Mulher-Maravilha: Sementes da Guerra - Lendas da DC #01

Autora: Leigh Bardugo
Título original: Wonder Woman – Warbringer
Tradução: Mariana Serpa
Série: Lendas das DC
Editora: Arqueiro
Páginas: 400
Onde encontrar: AmazonBr | Saraiva | Submarino

| Livro cedido em parceria com a Editora Arqueiro |
Sinopse: Antes de se tornar a Mulher-Maravilha, ela era apenas Diana.
Filha da deusa Hipólita, Diana deseja apenas se provar entre suas irmãs guerreiras. Mas quando a oportunidade finalmente chega, ela joga fora sua chance de glória ao quebrar uma lei das amazonas e salvar Alia Keralis, uma simples mortal.
No entanto, Alia está longe de ser uma garota comum. Ela é uma semente da guerra, descendente da infame Helena de Troia, destinada a trazer uma era de derramamento de sangue e miséria. Agora cabe a Diana salvar todos e dar seu primeiro passo como a maior heroína que o mundo já conheceu.

Lançado no começo de Novembro, vocês esperariam que - como devota que sou da Mulher-Maravilha - eu lesse esse livro em dois dias, certo? Errado! O que conhecemos de Leigh Bardugo com a Trilogia Grisha não é o que devemos esperar para este youg-adult. Talvez por isso eu tenha demorado um pouco para engrenar na leitura... Porém, isto não significa que este não seja um livro muito bem escrito e digno de Diana, Princes... Diana Prince, nossa queria Mulher-Maravilha!

Com a recente expansão do universo cinematográfico da DC (além das diversas séries da Warner), não é de se espantar que o mundo literário não tenha convocado um time de peso para escrever a versão jovem de quatro personagens incríveis do universo DC, são elas: Mulher-Maravilha (Leigh Bardugo - Sombra e Ossos), Batman (Marie Lu - Legend e Jovens de Elite), Mulher-Gato (Sarah J. Maas - Trono de Vidro e Corte de Espinhos e Rosas) e Superman (Matt de la Pena - série Infinity Ring). Os títulos dos três primeiros livros já foram divulgados! Wonder Woman: Warbringer, Batman: Nightwalker, CatWoman: Soulstealer.

Mulher-Maravilha provavelmente foi o primeiro a ser escolhido, porque a personagem está arrasando no universo cinematográfico, ganhando vida pela Gal Gadot!, com Batman vs. Superman, Mulher-Maravilha (melhor filme do ano!), e mais recentemente, Liga da Justiça. Inspiração para todas as mulheres, Diana parece agora como um ícone para nossas jovens! Vejamos como Leigh deu vida a essa versão youg-adult da heroína!


O Príncipe Corvo - Trilogia dos Príncipes #01

Autora: Elizabeth Hoyt
Título original: The Raven Prince
Tradução: Ana Resende
Série: Trilogia dos Príncipes
Editora: Record
Páginas: 350

| Livro cedido em parceria com o Grupo Editorial Record |

Sinopse: Ao descobrir que o conde de Swartingham visita um bordel para atender suas “necessidades masculinas”, Anna Wren decide satisfazer seus desejos femininos... com o conde como seu amante.
Chega uma hora na vida de uma dama...
Anna Wren está tendo um dia difícil. Depois de quase ser atropelada por um cavaleiro arrogante, ela volta para casa e descobre que as finanças da família, que não iam bem desde a morte do marido, estão em situação difícil.
Em que ela deve fazer o inimaginável...
O conde de Swartingham não sabe o que fazer depois que dois secretários vão embora na calada da noite. Edward de Raaf precisa de alguém que consiga lidar com seu mau humor e comportamento rude.
E encontrar um emprego.
Quando Anna começa a trabalhar para o conde, parece que ambos resolveram seus problemas. Então ela descobre que ele planeja visitar o mais famoso bordel em Londres para atender a suas necessidades “masculinas”. Ora! Anna fica furiosa — e decide satisfazer seus desejos femininos… com o conde como seu desavisado amante.

Estava muito curiosa para conhecer os romances de época de Elizabeth Hoyt porque ela é sempre uma recomendação constante de Eloisa James, uma das escritoras do gênero que mais gosto. Aliás, na obra Quando a Bela Domou a Fera (publicado pela editora Arqueiro no Brasil), Eloisa cita um lugar muito importante da história de O Príncipe Corvo. Acho sempre muito interessante quando as autoras amigas fazem esses tipos de citações.

