Anita - Um Romance Sobre a Coragem

Autor: Thales Guaracy
Editora: Grupo Editorial Record
Páginas: 224
Onde Encontrar: Submarino | AmazonBR | Livraria Cultura | Livraria Saraiva
| Livro cedido em parceria com o Grupo Editorial Record |

Sinopse: Um romance sobre coragem, um romance sobre Anita Garibaldi. Neste romance repleto de beleza literária e cores realistas, tão chocante quanto maravilhoso, tão particular quanto universal, Thales Guaracy olha Anita pelos olhos de Giuseppe Garibaldi, a única pessoa que testemunhou por completo a vida da revolucionária. E assim desvenda e nos apresenta, com estilo único, pessoal e emocionante, a mulher que se atira sozinha sobre o exército inimigo; que corta os cabelos do marido por ciúme e o ameaça com um par de pistolas; que abandona os próprios filhos entre desconhecidos para atravessar um país conflagrado, escondida sob as cartas de um carro de correio, até uma cidade sitiada. E que aprendeu que “as causas perdidas são as mais certas”, tornando-se uma das mais extraordinárias personagens da história, considerada a “heroína de dois mundos”, precursora e símbolo do feminismo, representação de mulher forte e independente.

Olá leitores e leitoras! Acho que já citei em outras resenhas que sou apaixonada por história, até pelo fato de minha mãe ser formada em história e me encantar com ela desde pequena. Por isso sempre gostei de leituras que mesclam ficção, ou certa liberdade literária, e fatos históricos reais, como guerras, tomada de poder, acontecimentos importantes. Acho que existe muita, mas muita coisa mesmo a ser explorada na literatura no que diz respeito aos livros do gênero históricos, e as vezes não nos recordamos, mas a história do Brasil é muito rica em fatos e personagens icônicos. Por isso me senti atraída por Anita, de Thales Guaracy, recentemente publicado pelo Grupo Editorial Record.


Jovens de Elite - TYE #01




Autora: Marie Lu 
Título original: The Young Elites
Tradução: Rachel Agavino
Série: Jovens de Elite
Editora: Rocco - Jovens Leitores
Páginas: 304
Onde encontrar: AmazonBr | Saraiva | Submarino

Sinopse: Jovens de Elite é o primeiro de uma série de fantasia ambientada na era medieval e protagonizada por jovens que desenvolvem estranhas cicatrizes e poderes especiais ao sobreviverem a uma febre que dizimou boa parte da humanidade. Entre eles está Adelina, que, após se rebelar contra o destino imposto a ela por seu pai, encontra um novo lar na sociedade secreta Jovens de Elite, vista por alguns como um grupo de heróis, por outros como seres com poderes demoníacos. Heroína ou vilã? Num mundo perigoso no qual magia e política se chocam, Adelina descobre o lado sombrio de seu coração. 


Eu amo Marie Lu. Desde que me apaixonei pela Trilogia Legend (Legend, Prodigy e Champion) soube que precisava mergulhar nessa nova trilogia, cuja protagonista seria diferente de tudo aquilo que estávamos acostumados a ler: uma anti-heroína. E lá vamos nós, senhoras e senhores, nesse mundo sombrio, cheio de poderes, mistérios e intrigas. "Perfeito para fãs de fantasia medieval como Game of Thrones, com vilões dignos de Star Wars e X-Men."

A quantidade de socos no coração que eu levei ao ler esse livro não podem ser descritas, apenas sentidas. Sério, por favor. Só leiam essa trilogia: esse primeiro livro foi arrebatador! Para aqueles que podem estar na dúvida a respeito de quem seguiremos nessa história: lá vai. Adelina Amouteru é uma Jovem de Elite, uma malfetto, uma das crianças que voltou da Febre com marcas e estranhas habilidades. “Meu olho esquerdo ficou tão inchado que um médico teve que extraí-lo. Fez isso com uma faca incandescente e uma pinça fervente.” Adelina, p. 13 Sua infância foi a mais abusiva e perturbadora que você pode imaginar. Depois que sua mãe morreu, ela e sua irmã - Violetta - ficaram sob os cuidados de um péssimo pai.

Todos esses anos submetida à violência constante culminaram na noite de sua fuga. Seu pai a vende para um comerciante interessado em uma amante. Adelina foge. No meio da noite, descobre os poderes que seu pai há tanto desejava ver. E quando ele viu... foi a última coisa que presenciou nesse mundo.
“Apoio a cabeça nas mãos. Como fui terminar assim?
Mas sei como, claro. É porque sou uma assassina.” Adelina, p. 12

O Canto Mais Escuro da Floresta

Autora: Holly Black
Título Original: The Darkest Part of the Florest
Tradução: Camila Pohlmann
Editora: Galera Record

Páginas: 294
Onde Encontrar: AmazonBR | Livraria Cultura | Livraria Saraiva


| Livro cedido em parceria com o Grupo Editorial Record |
Sinopse: Uma história repleta de magia e mistérios, da autora de As Crônicas de Spiderwick.
Hazel e seu irmão, Ben, moram em uma cidade onde humanos e fadas convivem. A magia aparentemente inofensiva desses seres atrai turistas de todas as partes, que querem ver de perto as maravilhas do lugar e, principalmente, o garoto de chifres e orelhas pontudas que descansa em um caixão de vidro. Hazel e Ben eram fascinados pelo garoto quando crianças. Mas, à medida que crescem, as histórias e teorias que inventavam perdem o encanto. Eles sabem que o garoto de chifres nunca acordará... Até que um dia ele acorda. Agora, os irmãos precisam se tornar os heróis que fingiam ser em suas brincadeiras e desvendar os mistérios que envolvem aquele príncipe com chifres.


Olá leitores e leitoras! Após passar por distopias e um livro histórico, retornei a minha zona de conforto literária e peguei uma fantasia que promete nos transportar para um mundo cheio de fadas e magia. Escrito por Holly Black, já consagrada no gênero juvenil e fantástico com As Crônicas de Spiderwick e outros, O Canto Mais Escuro da Floresta nos levará até a cidade de Fairfold e seus mistérios.

