A Pequena Livraria dos Corações Solitários #01

Autora: Annie Darling
Título original: The little bookshop of lonely hearts
Tradução: Cecília Camargo Bartalotti
Série: A livraria dos corações solitários
Editora: Verus
Páginas: 308
Onde encontrar: AmazonBr | Saraiva | Submarino

| Livro cedido em parceria com o Grupo Editorial Record


Sinopse: Era uma vez uma pequena livraria em Londres, onde Posy Morland passou a vida perdida entre as páginas de seus romances favoritos. Assim, quando Lavinia, a excêntrica dona da Bookends, morre e deixa a loja para Posy, ela se vê obrigada a colocar os livros de lado e encarar o mundo real. Porque Posy não herdou apenas um negócio quase falido, mas também a atenção indesejada do neto de Lavinia, Sebastian, conhecido como o homem mais grosseiro de Londres. Posy tem um plano astucioso e seis meses para transformar a Bookends na livraria dos seus sonhos — isso se Sebastian deixá-la em paz para trabalhar. Enquanto Posy e os amigos lutam para salvar sua amada livraria, ela se envolve em uma batalha com Sebastian, com quem começou a ter fantasias um tanto ardentes...
Resta saber se, como as heroínas de seus romances favoritos, Posy vai conseguir o seu “felizes para sempre”.

Eu estava tão ansiosa para ler esse livro. Assim que a capa foi liberada, eu me apaixonei. Fala sério? Você já olhou essa capa? Já a olhou bem? As cores em harmonia, a delicadeza dos desenhos, esse céu azul, esses rosas confortáveis; o inquestionável fato de ser uma livraria! Essa capa me ganhou de vez. Aí foi a vez da sinopse: blá-blá-blá livros, blá-blá-blá assumir a livraria, blá-blá-blá fantasias ardentes. Fiquei super empolgada querendo saber mais a respeito de Posy e Sebastian (até me questionei, será que um personagem com esse nome tem como ser gente boa? Fica aí o questionamento). "Sebastian podia ser esteticamente agradável, mas também era incrivelmente irritante. Deve ter sido a maneira de Deus manter o equilíbrio." Posy, p. 129

Este é o primeiro livro do que parecer ser uma quadrilogia (?). Por enquanto, já temos dois livros: o de Posy (este!) e o próximo que trará a história de Varity (a quem conhecemos e passamos a considerar uma pessoa legal neste volume!). "Para alguém tão introvertido, Verity era incrivelmente boa em conseguir que as coisas fossem feitas do seu jeito." Posy, p. 123
"A história de Posy é a primeira da série A Livraria dos Corações Solitários, que vai retratar cada um dos funcionários da livraria, um “alegre bando de desajustados”, que por uma razão ou outra desistiram do amor e, ainda assim, o encontram quando menos esperam." Sinopse



O livro chegou, foi tudo amor e bolhas coloridas até eu começar a lê-lo. Confesso que eu estava esperando algo a mais dessa história do que encontrei aqui. Saber que outros volumes virão me deixou tanto feliz (vai que a autora consegue evoluir alguma coisa) quanto receosa (vai que a gente encontra mais do mesmo). O que eu achei? Que foi uma história muito bobinha. As reviews nas orelhas diziam que seria um romance de aquecer o coração. Mas não foi assim que eu me senti.

Com certeza tiveram momentos nos quais eu ri e fiquei feliz por saber que mais cenas como aquelas poderiam vir. No entanto, foi tudo muito superficial. Em primeiro lugar, o que foi Posy com Sebastian? Raso, fraco, nem um pouco crível. A desculpa de "ah, eu não sei como agir em torno de mulheres que me dizem não" já passou uma ideia muito torta (apesar de que, para aqueles que leram, existir uma passagem perto do final que tenta consertar a situação).
 "- Sério, você escuta quando as pessoas discordam de você ou seu cérebro bloqueia as palavras automaticamente?" Posy, p. 107
Depois: o que foi todo o caso com o "vilão" da história? Lavinia, a antiga proprietária, morreu e deixou a Bookends, uma tradicional livraria, nas mãos da apaixonada Posy. Nossa protagonista deveria tornar aquela que é literalmente sua casa (sim, ela e o irmão, Sam, moram no apartamento subindo as escadas) em um negócio de sucesso. O único problema, porém, é Sebastian, o neto de Lavinia; ele está certo de que a ideia de Posy de transformar a livraria em um nicho especializado de romance será um desastre. Logo, ele propõe um outro nicho: romances policias. E como ninguém consegue conversar com esse ser humano, Posy finge que concorda.