O Príncipe Corvo é o primeiro da Trilogia dos Príncipes, sendo que os três volumes já foram publicados no Brasil pela editora Record. O lado bom é que acabei de receber em casa o segundo título da série, O Príncipe Leopardo, e já estou esperando chegar o terceiro também. Então, prometo trazer resenha da trilogia completa assim que for possível! :D

Trilogia dos Príncipes

O livro nos apresenta a jovem viúva Anna Wren que está passando por dificuldades. Desde a morte do marido, as finanças já não iam muito bem, mas agora estão em uma situação muito complicada. Como Anna é responsável pela sogra e por uma garota órfã que acolheu, ela toma a difícil decisão de fazer algo bem vergonhoso para sua posição: arrumar um emprego.

Notas Sobre Ela

Autor: Zack Magiezi
Editora: Bertrand Brasil
Páginas: 120
Onde encontrar: AmazonBr | Saraiva | Submarino


| Livro cedido em parceria com o Grupo Editorial Record


Sinopse: Ao retratar a mulher da infância à maturidade, Zack Magiezi mergulha no universo e na aura femininos revelando suas nuances, facetas e matizes. Dos picos de solidão noite adentro às alegrias ensolaradas à beira-mar; dos cheiros e tatos da inocência às expectativas que ora se cumprem ora se quebram; dos sonhos que reconfortam à realidade que lapida. Os vislumbres e as impressões; sentimentos e sensações; gestos, fotos, livros, discos, pessoas: nada foge ao autor. Obra inédita inspirada na série de textos que conquistou as redes sociais, Notas sobre ela é, em essência, sobre todas elas.

Olha só quem voltou com mais poesia?! Isso, eu mesma. Apresentei Zack ao LOHS na resenha de Estranherismo (e vi no meu Instagram que foi na Bienal de 2016 que comprei o volume mesmo!) Graças à parceria com o Grupo Editorial Record, coloquei minhas mãos nessa segunda coletânea. Zack continua com seu trabalho no Instagram (@zackmagiezi), porém o que ele entrega em Notas Sobre Ela é completamente diferente, porque são todos poemas off-line, ou seja, ele não postou nenhum em seu Insta!

 
Dividido em quatro partes – as quatro fases da vida de todos os seres humanos –, esse livro é completamente dedicado às mulheres. Com sua sensibilidade ímpar, Zack retoma sua linha de poesia intitulada "notas sobre ela", que já vimos - inicialmente - no Insta e no miolo e Estranherismo. Agora, em um passeio pela trajetória de vida de uma mulher, ele nos encanta mais uma vez com suas palavras e insights. 

Porque muitas vezes, tudo o que queremos é que alguém nos entenda. E ninguém faz isso melhor do que um poeta! Só queremos parar o tempo e, então, lembrar de coisas há muito esquecidas. 

Clube Skoob #05


Olá, leitorxs!!!

Aqui estou eu novamente para falar mais uma vez do Clube Skoob!!! \o/
Quem já está seguindo o blog nas redes sociais (Facebook | Instagram | Twitter | Skoob | Youtube) pode ter conferido meu unboxing no stories do Instagram. Se não viu, comece a nos seguir porque sempre tem algo bacana por lá! ;)

Você pode conhecer também os detalhes das caixas anteriores nos posts:


Esse mês, na Caixa #05, o tema foi “sorte ou azar” e eu imaginava que receberia um livro da editora Rocco (comentei no post passado), mas estava completamente errada! 
E, como gosto muito de dividir os detalhes com vocês, tirei uma foto com tudo o que tinha no kit e numerei os itens para vocês não perderem nada. ;)

Fortaleza Impossível

Autor: Jason Rekulak
Título original: The Impossible Fortress
Tradução: Roberto Gray
Editora: Arqueiro
Páginas: 272

| Livro cedido em parceria com a editora Arqueiro |

Sinopse: “Uma declaração de amor aos anos 1980.” – David Ebershoff, autor de A garota dinamarquesa.
“Misto de história de amor, começo da adolescência e filme de ação, Fortaleza Impossível é um romance inteligente sobre amizade, sofrimento e computadores.” – Ben H. Winters, ganhador do Prêmio Edgar e autor da trilogia O último policial.
Um trio de garotos esquisitos e uma nerd brilhante que esconde um grande segredo.
Um inesperado romance que nasce em meio a computadores e disquetes.
Um ousado e perigoso assalto para roubar a edição de maio de 1987 da revista Playboy, com imagens escandalosas de uma famosa apresentadora de TV.
Todos esses elementos se unem para compor Fortaleza Impossível, um romance que fará você rir, se emocionar e recordar a maravilhosa sensação de se apaixonar por algo – ou alguém – pela primeira vez.