Esta cidade é muito peculiar por seus habitantes coexistirem com o povo das fadas, os faes. Com isso, lendas e histórias surgiram e essas histórias intrigam os humanos de muitas maneiras, os encantam. Também existe em Fairfold um ser féerico que habita a floresta e repousa nela em um caixão de vidro, o que atrai olhares curiosos mais do que qualquer coisa. Todos acreditam que esse ser, um garoto, nunca acordará de seu sono eterno. E com isso, muitas crianças e adultos já se acostumaram com sua presença ali. Inclusive nossos protagonistas, Hazel e Ben.

Sempre Irresistível - Irresistível #3.6



Autora: Christina Lauren
Título original: Beautiful beloved
Tradução: Felipe CF Vieira
Série: Irresistível
Editora: Universo dos Livros
Páginas: 112
Onde encontrar: AmazonBr | Saraiva | Submarino
Classificação: + 16


Sinopse: Depois de arrebentarem a noite de Nova York com seu apetite sexual insaciável, Sara Dillon e Max Stella, de Estranho Irresistível, estão de volta. Após a relação tomar novos rumos, o casal acostumou-se rapidamente a trocar fraldas e a acordar de madrugada para acalmar a pequena Annabel. Conseguir uma noite a sós parece impossível sem nenhuma ajuda, por isso Max e Sara confiarão aos seus melhores amigos a missão – aparentemente simples – de cuidar da bebê.


Olha quem voltou! Sério, gente: a série está quase acabando. Depois do fim, como eu vou fazer pra postar as resenhas das ressacas literárias? Alguma indicação de série? O que vocês estão lendo?! Deixem suas sugestões aqui nos comentários, vou adorar!

A série está quase acabando!
Para nossas leitoras. Obrigada por sentirem saudades do Max e da Sara, e por pedirem mais.
Bom, novamente temos um conto, um interlúdio entre os livros oficiais da série. Na resenha do mês passado, conversamos sobre Noiva Irresistível - o casamento de Bennet e Chloe (protagonistas de Cretino Irresistível). Agora, falaremos de Sempre Irresistível - a vida de casados e de pais de Max e Sara (protagonistas de Estranho Irresistível).
"Eu adorava minha vida. Pra caralho." Max, pos. 19

Fica Comigo - Broke and Beautiful #01

Autora: Tessa Bailey
Título original: Chase me
Tradução: Priscilla Barboza
Série: Broke and Beautiful
Editora: Record
Páginas: 252

| Livro cedido em parceria com o Grupo Editorial Record |

Sinopse: Uma história de amor sexy, divertida e inteligente.
Roxy Cumberland largou a faculdade e se mudou para Nova York com o sonho de se tornar atriz, mas, com o dinheiro na conta bancária acabando rapidamente, esse sonho ficava cada vez mais difícil de realizar. Para conseguir uma grana rápida, ela aceita trabalhar com telegramas cantados. Seu primeiro cliente é um lindo e arrogante riquinho de Manhattan. E o que poderia ser mais humilhante do que cantar uma ode à genitália dele, a mando da mulher que havia transado com o cara na noite anterior? Talvez o fato de Roxy estar usando uma fantasia de coelho cor-de-rosa gigante...
Depois de passar a noite fora comemorando a vitória do seu último caso, o advogado Louis McNally II, não estava preparado para a ressaca nem para o coelho fazendo uma serenata à sua porta. Mas a sagacidade atrevida e a voz sexy da garota por trás da máscara o deixam intrigado. E, depois de ver o seu rosto deslumbrante — seguido de um beijo arrebatador encostado no batente da porta —, Louis quer mais.
Roxy não precisa de um rapaz rico e mimado que teve tudo na vida entregue para ele numa bandeja da Tiffany. Mas há mais em Louis do que a sua superfície sexy e ele está determinado a fazer Roxy perceber isso... mesmo que tenha de correr atrás dela por toda a cidade de Nova York.

Devo contar a vocês que entrei em uma vibe de “xô, sofrência!” e por isso dei um tempo nas leituras mais complexas. Agora estou com uma lista de leitura com muitos romances que parecem ser fofos e engraçados - exatamente o que precisava.

Tessa Bailey
Fica Comigo passou a frente na lista por me parecer ser um livro capaz de gerar muitas risadas. Ele é o primeiro da série Broke and Beautiful (Quebradas e Lindas, em tradução livre), que tem três livros publicados no exterior. A autora, Tessa Bailey, é conhecida por seus romances contemporâneos best-seller do New York Times.

Embora os maiores sucessos de Tessa sejam romances adultos, a saga Broke and Beautiful é do gênero New Adult, que nasceu do desejo da própria escritora de contar histórias sobre estilos de vida alternativos aos vinte e poucos anos, longe da experiência de vida universitária. Isso porque ela mesma teve um começo de vida difícil, tendo que trabalhar como garçonete enquanto frequentava a faculdade comunitária e sem dinheiro algum. 

Fica Comigo começa narrando o primeiro encontro entre Roxy Cumberland, que largou a faculdade e se mudou para Nova York a fim de realizar o sonho de ser atriz, e Louis McNally II, um jovem advogado bem sucedido que ainda está tentando criar o próprio caminho e não aquele traçado por seu pai.

Mas esse primeiro encontro é bem diferente do comum. Isso porque, como está totalmente quebrada, Roxy aceita trabalhar com telegramas cantados para juntar uma grana rápida e não ter que voltar para a casa dos pais. E, a pedido da cliente da vez, ela está vestida com uma gigante fantasia de coelho cor de rosa. Seu trabalho no momento é cantar uma ode à genitália do sr. McNally.


Louis McNally II venceu um importante caso no dia anterior e saiu para comemorar a vitória com os amigos. O que ele não esperava era receber - na manhã seguinte - uma coelha cor de rosa gigante à mando do caso que teve na noite anterior.

Mr. Romance - Masters of Love #01

Autora: Leisa Rayven
Título original: Mister Romance
Tradução: Isadora Sinay
Série: Masters of Love
Editora: GloboAlt
Páginas: 368

Sinopse: Max Riley pode fazer com que as fantasias mais incríveis ganhem vida: sob o alter-ego de Mr. Romance, ele pode ser um bilionário dominador, um bad boy inocente, um geek sexy ou qualquer outro homem que satisfaça os desejos das mulheres solitárias da alta sociedade de Nova York. No entanto, nada disso envolve sexo: são apenas encontros inesquecíveis. Intrigada com a lenda urbana de Mr. Romance, a jornalista Eden Tate está determinada a publicar uma matéria revelando sua identidade e suas artimanhas. Desesperado para proteger seu anonimato, Max desafia Eden a ter com ele três encontros: se ela não se apaixonar por ele, poderá publicar a matéria. Caso contrário, deverá esquecer a história. Eden não tem dúvidas de que conseguirá resistir a todos os falsos personagens de Mr. Romance, mas será que é seguro entrar no jogo do maior mentiroso de todos?