"- Ridículo! Tudo que a ficção romântica faz é estimular expectativas totalmente irrealistas na mente de mulheres impressionáveis." Sebastian, p. 90

E é basicamente isso aí, galera. Posy começa a tremer com a súbita responsabilidade posta em seus braços. Sebastian é completamente irritante e inconveniente. Os outros funcionários da livraria (amigos, acima de tudo) embarcam nessa aventura de especialização. E tem um cara lá que quer comprar o prédio para derrubar todas as construções histórias e construir um condomínio ultramoderno.
"- Desde que essas mudanças não sejam como daquela vez em que você quis organizar os livros por cores e não por ordem alfabética...
- Mas teria ficado bonito.
- Que Deus nos ajude." Varity e Posy, p. 40
No entanto, acredito que eu possa ter deixado um último detalhe só para o final dessa resenha. Posy é simplesmente apaixonada por romances. Tanto que escolhe fazer isso para que a Bookends tenha sucesso ao se tornar Felizes para Sempre. "- Nós amamos livros, e isso reflete no modo como os vendemos." Posy, p. 51 Nisso, de ela amar muito os romances, ela passa a tentar escrever um romance seu e de Sebastian. Achei tudo bem engraçado, porém superficial. Achei que poderia ser mais, mas pelo que foi, até que foi legal.

"- Ele tomou alguma liberdade com você? Você deu um tapa na cara dele e saiu furiosa?
- Ele não tomou nenhuma liberdade, mas tive vontade de bater na cara dele várias vezes." Nina e Posy, p. 37



Seção das Quotes


"Encontrávamos o que buscávamos nas páginas de nossos livros favoritos.", p. 6


"Posy desconfiava que as estantes se reproduziam durante a noite.", p. 29

"- Que tal me reembolsar por toda a comida, roupas e videogames que eu comprei para você nos últimos sete anos?
- Para sua informação, há leis rígidas sobre trabalho infantil neste país." Posy e Sam, p. 60

"- Meu Deus, por que tudo tem que ter um segundo sentido obsceno?" Posy, p. 65

"O tempo ruim provavelmente também era culpa de Sebastian, Posy decidiu.", p. 94


"- Ele disse 'por favor'. Acho que isso significa que ele está crescendo como pessoa." Tom, p. 180


"Não devia ser nada tão grave, se ele ainda conseguia fazer drama." Posy, p. 256

"- Eu não vou me casar. Você está louco? Por que eu ia querer me casar com você?
- Porque eu te amo, Morland. Acompanhe a conversa." Posy e Sebastian, p. 296






14 comentários :

  1. Eu também fiquei apaixonada com a capa desse livro e fiquei curiosa em relação a história de acordo com a sinopse mas depois da sua resenha, acho que só vou lê-lo se eu ganhar mesmo. Não ganhou meu coração, só a Posy por ser apaixonada por romances como eu!

    ResponderExcluir
  2. Oi Izabela,
    Primeiramente tenho que dizer que a capa deste livro é linda e, segundo, mesmo não sendo do gênero que gosto acho que pode ser uma leitura legal de se fazer. A vida de Posy pode não ser a mais emocionante, mas é confortável e estável. Ao se ver dona de uma negócio falido era de se esperar que sua visão da vida fosse mudar, que houvesse desespero ou descrença, mas ela se vê cheia de esperanças de que vai conseguir reverter a situação da livraria. Acho que o que menos me agradou foi o Sebastian, pois seu jeito "difícil de lidar" é muito clichê e faz com que a história fique muito previsível.

    ResponderExcluir
  3. Oi Iza, essa capa é mesmo lindo e o enredo tem potencial pra ser bem fofo <3, assim é triste que acabe sendo um pouco superficial em alguns aspectos. Mas o livro parece ser divertido também e assim fiquei curiosa pra ler, só que sem pressa, mas a frente talvez eu o inclua na lista ;)

    ResponderExcluir
  4. Olá Izabela! Esse livro já está na minha listinha, capa e enredo lindos!
    Desde que comecei acompanhar resenhas sobre ele tenho me encantado, espero conseguir ler em breve.
    Bjs

    ResponderExcluir
  5. Aaah, que pena que não é tudo o que você achou que seria.
    Eu estou com as expectativas altas para esse livro. Aliás, estava.
    Talvez por isso possa gostar mais quando ler agora, haha.
    Realmente, a sinopse, a capa, as cores lindas... Tinha tudo para aquecer o coração!
    Pena!
    Mas não vou deixar de ler.
    :D

