O Bom do Amor

 

Autora: Chris Melo
Ilustrações: Laís Soares
Título: O bom do amor
Editora: Fábrica 231
Páginas: 88
Onde encontrar: AmazonBr | Saraiva | Submarino


| Livro cedido em parceria com o Grupo Editorial Record

Sinopse: As grandes manifestações de amor diárias, camufladas por pequenos gestos, são a essência do livro O bom do amor. A coletânea de tirinhas, que mostra a cumplicidade cotidiana e o companheirismo de um casal, nasceu de uma websérie publicada duas vezes por semana nas redes sociais pela editora Rocco. O texto é de Chris Melo, autora de romances de sucesso entre o público feminino, como Sob a luz dos seus olhos e Sob um milhão de estrelas. Os traços delicados e harmoniosos das ilustrações são de Laís Soares. O livro é lançado através do Fábrica231, selo de entretenimento da editora Rocco, e é uma excelente opção de presente para o Dia dos Namorados.A cada página, as aquarelas delicadas de Laís Soares e a sensibilidade de Chris Melo comprovam não só que o amor e a felicidade estão nos pequenos detalhes e prazeres do cotidiano, mas são também uma construção diária. O bom do amor não oferece conselhos, mas abre os olhos daqueles que esqueceram que a simplicidade e o companheirismo são o combustível da boa relação e reforça aos apaixonados de plantão que, afinal, o bom do amor mesmo é poder estar junto de quem se ama.

O dia do namorados já passou, mas como não ficar no clima romântico mais um pouquinho? Como restringir a apenas um dia aquele gesto de carinho elaborado, aquele jantar planejado ou então aquela maratona de séries com as guloseimas separadas? O bom do amor, primeiramente, foi uma websérie lançada pela Editora Rocco. Agora, eles nos trouxeram essa edição fofíssima para que possamos ter pra sempre os desenhos e as frases delicadas da dupla Chris Melo e Laís Soares.


É um livro muito simples. Frases curtas, desenhos pequenos, cores leves, humor delicados. Acredito que essa simplicidade traduz o que a dupla queria passar: o amor não é complicado. Ou pelo menos, ele não deveria ser. Quando encontramos uma pessoa que combina com nossa sintonia, não podemos deixar que ela escape da nossa vida. Peça que ela fique, mesmo que apenas como amigos. Com o tempo, com a intimidade, quem sabe isso não evolui? Quem sabe vocês dois não descubram coisas um no outro que façam bem aos dois?


O amor, como a autora e a ilustradora quiseram nos mostrar, está em cada detalhe, em cada gesto, em cada troca de olhares, em cada conversa séria, em cada momento que passamos juntos fazendo algo produtivo ou fazendo nada de mais. No relacionamento, encontramos alguém que satisfaz tanto nossas necessidades psicológicas quanto físicas. E o incrível de amar alguém e a sintonia que você estabelece com esse outro ser humano completo; faz você pensar que o amor realmente é uma força da natureza.


A cumplicidade, a intimidade, a simplicidade e a facilidade de dividirem os momentos. Planejando viagens, planejando o futuro, criando sonhos juntos sem esquecer da individualidade de cada um. Afinal, são dois. O respeito é a base de tudo. Tendo isso, se for para algo acontece, o cosmos providenciará. Escolher dividir a vida com alguém requer sinceridade e vontade e amor. 



Esse foi um livro fofo, repleto de mensagens sobre o amor. Li em 30 minutos, na sinceridade. E acredito que demorei mais tempo para escrever essa resenha do que pra ler esse pequeno presente que a Editora Rocco trouxe para o mercado. Caso você tenha esquecido ou ainda não providenciou o presentinho pro mozão, essa é uma ótima dica literária! Promessa de dedinho ;)





8 comentários :

  1. Oi Iza, o livro parece ser mesmo fofo e as ilustrações estão lindas. Podemos e devemos prolongar o clima romântico por mais um pouquinho sim <3 Dica linda ;)

    ResponderExcluir
  2. Oi Izabela,
    Que livro mais encantador *-*
    Adorei a proposta de mostrar a beleza e o encanto que esta nos gestos simples mas que tornam um relacionamento feliz, repleto de amor e companheirismo. Um livro simples mas com um significado tão singelo e sincero. E essas ilustrações charmosas são? Deixam o livro ainda mais fofo.
    Beijos

    ResponderExcluir
  3. Izabela!
    Bem acredito que deva ter demorado mais para fazer a resenha do que para ler o livro, tenho dificuldade em fazer resenhas dos livros que gosto muito.
    E o livro parece fofo mesmo e ainda é ilustrado.
    Sou uma crédula no amor e bem gostaria de ler.
    Bom feriado!
    “Saber envelhecer é a grande sabedoria da vida.” (Henri Amiel)
    Cheirinhos
    Rudy
    TOP COMENTARISTA DE JUNHO 3 livros, 3 ganhadores, participem.
    http://rudynalva-alegriadevivereamaroquebom.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Que graça de livro e as ilustrações ficaram bem fofas, deve ser uma leitura emocionante e que nos faz suspirar. Muito legal para nós mesmos e também para presentear quem a gente mais gosta.

    ResponderExcluir
  5. Gostei muito da capa e o fato de ter ilustrações. Sou muito interessada nesses temas que são tão difíceis de definir, como o amor. Vou ler com certeza

    ResponderExcluir
  6. Que fofinho!! Adorei as aquarelas. Esse livro pode ser bom para relembrar detalhes do amor que as vezes deixamos de lado devido à rotina.

    ResponderExcluir
  7. Olá Izabela!
    Uma fofura esse livro, é a segunda resenha que leio dle, estou apaixonada, qro ler em breve!
    Bjs!

    ResponderExcluir
  8. Oi Izabela,
    O Bom do amor é um livro simples, mas que carrega em seu pequeno conteúdo o real sentido de amar alguém. O amor está na simplicidade do dia-a-dia do casal e não nas exposições escandalosas em redes sociais para os olhos dos outros, por exemplo. O trabalho de Cris Melo e Laís Soares está lindo e é um ótimo livro para manter na cabeceira ou na mesinha da sala de estar para que seus amigos possam ler e compartilhar com seus parceiros.

    ResponderExcluir

Obrigada por fazer três blogueiras felizes, seu comentário e sua opinião são muito importante pra nós! Todas as visitas e comentários serão retribuídos.

(Comentários contendo ofensas e palavras de baixo calão não serão aceitos).

Seguidores

No Instagram @bloglohs

Vem pro Facebook