Acredito que todo mundo por aqui já deve saber que sou completamente apaixonada pela Leisa Rayven. Eu a conheci por conta de suas fanfics maravilhosas, sendo que uma delas foi a origem de seu primeiro livro publicado (Meu Romeu), e desde então não me canso dessa mulher! (Hahahahaha)

Quem ainda não conhece os livros da Leisa Rayven, faça um favor a si mesmo e vá ler imediatamente: Meu Romeu | Minha Julieta | Coração Perverso

Leisa e eu em São Paulo <3

Como a Globo Alt trouxe a Leisa Rayven ao Brasil para a Bienal do Livro no Rio, tive a oportunidade de encontrar com essa moça incrível duas vezes! A primeira foi no 3º Encontro de Blogueiros da GloboAlt (pode conferir nesse post do blog tudo o que rolou lá) e a segunda vez foi na sessão de autógrafos com a autora em São Paulo. 

E, como adoramos nossos leitores aqui do blog e também adoramos a Leisa, preparamos uma surpresinha para vocês que deve entrar ao ar em breve, então fiquem de olho! ;)

"A melhor coisa que você pode aprender
é amar
e ser amado de volta"
Nat King Cole
p. 363

O Voo da Vespa

Autor: Ken Follett
Título Original: Hornet Flight
Tradução: Haroldo Neto
Editora: Arqueiro
Páginas: 416
Onde Encontrar: AmazonBR | Livraria Cultura | Livraria Saraiva

| Livro cedido em parceria com a editora Arqueiro |

Sinopse: Freya é o nome da deusa nórdica do amor. Também é o codinome da mais recente invenção nazista, de acordo com uma mensagem interceptada pelas forças aliadas. A inteligência britânica desconfia que é graças a ela que os alemães estão conseguindo abater os bombardeiros ingleses a uma velocidade tão alarmante. Hermia Mount, uma analista do MI6, é recrutada para ajudar a descobrir qual é essa nova arma. Tendo morado a vida inteira na Dinamarca, ela possui contatos valiosos que poderão auxiliá-la em sua missão. Do outro lado do mar do Norte, numa ilha dinamarquesa ocupada pelos alemães, o estudante Harald Olufsen descobre uma instalação estranha dentro da base militar nazista. Ele não sabe o que é, mas não se parece com nada que já tenha visto, e ele precisa contar para alguém. Em Copenhague, o detetive Peter Flemming colabora com os alemães para desvendar quem está repassando informações de dentro do país nórdico para os aliados britânicos. Numa Europa praticamente dominada pela Alemanha, a vida dessas três pessoas se entrelaça de forma irreversível, e quando um decrépito avião bimotor se transforma no único meio de fazer a verdade chegar até as forças aliadas, o destino delas poderá mudar o rumo da guerra - e da história.

Olá leitores e leitoras. Sou fã do Ken Follett desde que assisti e li Pilares da Terra e sua continuação, Mundo Sem Fim. O autor, de vasto conhecimento histórico e prestigiado no mundo inteiro, consegue nos transportar para os diversos períodos da nossa história através de personagens incríveis e complexos. Possuo outros livros dele em minha estante, mas tive a oportunidade de iniciar a leitura do lançamento da Editora Arqueiro, O Voo da Vespa. O livro se passa durante a Segunda Guerra Mundial, um momento histórico de grande importância para a humanidade e um período que eu, como filha de uma professora de história, amo ler sobre. Vamos a resenha!

#Lançamentos: Grupo Editorial Rocco




Vidas muitas boas – As vantagens do fracasso e a importância da imaginação, de J.K. Rowling

“Como podemos aproveitar o fracasso?” “Como podemos usar nossa imaginação para melhorar a nós e os outros?” J.K. Rowling responde essas e outras perguntas provocadoras em Vidas muito boas, versão em livro do famoso discurso de paraninfa da autora da série Harry Potter na Universidade de Harvard, que chega às livrarias brasileiras no dia 7 de outubro. Baseado em histórias de seus próprios anos como estudante universitária, a autora mundialmente famosa aborda algumas das mais importantes questões da vida com perspicácia, seriedade e força emocional. Um texto cheio de valor para os fãs da escritora e surpreendente para todos que buscam palavras inspiradoras.

Ponto forte: Palavras de sabedoria inspiradoras de J.K. Rowling. Livro presente perfeito para as festas de fim de ano. 
Prateleira: Livros motivacionais ilustrados e com projeto gráfico diferenciado.

Resultado Top Comentarista #Setembro + Top Comentarista #Outubro



Setembro passou e nós mal vimos! Tivemos a gloriosa Binal. Obviamente, não pudemos comparecer. Por isso, tentamos aproximá-la de vocês também! Vejamos quem levou para casa Por um toque de ouro, da Carolina Munhóz, autografado e A promessa do tigre, da diva Colleen Houck!


 Prestem bastante atenção para não deixar passar nenhuma resenha, pois ficamos muito tristes ao desclassificar alguém por conta de uma única postagem. 
Atentem-se e leiam nossas regrinhas, ok?
 
Nós checamos manualmente cada resenha do mês de SETEMBRO, que foram as participantes do Top!
Vejam a tabela das leitoras que se inscreveram e das finalistas que comentaram em todas as resenhas do mês!

#Novidades do Mundo Literário



Olá, pessoal! Vocês devem estar se perguntando: o que Izabela está aprontando agora com essa nova coluna? Exatamente isso, só criando um conteúdo maneiro, cheio de novidades que me chamaram a atenção. Eu sei como é difícil se manter atualizada de todas as novidades que rodam nosso Mudo Literário, portanto resolvi criar essa coluna (ainda sem frequência estabelecida) para que possamos juntar todos os surtos num mesmo lugar e enchê-lo de amor. O que vocês acham?