    Beijooos

    www.casosacasoselivros.com
    www.livrosdateca.com

    ResponderExcluir
  6. É um saco se frustrar com um livro... Pela resenha ele parece um livro bem bobinho e clichê para passar o tempo!! Não parece ser ruim, apenas não é isso tudo... Talvez eu leia quando estiver querendo algo leve

    ResponderExcluir
  7. Oi Izabela,
    Estou apaixonada pela capa desse livro! Também fiquei super empolgada para ler só com a premissa, afinal o livro traz uma história que se passa em uma livraria. Quem é que não vai ficar animada? ♡
    Já estava criando altas expectativas com o livro, mas agora depois de ser avisada que a história é superficial vou da uma maneirada na empolgação e iniciar a leitura sem esperar muito, mas quem sabe acabo me surpreendendo? Já sei de antemão que vai ser difícil aturar o Sebastian, detesto esses personagens machistas, arrogantes e irritantes.
    Beijos

    ResponderExcluir
  8. Oi Izabela,
    também ameeeeeeei essa capa!
    Mas todas as resenhas que li disseram a mesma coisa, como a história é fraca e bobinha!
    Ainda tô com vontade de ler (mas não tanto! rsrs).
    É duro, porque com uma capa linda dessas e uma premissa tão interessante, a autora acabou, pelo jeito, não sabendo desenvolver bem.
    E pelo que entendi, esse Sebastian é um escrotinho.
    Talvez eu leia, porque tô curiosa pra sabre mais dessa livraria, mas não garanto, não.
    bjsss

    ResponderExcluir
  9. A capa é linda mesmo, mas só pela sinopse eu já fiquei com uma sensação de ser um livro bobinho kkkkkk se eu tivesse em um momento carência, iria gostar.
    Ainda não sei se gosto de sagas que cada livro conta a história de um personagem...

    ResponderExcluir
  10. Confesso que já pela capa e pela sinopse esperava que fosse uma história bobinha msm hehehe N me empolgou tanto pra ler e ainda mais dps dessa resenha...

    ResponderExcluir
  11. Izabela!
    Bacana ver que e cada livro, um dos funcionários da livraria será protagonista.
    A capa dese livro é linda e colorida mesmo, gosto de tudo que é colorido.
    Ter de levantar a livraria novamente e ainda lidar com o neto da ex-dona, deve ser estafante para ela.
    Humor mais sutil é gostoso de ler.
    Nossa! Que bacana ela citar tantas autoras clássicas, é de pirar mesmo.
    Ai que delícia ver que parece um local aconchegante.
    Que horror um protagonista machista e ainda assim a autora consegue tirar algo de bom dele.
    Desejo um final de semana de luz e paz!
    “Quem já passou por essa vida e não viveu, pode ser mais, mas sabe menos do que eu...” (Vinicius de Moraes)
    Cheirinhos
    Rudy
    TOP COMENTARISTA DE JULHO 3 livros, 3 ganhadores, participem.
    http://rudynalva-alegriadevivereamaroquebom.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  12. Tambem tinha me encantado pela capa e queria ler, esperava mais que pena que é fraquinho. Como se trata de uma livraria geralmente o leitor espera algo maravilhoso. Tenho receio do nome Sebastian geralmente os personagens com esse nome não prestam kk.

    ResponderExcluir
  13. Quando eu vi essa capa eu já imaginava uma história meio boba, então não foi uma surpresa essa resenha.
    Eu gosto do nome Sebastian, por causa dos livro Estúpido Desejo, eles são arrogantes mas são legais.

    ResponderExcluir
  14. Olá Izabela!!!
    Quer saber o que realmente me chamou atenção no livro??
    Primeiro o título conter livraria, segundo na sinopse ler um monte de blá, blá, blá e ler livros e livraria dentro dela e saber que a personagem é uma apaixonada por romances.
    Achei super fofa a capa e a história em si é gostosa de se ler, acho que é aquelas que fazem a gente sair daquelas ressacas literárias.
    Amei o livro :3

    lereliterario.blogspot.com

    ResponderExcluir

Obrigada por fazer três blogueiras felizes, seu comentário e sua opinião são muito importante pra nós! Todas as visitas e comentários serão retribuídos.

(Comentários contendo ofensas e palavras de baixo calão não serão aceitos).

Seguidores

No Instagram @bloglohs

Vem pro Facebook