Já faz algum tempo que tem havido uma tendência - na moda, na cultura pop e na vida - no estilo de “ode aos anos 80”. Fortaleza Impossível, o primeiro romance de Jason Rekulak, faz parte desse movimento que gosta de homenagear e demonstrar todas as maravilhas da década de 1980.

Jason Rekulak
Devo confessar que não vivi nos anos 80 e não faço ideia de porque as pessoas acham que tudo era tão incrível. Mas Fortaleza Impossível logo chamou minha atenção pela questão nerd da história. Confesso aqui que nunca resisto a um livro que coloca um protagonista nerd. É fato! (Hahahaha)
No fim, desejei tanto conhecer essa história que recebi o e-book em parceria com a editora, e depois ainda acabei ganhando um exemplar do livro físico no último Encontro com Livreiros que compareci. 

O livro se passa em 1987, apresentando o jovem Billy Marvin, com 14 anos, que mora em Nova Jersey. Ele é um garoto que não consegue prestar muita atenção às aulas, principalmente porque passa as noites em claro fazendo o que mais ama: criando videogames em seu computador.
Embora sua mãe viva pegando no seu pé por conta das notas baixas, Billy não consegue parar de ler sobre programação de computadores e criar diferentes jogos. 

Estranherismo

Autor: Zack Magiezi
Editora: Bertrand Brasil
Páginas: 224
Onde encontrar: AmazonBr | Saraiva
Sinopse: Publicadas originalmente no Instagram, as poesias datilografadas de Zack conquistaram uma legião de fãs, falando sobre sentimentos, medos e dores, amores e perdas, tudo o que de mais profundo toca as pessoas. A sua poesia delicada e bela brinca com as palavras, cria neologismos e conquista os corações, dialogando diretamente com cada um de seus leitores. “Desde que minha vida saiu dos trilhos eu sinto que posso ir a qualquer lugar”, escreve o autor. Felizmente, agora os leitores também podem acompanhar essa jornada poética.
Comprei esse livro lindo na Bienal do ano passado, se eu não me engano. (Porque chances são de eu ter comprado em outro lugar e não lembrar. Bom, minha história com Zack Magiezi é bem parecida com a minha história com Alezandre Guimarães, autor de Doce Desconhecida. Conheci a poesia de Zack pelo Instagram, rede social na qual o poeta passou a reunir toda a sua produção. 

Sempre datilografadas, ou seja, escritas em uma máquina de escrever, a poesia de Zack conversa sobre o amor, sobre a modernidade e sobre como esta influência nesse sentimento tão antigo quanto o mundo. Depois de tanto sucesso nas redes sociais, a Bertrand Brasil trouxe para nós uma coletânea incrivelmente sensível e bem trabalhada.


Nosso envolvimento com a poesia já começa com a edição física: o toque da capa tem uma textura agradável. É aquele papel cartão meio papelão, sabe? A ilustração da capa é delicada e poética. O miolo é impresso em papel reciclável, com fonte de máquina de escrever, mesmo - que é também grande responsável pela magia. Percebemos três grandes blocos de poemas: o primeiro e o último são impressos em papel claro, os poemas com títulos diversos, porém diferenciados em pequenos grupos, como "diálogo", "confissões", "causa mortis", "sobre as coisas de dentro", "instruções para dizer eu te amo", entre diversos outros. O meu favorito são as criações de "para o amor que vai chegar".