#Lançamentos: Arqueiro & Sextante


Já estamos no mês de outubro, galera!!! O ano praticamente já está no fim e, como sempre, a Arqueiro e a Sextante arrasaram nos lançamentos. Tem muito livro bom vindo por aí, por isso aproveite para aumentar a sua lista de desejados. ;)


Arqueiro


Entre Irmãs, de Frances de Pontes Peebles

“Este impressionante romance seduz pela contundente constituição dos personagens e pelos detalhes vívidos. Um livro ideal para os fãs de Isabel Allende.” – Booklist
Ganhador do Prêmio de Ficção do Friends of American Writers e agora adaptado para o cinema, Entre irmãs é uma história de amor e lealdade, um romance arrebatador sobre a saga de uma família e de um país em transição.
Nos anos 1920, as órfãs Emília e Luzia são as melhores costureiras de Taquaritinga do Norte, uma pequena cidade de Pernambuco. Fora isso, não podiam ser mais diferentes.
Morena e bonita, Emília é uma sonhadora que quer escapar da vida no interior e ter um casamento honrado. Já Luzia, depois de um acidente na infância que a deixou com o braço deformado, passou a ser tratada pelos vizinhos como uma mulher que não serve para se casar e, portanto, inútil.
Um dia, chega a Taquaritinga um bando de cangaceiros liderados por Carcará, um homem brutal que, como a ave da caatinga, arranca os olhos de suas presas. Impressionado com a franqueza e a inteligência de Luzia, ele a leva para ser a costureira de seu bando.
Após perder a irmã, a pessoa mais importante de sua vida, Emília se casa e vai para o Recife. Ali, em meio à revolução que leva Getúlio Vargas ao poder, ela descobre que Luzia ainda está viva e é agora uma das líderes do bando de Carcará.
Sem saber em que Luzia se transformou após tantos anos vagando por aquela terra escaldante e tão impiedosa quanto os cangaceiros, Emília precisa aprender algo que nunca lhe foi ensinado nas aulas de costura: como alinhavar o fio capaz de uni-las novamente.

Lady Whisthedown Contra-Ataca, de Julia Quinn, Suzanne Enoch, Karen Hawkins e Mia Ryan

Com a participação especial da famosa cronista da sociedade criada por Julia Quinn, Lady Whistledown contra-ataca é formado pelas narrativas curtas de quatro escritoras consagradas, tendo como fio condutor o roubo de uma pulseira milionária. Seus contos são como pérolas que se unem e formam uma peça de valor inestimável. 
Quem roubou o bracelete de lady Neeley?
Terá sido o caça-dotes? O apostador? A criada? Ou o libertino? Londres está fervendo com as especulações, mas, se ainda restam muitas dúvidas, pelo menos uma coisa é certa: um desses quatro está envolvido no crime.
Crônicas da sociedade de lady Whistledown, maio de 1816
Julia Quinn encanta...
Um belo caçador de fortunas foi enfeitiçado pela debutante mais desejada da temporada. Agora ele precisa provar que o que deseja é o coração da jovem, não o dote dela. 
Mia Ryan delicia...
Uma criada adorável e espirituosa está deslumbrada com as atenções românticas que tem recebido de um charmoso conde. Mas um relacionamento entre eles seria escandaloso e poderia arruinar a reputação dos dois.
Suzanne Enoch fascina...
Uma jovem inocente que passou a vida evitando escândalos de repente se vê secretamente cortejada pelo maior libertino de Londres.
Karen Hawkins seduz...
Um visconde que vaga sem destino volta para casa para reacender o fogo da paixão de seu casamento, mas descobre que sua linda e decidida esposa não será conquistada tão facilmente.

#Lançamentos: Grupo Editorial Record



Setembro foi um mês de reler os livros amados e surtar com os livros de parceria que chegaram. Passei pelas semanas de provas com louvor e com saí dela com muito menos cabelos e muito menos unha. Estou ansiosa para ler os novos livros e trazer as resenhas para vocês. Sem mais delongas, vejamos quais lançamentos o Grupo Editorial Record reservou para nós! 


Selo Galera Record


Senhora das Sombras (Os Artifícios das Trevas, vol. 2), de Cassandra Clare
No segundo volume da nova série de Cassandra Clare, Emma Carstairs finalmente conseguiu vingar a morte dos pais e pensou que com isso estaria em paz. Mas ela não encontrou nenhuma tranquilidade. Dividida entre o amor que sente pelo seu parabatai Julian e a vontade de protegê-lo das graves consequências que um relacionamento entre os dois pode trazer, ela começa a namorar Mark Blackthorn, irmão de Julian. Mark passou os últimos cinco anos preso no Reino das Fadas e não sabe se um dia voltará a ser o Caçador de Sombras que já foi. Como se não bastasse, as cortes das fadas estão em polvorosa. O Rei Unseelie está farto da Paz Fria e decidido a não mais ceder às exigências dos Nephlim. Presos entre as exigências das fadas e as leis da Clave, Emma, Julian e Mark devem encontrar um modo de proteger tudo aquilo que mais amam — juntos e antes que seja tarde.


Harry Potter: as artes das trevas - um scrapbook do filme, de Jody Revenson
Em um guia fascinante sobre as Artes das Trevas dos filmes de Harry Potter e de Animais fantásticos e onde habitam, este livro fala sobre bruxos das trevas e também sobre os heróis que ascendem para combatê-los, desde a Armada de Dumbledore e a Ordem da Fênix às aulas de Defesa Contra as Artes das Trevas e Aurores do MACUSA. Além de tudo, ele vem recheado de brindes colecionáveis, como cartazes de “procurado”, adesivos e muitos outros itens extraordinários.


Menina veneno, de Carina Rissi
Após participar da coletânea de contos “O livro dos vilões”, Carina Rissi retorna ao universo da Branca de Neve para contar versão do clássico pelo ponto de vista de Malvina, a Rainha Má. Ela jura que não é nenhuma bruxa, muito menos malvada e nunca quis matar a enteada. Por anos, Malvina foi a maior modelo do planeta, o nome mais poderoso do mundo da moda… Até o dia em que, Bianca, a enteada ensossa, roubou a sua vaga na maior campanha. Pode parecer que ela fez mesmo tudo o que foi noticiado nos tabloides, mas chegou a vez de Malvina explicar tudo.

