Em Águas Sombrias

Autora: Paula Hawkins
Título Original: Into The Water
Tradução: Cláudia Costa Guimarães
Editora: Grupo Editorial Record
Páginas: 364
Onde Encontrar: AmazonBr | Livraria Saraiva | Livraria Cultura

Sinopse: Nos dias que antecederam sua morte, Nel ligou para a irmã. Jules não atendeu o telefone e simplesmente ignorou seu apelo por ajuda. Agora Nel está morta. Dizem que ela se suicidou. E Jules foi obrigada a voltar ao único lugar do qual achou que havia escapado para sempre para cuidar da filha adolescente que a irmã deixou para trás.
Mas Jules está com medo. Com um medo visceral. De seu passado há muito enterrado, da velha Casa do Moinho, de saber que Nel jamais teria se jogado para a morte. E, acima de tudo, ela está com medo do rio, e do trecho que todos chamam de Poço dos Afogamentos…
Com a mesma escrita frenética e a mesma noção precisa dos instintos humanos que cativaram milhões de leitores ao redor do mundo em seu explosivo livro de estreia, A garota no trem, Paula Hawkins nos presenteia com uma leitura vigorosa e que supera quaisquer expectativas, partindo das histórias que contamos sobre nosso passado e do poder que elas têm de destruir a vida que levamos no presente.

Olá leitores! Hoje venho trazer para vocês a resenha do lançamento da autora Paula Hawkins, Em Águas Sombrias, que também escreveu A Garota no Trem. Gostei muito do primeiro livro que li, foi bem imprevisível e emocionante, tão intrigante que o devorei em uma noite só. Neste lançamento podemos ver esse mesmo estilo de narrativa, cheia de mistérios e com alguns "tapas na cara" da sociedade, por assim dizer. Mas será que este livro nos surpreenderá tanto? Vamos a resenha.

Em uma pequena cidade inglesa chamada Beckford, seus moradores lidam com um problema vivido a séculos pelas famílias, o grande número de suicídios e afogamentos no rio que corta a cidade, já conhecido como "Poço dos Afogamentos". E é neste cenário que acompanhamos mais uma morte, uma mulher chamada Nel Abbot. Somos apresentados então a irmã de Nel, Jules, que retorna a sua cidade natal, e seu atual pesadelo, para lidar com a morte da irmã. Mas o que todos imaginavam ser mais um trágico acontecimento em Beckford, acaba se tornando uma incógnita para todos, principalmente para Jules.



Jules, uma mulher completamente diferente da irmã, vivia em Londres e não mantinha mais contato com sua família, a irmã Nel e sua filha de quinze anos, Lena. Quando retorna a cidade, a protagonista acaba revivendo diversos traumas e dificuldades de infância, ao lado da irmã. E ao investigar seu suposto suicídio, Jules acaba lidando com diversos fantasmas do passado, e também descobrindo muitos segredos escondidos entre os moradores de Beckford. O que realmente aconteceu a Nel? Que segredo a cidade e o Poço dos Afogamentos guardam em suas águas profundas?
“Beckford não é um local de suicídios. Beckford é um local para se livrar de mulheres encrenqueiras.”

O livro tem o mesmo clima angustiante e ao mesmo tempo excitante que A Garota no Trem. Porém, consegue ter uma personalidade própria, por assim dizer. Pois ao longo da história, vemos temas atuais e extremamente realistas sendo abordados pela autora. Desde a opressão ao gênero feminino, quando as possíveis violência que as mulheres viveram e ainda presenciam na atual (e moderna?) sociedade. E não apenas violência física, mas diversos tipos e ocasiões em que ela se faz presente. Achei este tema, inserido no contexto do suspense, muito interessante e também muito importante. Um ponto super positivo do livro e vivenciado pelas personagens.


Um grande mistério (que não posso revelar mais), experiências realistas e que conseguimos nos identificar, personagens interessantes e bem construídos, passíveis de seus próprios erros, traumas e incertezas e uma narrativa sob seus diversos pontos de vista. Em Águas Sombrias soube trazer o equilíbrio entre tudo isso e nos prender em mais um thriller emocionante de Paula Hawkins. Gostei muito do livro, foi uma leitura densa, mas muito boa e proveitosa. Eu definitivamente adoro essa autora. Livro recomendado aos amantes de um bom e velho suspense, mas com uma temática atual e bem colocada. O que descobrimos ao longo das mais de trezentas páginas, vou deixar vocês lerem por si mesmos.

"Os horrores produzidos pela mente são sempre piores que a vida real." 

Lembrando a vocês, leitores, que teremos a presença da autora em nossas terras para a Bienal do Livro deste ano, que ocorre em Setembro, no Rio de Janeiro. Quem vai assinar seus livrinhos? :)







11 comentários :

  1. Hey *'*
    A Garota no Trem está minha lista de desejados só que não tive nenhuma oportunidade de o ler..
    Já ouvi vários elogios sobre a escrita da autora e quero muito conhece-la.
    Gosto muito de um bom livro de suspense e esse parece ser cheio de questionamentos e mistérios.
    Já anotei e assim que tiver oportunidade vou ler.

