Harris e Christopher Golden (autor de Uncharted) responsáveis pelo texto e Don Kramer (com trabalhos publicados na Marvel e na DC) pela arte.
A história tem início com uma noite chuvosa, cheia de raios e trovões, e um corpo de uma jovem garota ruiva jogado em no Cemitério Dunhill. A menina pode ter morrido por alguns minutos, mas de alguma forma acordou sem memória. Não sabia quem era ou o que tinha acontecido, só que tinha certeza que alguém a queria morta.

Com medo de procurar a polícia e o seu assassino tentar terminar de matá-la, a garota decide ficar escondida no cemitério. Com o passar dos dias e a fome aumentando, a menina começa a roubar comida, roupa e jornais do zelador viúvo do cemitério e da velhinha vizinha ao cemitério. Todos os dias a garota procura notícias de meninas desaparecidas para tentar descobrir quem é e o que aconteceu, mas nunca aparece nada que possa ter alguma conexão com ela. 

Uma Canção de Ninar

Autora: Sarah Dessen
Título original: This Lullaby
Tradução: Flávia Souto Maior
Editora: Seguinte
Páginas: 352
Onde encontrar: AmazonBr | Americanas | Cultura | Saraiva | Submarino | Travessa


| Livro cedido em parceria pelo Grupo Cia das Letras |


Sinopse: Remy não acredita no amor. Sempre que um cara com quem está saindo se aproxima demais, ela se afasta, antes que fique sério ou ela se machuque. Tanta desilusão não é para menos: ela cresceu assistindo os fracassos dos relacionamentos de sua mãe, que já vai para o quinto casamento.
Então como Dexter consegue fazer a garota quebrar esse padrão, se envolvendo pra valer? Ele é tudo que ela odeia: impulsivo, desajeitado e, o pior de tudo, membro de uma banda, como o pai de Remy — que abandonou a família antes do nascimento da filha, deixando para trás apenas uma música de sucesso sobre ela.
Remy queria apenas viver um último namoro de verão antes de partir para a faculdade, mas parece estar começando a entender aquele sentimento irracional de que falam as canções de amor.

Fiquei apaixonada por Sarah Dessen com o livro Os Bons Segredos (Resenha) e desde então tenho procurado seus outros títulos e tentado arrumar tempo para lê-los. Por isso, foi com grande prazer que recebi Uma Canção de Ninar do selo Seguinte

A história tem como protagonista Remy, uma garota que acredita que o amor tem um prazo de validade determinado e aprendeu isso por ter vivenciado de perto os relacionamentos fracassados da mãe, que está indo agora para o quinto casamento.

Remy sempre viveu com a mãe e o irmão mais velho, Chris. Seu pai foi um músico que fez uma única música de sucesso, criada em homenagem à ela. Ironicamente, o pai nunca conheceu a filha, mas a “Canção de Ninar” pelo menos irá pagar a faculdade dela.


O destino começa agir na vida de Remy quando ela está na concessionária de carros de seu futuro padrasto, Don Davis, para organizar alguns detalhes finais da cerimônia de casamento que se aproxima. Será a primeira de várias vezes que ela encontrará Dexter, um garoto estranho e totalmente fora dos padrões de namorados dela. 

Seguidores

No Instagram @bloglohs

Vem pro Facebook