O Ceifador - Scythe #01

Autor: Neal Shusterman
Título Original: Scythe
Tradução: Guilherme Miranda
Série: Scythe
Editora: Seguinte
Páginas: 448
Onde Encontrar: AmazonBR | Livraria Cultura | Livraria Saraiva


| Livro cedido em parceria com a Companhia das Letras
Sinopse: Primeiro mandamento: matarás. A humanidade venceu todas as barreiras: fome, doenças, guerras, miséria... Até mesmo a morte. Agora os ceifadores são os únicos que podem pôr fim a uma vida, impedindo que o crescimento populacional vá além do limite e a Terra deixe de comportar a população por toda a eternidade. Citra e Rowan são adolescentes escolhidos como aprendizes de ceifador - papel que nenhum dos dois quer desempenhar. Para receberem o anel e o manto da Ceifa, os adolescentes precisam dominar a arte da coleta, ou seja, precisam aprender a matar. Porém, se falharem em sua missão ou se a cumplicidade no treinamento se tornar algo mais, podem colocar a própria vida em risco.
Olá leitores! Acho que estou numa fase distópica, pois O Ceifador é mais uma distopia que trouxe para vocês. Mas também é diferente e muito interessante. Do mesmo autor de "Fragmentados", Neal Shusterman, eu já sabia que o livro seria no mínimo polêmico e que teria certo nível no quesito inovação. E não estava errada. Vamos conferir a resenha!


#Sorteio de Aniversário: 6 Anos do Blog Parceiro Além da Contracapa


Para comemorar seis anos do Além da Contracapa, convidamos nossos blogs amigos e nossas editoras parceiras para fazer uma super festa. Os presentes, é claro, vão para nossos leitores. A todos vocês: nosso muito obrigado! Aproveitem a festa!



Não deixe de acessar o Além da Contracapa para conferir todos os prêmios!


Regulamento:

  • A promoção terá início no dia 22 de setembro e término no dia 22 de outubro.

  • Para participar, basta preencher os formulários a seguir, usando sua conta do Facebook ou seu e-mail, e ter um endereço de entrega no Brasil.

  • Todas as entradas são opcionais.

  • O resultado será divulgado no blog e nas redes sociais até três dias após o encerramento da promoção, sendo que o sorteado será contatado por e-mail, tendo o prazo de 48 horas para fornecer seus dados e o blog se responsabiliza por confirmar o recebimento das informações. 


Os livros sorteados

Lírio Azul, Azul Lírio - Corvos #03



Autora: Maggie Stiefvater
Título original: Blue Lily, Lily Blue
Tradução: Jorge Ritter
Série: A Saga dos Corvos
Editora: Verus
Páginas: 350
Onde encontrar: AmazonBr | Submarino | Saraiva
Sinopse: Blue Sargent encontrou coisas. Pela primeira vez na vida, ela tem amigos em quem pode confiar e um grupo ao qual pertencer. Os garotos corvos a acolheram como se ela fosse um deles. Os infortúnios deles tornaram-se dela e vice-versa.
O problema de coisas encontradas, porém, é a facilidade com que podem se perder. Amigos podem trair. Mães podem desaparecer. Visões podem iludir. Certezas podem se desfazer.
Em Lírio azul, azul lírio, o leitor vai descobrir para onde Blue, Gansey, Adam, Ronan e Noah serão levados em sua jornada para encontrar o lendário rei galês Glendower.
O terceiro volume da série A Saga dos Corvos leva a história de Blue e seus garotos corvos para outro nível! A busca pelo rei adormecido atraiu todos os tipos de pessoas, entre elas: o tipo que não tem problema em encomendar assassinatos. Aviso que esta resenha possui pequenos spoilers de cenas do livro, mas nada muito grande, okay? Eles estão concentrados no meu comentários a respeito da cena de Blue, então - caso não queira ler - é só pular!

"Somos gratos ao espelho por nos
revelar somente a nossa aparência." Samuel Butler

Os garotos corvos foi a introdução perfeita para esse mundo misterioso e cheio de magia de Maggie Stiefvater. Ladrões de sonhos desenvolveu a mágica Cabeswater e os poderes de cada um dos garotos, reforçando o elo entre eles e entre eles e Blue. Agora, em Azul Lírio, Lírio Azul, todos são um time. E Blue precisará da ajuda deles se quiser resgatar sua mãe, que foi voluntariamente para debaixo da terra. "Como ela pôde fazer isso comigo agora?" Blue, p. 21

Descobrimos cavernas dentro de Cabeswater, as quais possivelmente podem nos levar para o túmulo de Glendower. Para essa nova etapa na busca, a turma terá a ajuda do professor Malory, aquele que iniciou Gansey de 15 anos em todos os conhecimentos necessários para a busca pela linha ley. Ele é um senhor muito britânico, o qual veio acompanhado do Cão. Sua contribuições com pesquisas e conhecimento de história são notáveis, principalmente quando ele diz que encontrou, em sua propriedade, uma tapeçaria bordada com muitos rostos semelhantes ao de Blue.
"- Ela parece com você.
- Qual delas?
- Todas elas.
- Puta merda - disse Ronan, colocando em palavras os pensamentos de todos." Adam, Blue e Ronan, p. 45



Depois do choque que foi o final de Ladrões de Sonhos, este terceiro volume será uma busca incessante por mais do que um rei adormecido. A primeira tentativa dos garotos de baixo da terra não é muito bem sucedida. "- Se você deixar o Gansey morrer, não vai estar me protegendo. Entendeu? Se eles morrerem, eu também morro." Ronan, p. 31 Por isso, é muito importante que eles encontrem outras entradas. Nisso, conhecemos Jesse Ditley, o dono de uma caverna amaldiçoada. Ele parece ter ido com a cara de Blue, Gansey e Malory, portanto não permitirá que eles se aventurem por aqueles túneis.