#Lançamentos: Grupo Editorial Rocco

 

Animais fantásticos e onde habitam, de J. K. Rowling

Aprovado pela Escola de Magia e Bruxaria de Hogwarts desde sua publicação, Animais fantásticos e onde habitam divertiu famílias bruxas ao longo de gerações e é uma introdução indispensável às criaturas mágicas do mundo bruxo. Agora, a obra-prima do renomado magizoologista Newt Scamander, resultado de anos de viagem e pesquisa, ganha uma luxuosa edição ilustrada. Com desenhos de Olivia Lomenech Gill, ganhadora do English Association Picture Book Award e indicada para a Kate Greenaway Medal, esta magnífica nova edição em quatro cores do clássico da Biblioteca Hogwarts apresenta uma gama extraordinária de criaturas, algumas familiares para os leitores da série Harry Potter, outras que surpreenderão até mesmo o mais ardente magizoologista amador, todas ricamente ilustradas com uma variedade de técnicas, incluindo gravura, aquarela e esboços a carvão. O lançamento nacional é simultâneo à publicação na Inglaterra e nos EUA.

Ponto forte: Um luxuoso compêndio das criaturas mágicas que fazem parte da série Harry Potter e do filme Animais fantásticos e onde habitam ilustrado pela premiada Olivia Lomenech Gill. Edição em capa dura contendo prefácio assinado por Newt Sacamander, glossário dos animais fantásticos e outras curiosidades.
Prateleira: série Harry Potter e livros relacionados ao Mundo Bruxo de J.K. Rowling.

As Perfeccionistas #01

Autora: Sara Shepard
Título original: The Perfectionists
Tradução: Joana Faro
Série: As Perfeccionistas
Editora: Rocco Jovens Leitores
Páginas: 288
Onde encontrar: AmazonBr | Americanas | Cultura | Saraiva | Submarino | Travessa

| Livro cedido em parceria com o Grupo Editorial Rocco |

Sinopse: Autora da série bestseller Pretty Little Liars, que virou seriado de TV, Sara Shepard apresenta uma nova trama envolvendo cinco garotas e um crime em As perfeccionistas, primeiro de uma duologia.
Desta vez, o cenário da trama é Beacon Heights, Washington, onde Mackenzie, Ava, Caitlyn, Julie e Parker frequentam o último ano do ensino médio. Enquanto planejam seu futuro e lidam com suas próprias questões pessoais e familiares, algumas nem um pouco louváveis, as cinco descobrem algo em comum: todas elas odeiam o mesmo garoto, o rico e convencido Nolan. E arquitetam um plano de assassinato perfeito. Mas quando Nolan aparece morto exatamente do jeito que elas haviam imaginado, Mackenzie, Ava, Caitlin, Julie e Parker precisarão provar que não são culpadas, enquanto suas vidas – e seus segredos – desmoronam ao redor.

Sara Shepard
As Perfeccionistas foi o meu primeiro contato com a narrativa de Sara Shepard, autora da conhecida série - de livros e da TV - Pretty Little Liars. Achei que seria interessante ler mais uma duologia, só que dessa vez focada em um suspense com uma série de crimes inexplicáveis. 

O livro vai contar a história de cinco garotas que estão no último ano do Ensino Médio na Beacon Heights, em Washington. Mackenzie, Ava, Caitlin, Julie e Parker não têm muito em comum além do fato de todas odiarem o jovem Nolan Hotchkiss, um garoto rico e o maior terror do colégio. 

É durante uma aula de cinema que elas começam a debater sobre todas as pessoas em suas vidas que mereciam morrer. Mas é Nolan o fator em comum que interliga todas as garotas. Depois de planejar como seria a crime perfeito para assassinar o garoto e não serem descobertas, as jovens decidem que - pelo menos - elas poderiam pregar uma peça nele e assim tornar Nolan motivo de riso da escola. Afinal, elas são boas garotas e jamais matariam alguém de verdade.

"Elas ligaram umas para as outras e conversaram em sussurros nervosos. Estavam péssimas, mas eram garotas espertas. Garotas racionais. Nolan Hotchkiss estava morto; o ditador da Beacon Heights High tinha morrido. Isso significava o fim das lágrimas. O fim do bullying. O fim de uma vida com o medo de que ele expusesse os piores segredos das pessoas - por algum motivo, ele sabia muitos. E, de um jeito ou de outro, ninguém as vira subir com Nolan naquela noite. Elas tinham se certificado disso. Ninguém jamais as ligaria a ele.
Mas o problema era que alguém as vira. Alguém que sabia o que tinham feito naquela noite, e muito mais.
E alguém ia fazê-las pagar."
Prólogo, p. 15

Seguidores

No Instagram @bloglohs

Vem pro Facebook