    Obrigada pela indicação!
    Bj

    ResponderExcluir
  2. Oi Camila, ainda não li nenhum livro dessa autora, mas se ela conseguiu te fazer ler um de seus livros em uma noite com certeza merece atenção rs. São muitos elogios que vejo a ambas as obras da Paula que foram publicadas por aqui e curti tua resenha, entregou bem pouco e me deixou curiosa pra saber mais desse suspense denso e atual ;)

    ResponderExcluir
  3. Oi Caah!
    Sou doida pra ler esse livro, o enredo me chamou bastante atenção por exatamente trazer esse suspense todo, espero conseguir ler em breve.
    Bjs

    ResponderExcluir
  4. Camila!
    A princípio imagino o quanto deve ser mesmo complicado tantas personagens e pontos de vista diferenciados, mas acredito que aí que dá o clima desse thriller, afinal, vamos acompanhando cada modo de ver uma mesma situação e ficamos na dúvida quanto a resolução do mistério.
    Super curiosa em poder fazer a leitura.
    Desejo um mês repleto de realizações!
    “A música é uma revelação superior a toda sabedoria e filosofia.” (Ludwig van Beethoven)
    Cheirinhos
    Rudy
    TOP COMENTARISTA DE AGOSTO 3 livros, 3 ganhadores, participem.

    ResponderExcluir
  5. Esse livro desperta interesse, pois é bem misterioso o que acontece nesse poço dos afogamentos, deve ser uma leitura que mexe com agente e nos deixa ansiosos por cada virada de página para sabermos o que acontece, tenho muita vontade de ler.

    ResponderExcluir
  6. Oi Camila,
    Eu já li A Garota no trem da mesma autora e digo, com muita convicção, que sua escrita é surpreendente e cativante. Em águas sombrias a autora segue com a criação de protagonistas femininas, que mesmo com seus conflitos internos e problemas do passado (como Jules que terá que lidar com a perda da irmã), precisam se mostrar fortes e saber lidar com os conflitos sem se perderem em meio a isso. Sinto que a morte da irmã da protagonista é só o começo de uma trama bem maior a ser explorada no decorrer da história. Estou muito ansiosa para fazer esta leitura e espero ter uma grande surpresa com o enredo.

    ResponderExcluir
  7. Camila,
    Depois que li 'A Garota no Trem', que por sinal me cativou pacas, me encantei com 'Em Águas Sombiras' e achei o livro sensacional! Um dos melhores que li neste ano, pois a autora cresceu muito em sua escrita e isso foi o fator primordial para amar Paula Hawkins.
    Inclusive fiz uma resenha no canal Irmãos Livreiros, veja aqui: Resenha Em Águas Sombriass

    Enfim, amei esse livro! Demais!
    Beijos,
    Danny
    Irmãos Livreiros

    ResponderExcluir
  8. Oi Camila, tudo bem?
    Apesar de querer, infelizmente não poderei ir pegar o autógrafo da autora na bienal. Tenho A Garota no Trem aqui em casa e ainda não li, não sei porque estou esperando tanto hahaha
    Quando vi este lançamento fiquei mais do que curiosa para conhecer, principalmente agora depois de saber que trata de assuntos importantes como a repressão as mulheres.
    Beijos

    ResponderExcluir
  9. Olá, há muito quero ler algum livro da autora, pois só ouço elogios de sua escrita. Suas obras aparentam ser permeadas de tensão, deixando o leitor louco para saber o que vai acontecer, essa não é diferente. Beijos.

    ResponderExcluir
  10. Oi Camila,
    Quero muito conhecer a escrita dessa autora, ainda não tive a oportunidade de ler o livro tão comentado A garota no trem, quero ler logo de uma vez para assistir o filme em seguida.
    Adoro um bom thriller, com um suspense de tirar o fôlego e que prende o leitor, sem falar que amo histórias com drama familiar e com uma carga reflexiva assim; imagino a angustia de ler as histórias tão cruéis e sombrias dessas mulheres.
    Não tenho nem ideia do desfecho da história tão intrigante, então espero me surpreender com essa leitura e com o jeito sombrio da autora escrever.
    Beijos

    ResponderExcluir
  11. Já li resenhas antes sobre esse livro e me interessei muito muito!! Sempre deixa uma curiosidade a respeito do que de fato aconteceu e o porquê de ter acontecido. Nunca li livros de suspense e tenho muita vontade, mas sempre acabo pegando um romance hahah. Acho que este seria um ótimo começo

    ResponderExcluir

Obrigada por fazer três blogueiras felizes, seu comentário e sua opinião são muito importante pra nós! Todas as visitas e comentários serão retribuídos.

(Comentários contendo ofensas e palavras de baixo calão não serão aceitos).

Seguidores

No Instagram @bloglohs

Vem pro Facebook