A Maldição de Hollow - Trilogia A Sina do Sete #02

Autora: Nora Roberts
Título original: The Hollow
Tradução: Maria Clara de Biase
Série: Trilogia A Sina do Sete
Editora: Arqueiro
Páginas: 272

| Livro cedido em parceria com a editora Arqueiro |

Sinopse: Quando tinham apenas 10 anos, Fox, Cal e Gage libertaram um demônio aprisionado havia séculos ao fazerem um pacto de sangue sobre a Pedra Pagã. O inocente ritual deu poderes sobrenaturais aos três jovens, mas lançou uma terrível maldição sobre Hawkins Hollow: a cada sete anos, a cidade é dominada por atos de loucura, violência e destruição.
Vinte e um anos depois, esses irmãos de sangue começam a enfrentar mais um ciclo de batalhas contra o demônio, que terá seu auge no sétimo mês. Mas desta vez não estarão sozinhos: ao lado do trio de amigos estão Quinn, Layla e Cybil, três mulheres corajosas ligadas a eles pelo destino.
Fox O’Dell, o advogado da cidade, é capaz de ler mentes, um talento que compartilha com Layla Darnell. A conexão entre eles pode se tornar o trunfo de que o grupo precisa para derrotar as trevas que ameaçam engolir a cidade. Porém, Layla está tendo dificuldade em lidar com sua recém-descoberta habilidade e com a forte atração que sente por Fox.
Em A maldição de Hollow, Nora Roberts dá continuidade à trilogia A Sina do Sete e prepara o leitor para o emocionante clímax dessa batalha sobrenatural em busca da salvação de uma pequena cidade.

Confesso que não sou grande fã da Nora Roberts, mas gostei tanto de Irmãos de Sangue (Resenha) que não pude deixar de ansiar pela sequência da trilogia A Sina do Sete. Por isso, assim que tive a oportunidade agarrei A Maldição de Hollow para ler!

Nora Roberts
No primeiro livro, Irmãos de Sangue (Resenha), conhecemos o início da história, em 1987. Como os três amigos - Caleb, Fox e Gage - libertaram um demônio na pacata cidade de Hawkins Hollow ao fazerem um pacto de sangue e, como uma espécie de compensação, receberam super-poderes para enfrentarem tal inimigo (que sempre retorna a cada sete anos). Acompanhamos também na segunda narrativa, em 2008, a chegada de Quinn Black, Layla Darnell e Cybil Kinski na cidade e como as vidas das três são ligadas à maldição. E, por um acaso do destino, há também o desabrochar do romance entre Caleb e Quinn.

Em A Maldição de Hollow, a história também nos apresenta duas narrativas. A primeira é em 1994 quando o demônio volta depois de sete anos de pura tranquilidade. Os jovens Caleb, Fox e Gage são apenas três adolescentes que tentam sobreviver ao caos que move a cidade Hawkins Hollow durante os sete dias de julho que o demônio está “solto”.

A segunda narrativa, em 2008, tem início um pouco depois do confronto dos seis protagonistas contra o demônio no fim do primeiro livro. O ser maléfico ainda não fez nenhuma aparição desde o encontro. E, nesse meio tempo, Caleb, Fox, Gage, Quinn, Layla e Cybil estão tentando descobrir uma forma de destruir esse ser até o mês de julho - quando ele será “liberto” novamente.

Clube Skoob #03


Olá, leitorxs!!!

Como vocês já sabem, assinei o Clube Skoob!!! \o/
E quem já está seguindo o blog nas redes sociais (Facebook | Instagram | Twitter | Skoob | Youtube) pode ter conferido meu unboxing no stories do Instagram. Se não viu, comece a nos seguir porque sempre tem algo bacana por lá! ;)

Na Caixa #01 (confira aqui), com o tema “amor”, recebi o livro Mil Beijos de Garoto (Resenha), de Tillie Cole e editora Outro Planeta. Já na Caixa #02, com o tema “espetáculo”, veio o título Caraval, de Stephanie Garber e editora Novo Conceito - ainda não tive tempo para ler, mas já estava na minha lista de desejados, então pretendo lê-lo assim que tiver um tempo sobrando! 

Você pode conferir todos os detalhes das caixas anteriores nos posts: Clube Skoob #01 | Clube Skoob #02


Agora, na Caixa #03, o tema foi “cores” e sinceramente não fazia ideia de qual livro poderia vir. E, para que vocês possam conferir tudo o que chegou nesse mês, tirei uma foto com tudo o que tinha no kit e numerei os itens para vocês não perderem nada. ;)

O Conto da Aia

Autora: Margaret Atwood
Título original: The Handmaid’s Tale
Tradução: Ana Deiró 
Editora: Rocco
Páginas: 368

| Livro cedido em parceria com o Grupo Editorial Rocco |

Sinopse: Escrito em 1985, o romance distópico O conto da aia, da canadense Margaret Atwood, tornou-se um dos livros mais comentados em todo o mundo nos últimos meses, voltando a ocupar posição de destaque nas listas do mais vendidos em diversos países. Além de ter inspirado a série homônima (The Handmaid’s Tale, no original) produzida pelo canal de streaming Hulu, o a ficção futurista de Atwood, ambientada num Estado teocrático e totalitário em que as mulheres são vítimas preferenciais de opressão, tornando-se propriedade do governo, e o fundamentalismo se fortalece como força política, ganhou status de oráculo dos EUA da era Trump. Em meio a todo este burburinho, O conto da aia volta às prateleiras com nova capa, assinada pelo artista Laurindo Feliciano.

Desde o ano passado eu tenho pesquisado e desejado conhecer O Conto da Aia, uma das distopias mais elogiadas e premiadas que já foi adaptada para o teatro, o cinema, a ópera e - agora em 2017 - também se tornou uma série de TV.

Margaret Atwood tem hoje 77 anos
A autora, Margaret Atwood, recebeu o Arthur C. Clarke Award por O Conto da Aia. E outros títulos da escritora também receberam prêmios muito reconhecidos na literatura internacional, como o Man Booker Prize (por O Assassino Cego).

"Eu gostaria que esta história fosse diferente. Gostaria que fosse mais civilizada. Gostaria que me mostrasse sob uma luz melhor, se não mais feliz, pelo menos mais ativa, menos hesitante, menos distraída por trivialidades. Gostaria que tivesse mais forma. Gostaria que fosse sobre o amor, ou sobre súbitas tomadas de consciência importantes para a vida da gente, ou mesmo sobre pores do sol, passarinhos, temporais ou neve.
Talvez seja sobre todas essas coisas, em certo sentido; mas nesse meio-tempo há tantas outras coisas interferindo no caminho, tanto sussurrar, tanta dúvida e suposição a respeito dos outros, tanta bisbilhotice que não pode ser averiguada, tantas palavras não ditas, tantos movimentos furtivos e sigilo. E existe tanto tempo para ser suportado, tempo pesado como fritura ou cerração espessa; e então, simultaneamente estes acontecimentos em vermelho, como explosões, em ruas que de outra maneira seriam decorosas e matronais e sonambúlicas.
Lamento que haja tanto sofrimento nesta história. Lamento que esteja em fragmentos, como um corpo apanhado num fogo cruzado ou desfeito em pedaços à força. Mas não há nada que eu possa fazer para mudá-la.
Mesmo assim me dói contá-la outra vez, mais uma vez."
Offred, p. 315 

#Evento: 3º Encontro de Blogueiros GloboAlt


Oi, leitorxs!!

Hoje eu venho contar para vocês de um evento super legal que tive o prazer de participar: o terceiro encontro de blogueiros da editora GloboAlt! Que foi bem no comecinho desse mês, no dia 04/09 (segunda-feira), na livraria Martins Fontes, na Paulista.

Quem já conhece a livraria sabe que se subir até o terraço encontrará uma área para eventos com uma vista muito bacana (além de um ar fresco em meio a tanto calor que fez esses dias).
O pessoal da editora ainda deixou preparado muitos lanchinhos e bolinhos para os convidados e logo deram início a muuuuitas novidades bacanas que trago hoje para vocês!! ;)

Puros #01

Autora: Julianna Baggott
Título Original: Pure
Tradução: Flávia Souto Maior
Série: Puros
Editora: Intrínseca

Páginas: 368
Onde Encontrar: AmazonBr | Submarino | Livraria Saraiva

Sinopse: Pressia pouco se lembra das Explosões ou de sua vida no Antes. Deitada no armário de dormir, nos fundos de uma antiga barbearia em ruínas onde se esconde com o avô, ela pensa em tudo o que foi perdido — como um mundo com parques incríveis, cinemas, festas de aniversário, pais e mães foi reduzido a somente cinzas e poeira, cicatrizes, queimaduras, corpos mutilados e fundidos. Agora, em uma época em que todos os jovens são obrigados a se entregar às milícias para, com sorte, serem treinados ou, se tiverem azar, abatidos, Pressia não pode mais fingir que ainda é uma criança. Sua única saída é fugir.
Houve, porém, quem escapasse ileso do Apocalipse.
Esses são os Puros, mantidos a salvo das cinzas pelo Domo, que protege seus corpos saudáveis e superiores. Partridge é um desses privilegiados, mas não se sente assim. Filho de um dos homens mais influentes do Domo, ele, assim como Pressia, pensa nas perdas. Talvez porque sua própria família se desfez: o pai é emocionalmente distante, o irmão cometeu o suicídio e a mãe não conseguiu chegar ao abrigo do Domo. Ou talvez seja a claustrofobia, a sensação de que o Domo se transformou em uma prisão de regras extremamente rígidas. Quando uma frase dita sem querer dá a entender que sua mãe pode estar viva, ele arrisca tudo e sai à sua procura.
Dois universos opostos se chocam quando Pressia e Partridge se encontram. Porém, eles logo percebem que para alcançarem o que desejam — e continuar vivos — precisarão unir suas forças.

Olá leitores! Há muito tempo eu não lia nenhuma distopia, pura e simplesmente. Então busquei na minha estante um dos mil livros parados e resolvi ler Puros, da autora Julianna Baggott. Puros aborda uma temática diferente de muitos livros distópicos e clichês que encontramos no mercado editorial hoje em dia. Ele foi uma leitura bem diferente do que eu esperava, inclusive, e bem interessante. Vamos a resenha?


O livro narra a história de dois protagonistas: Pressia e Partridge (nomes "diferentões"). Pressia é uma jovem que vive com o avô em um porão, numa situação precária, em um mundo completamente devastado e horroroso. Nessa história, os Estados Unidos foi devastado por uma série de explosões radioativas, e com essas explosões, as pessoas que conseguiram sobreviver, e não foram muitas, sofreram imensos danos biológicos. Por conta da radiação, os seres humanos se fundiram (ficaram grudados mesmo) a coisas, animais, ou até mesmo ao solo. Pressia e o avô tiveram seus próprios danos, a menina possui uma cabeça de boneca presa ao seu corpo e agora faz parte dela. Bizarro, não? Mas também muito triste. Nesse mundo as pessoas comuns já não possuem mais esperanças, foram deixadas para trás e são chamados, inclusive, de os miseráveis. E eles sentem ódio dos que se salvaram, os puros.

Esqueça o Amanhã #01

Autora: Pintip Dunn
Título original: Forget Tomorrow
Tradução: Ryta Vinagre
Série: Forget Tomorrow
Editora: Galera Record
Páginas: 384
Onde encontrar: AmazonBR | Submarino 

| Livro cedido em parceria com a Editora Galera Record

Sinopse: Em uma sociedade onde jovens recebem uma visão de seu futuro quando completam 17 anos, todos têm uma carreira a qual dedicar seus esforços. Um campeão de natação, um renomado cientista, um chef de sucesso... Ou, no caso de Callie, uma assassina. Em sua visão, a garota se vê matando a própria irmã. Antes que ela possa entender o que aconteceu, Callie é presa e a única pessoa capaz de ajudá-la é Logan, uma paixonite de infância com quem não fala há cinco anos. Agora, Callie precisa descobrir uma forma de proteger sua irmã da pior das ameaças: ela mesma.

Demorei para receber esse livro e demorei um pouquinho mais para conseguir lê-lo, porque sempre que eu conseguia mais de 30 páginas, algo acontecia e eu precisava desfocar. Finalmente, nesse feriado, tive o tempo que precisava para mergulhar nesse novo universo. Portanto, estou aqui para apresentar Esqueça o amanhã, uma distopia futurística com uma pegada de magia. Vamos lá? 
"- Callie? Feliz Véspera da Memória. Que a alegria do futuro a ampare pelas provações do presente." Logan p. 14
Callie, ou 28 de outubro, está a um dia de receber sua memória do futuro. Isso mesmo, a sociedade em que vive está tão avançada tecnologicamente que foi possível receber imagens de um futuro. "A única diferença é que de fato temos provas de que o futuro existe. Quando rezamos, não é para deus nenhum, mas para o Destino em si e o curso predeterminado que ele estabelece." Callie, p. 17

Esse fragmento do futuro, no entanto, não conta a história toda. Por isso, é dever das entidades governamentais garantir com que tudo ocorra da melhor maneira possível para que a memória se concretize! "- A realização, pintinho. O objetivo da AMFu é garantir que nossas memórias se tornem realidade." Sully, p. 105 As crianças e os adolescentes aprendem desde cedo a abrirem suas mentes para que a memória apareça de forma mais fluida possível. Callie não poderia estar mais ansiosa. Por isso, no dia 27 de outubro, ela resolve dar uma volta com sua irmã mais nova, Jessa. Nisso, descobrimos que poderes psíquicos existem nessa sociedade. Porém, eles não são nem um pouco aceitos. E, olha lá, a pequena Jessa consegue ver o futuro. Este é um segredo que precisa permanecer longe de olhos e ouvidos oficiais.

#Resultado: Sorteio A Rebelde do Deserto Autografado




Oooi, gente! Eu já quero começar isso aqui pedindo desculpas pela extensão do prazo para a divulgação do resultado desse sorteio maravilhoso! Eu espero que vocês tenham gostado da entrevista, porque nós estamos planejando muitas outras!  

Sem mais delongas, a sortuda que levou para casa um exemplar autografado de A Rebelde do Deserto foooooooiii....

It: A Coisa + #Literatura nas Telas

Autor: Stephen King
Título Original: IT
Tradução: Regiane Winarski
Editora: Suma das Letras
Páginas: 1103
Onde Encontrar: AmazonBR | Livraria Saraiva | Livraria Cultura | Submarino

Sinopse: Durante as férias escolares de 1958, em Derry, pacata cidadezinha do Maine, Bill, Richie, Stan, Mike, Eddie, Ben e Beverly aprenderam o real sentido da amizade, do amor, da confiança e... do medo. O mais profundo e tenebroso medo. Naquele verão, eles enfrentaram pela primeira vez a Coisa, um ser sobrenatural e maligno que deixou terríveis marcas de sangue em Derry. Quase trinta anos depois, os amigos voltam a se encontrar. Uma nova onda de terror tomou a pequena cidade. Mike Hanlon, o único que permanece em Derry, dá o sinal. Precisam unir forças novamente. A Coisa volta a atacar e eles devem cumprir a promessa selada com sangue que fizeram quando crianças. Só eles têm a chave do enigma. Só eles sabem o que se esconde nas entranhas de Derry. O tempo é curto, mas somente eles podem vencer a Coisa. Em 'It - A Coisa', clássico de Stephen King em nova edição, os amigos irão até o fim, mesmo que isso signifique ultrapassar os próprios limites.

Olá leitores e leitoras, já estão sabendo da mais nova adaptação literária que estreou nos cinemas mundiais esta semana? It: A Coisa, do aclamado autor Stephen King é um remake do filme/minissérie gravado em 1990 e uma adaptação de seu livro, que possui nada mais, nada menos, que 1103 páginas. Particularmente, gosto muito do King e não me decepcionei com os livros que li do autor até então. Ler It foi uma experiência diferente de tudo que eu já li e assistir ao filme na pré-estréia foi alucinante, também. Não se preocupem, NÃO haverá SPOILERS. E ficará gigante, já aviso. :)


A história de It acontece em uma pequena cidade no Maine, chamada Derry, inicialmente em 1958 e com passagens de tempo, para 1985. Derry tem tudo para ser uma cidade pacata de interior dos Estados Unidos, como muitas outras, mas algumas coisas misteriosas assombram seus habitantes há séculos, dentre elas, o desaparecimento repentino de alguns jovens e crianças. E é durante estes acontecimentos, em 1958, que somos apresentados ao "Clube dos Perdedores": Bill, Richie, Stan, Mike, Beverly, Eddie e Ben. Essas sete crianças terão seus destinos entrelaçados para sempre por um inimigo em comum: A Coisa.
"O sentimento mais primitivo é o medo."


#Lançamentos: Grupo Editorial Rocco


Esse feriadão realmente veio bem a calhar. O estresse das aulas já estava bem sufocante. E não tem nada melhor no mundo do que ter um tempo para acalmar as emoções, colocar um pouco de perspectiva nas escolhas da nossa vida e aumentar nossa lista de leitura, certo?! Pensando nisso, vocês podem conferir todos esses livros maravilhosos que o Grupo Editorial Rocco trouxe para nós!


Toda a coleção de Harry Potter em uma nova edição de luxo, capa dura. 
Deveria ser só uma história para o público infantojuvenil. Mas, no mundo inteiro, gente de idades variadas lê Harry Potter – um fenômeno da literatura mundial que desafia crenças e estimativas, com mais de 450 milhões de exemplares vendidos e conquistando novas gerações de leitores a cada dia. No ano em que a série do menino bruxo completa 20 anos de publicação, a Rocco apresenta os sete volumes da saga em capa dura com novas ilustrações e em formato maior do que o tradicional. Toda a magia da obra de J.K. Rowling, do jeito que os fãs sempre sonharam.


Virgem, de Radhika Sanghani (Coleção Curti, Fábrica 231)
Aos 21 anos, a universitária Ellie Kolstakis tem um objetivo: perder a virgindade. Cansada de ouvir as aventuras sexuais da melhor amiga, Lara, e das colegas de faculdade, ela decide que já passou da hora de ter as próprias histórias para contar. A partir daí, começa uma saga para encontrar não o príncipe encantado, mas um homem que esteja disposto a levá-la para a cama. Esse é o ponto de partida de Virgem, romance de estreia da jornalista Radhika Sanghani. Embora autora e personagem tenham pontos em comum, a escritora faz questão de deixar claro que o livro não é autobiográfico.  
Ao lado de Lara, com quem tem anos de amizade, Ellie vai a um bar para tentar levar seu plano adiante. Mas as consequências são desastrosas: nada sai como ela queria e a manhã seguinte termina com uma briga séria entre as amigas. Dias depois, em uma festa, Ellie conhece Jack. Cinco anos mais velho, ele já tem um emprego e age diferente dos rapazes da idade dela. Seria Jack a pessoa ideal para tirar a virgindade da universitária?
Em uma linguagem bem-humorada, Radhika Sanghani constrói uma história cativante, com personagens que despertam a empatia dos leitores. Enquanto planeja perder a virgindade, Ellie Kolstakis descobre mais sobre si mesma e, sem perceber, vai resgatando a autoestima, deixando para trás a adolescente insegura e encarando a vida adulta com mais confiança.

Seguidores

No Instagram @bloglohs

Vem pro Facebook