Os Quatro Cavaleiros

Autora: Veronica Rossi
Título Original: Riders
Tradução: Alice Mello
Série: Riders
Editora: Galera Record
Páginas: 350
Onde Encontrar: AmazonBR | Livraria Cultura | Livraria Saraiva


| Livro cedido em parceria com a Galera Record | 
Sinopse: O que você faria se descobrisse que se tornou um dos Cavaleiros do Apocalipse? Da mesma autora da Trilogia Never Sky. Nada além da morte pode impedir Gideon Blake de conquistar seu objetivo de se tornar um soldado americano. Bem, o problema é que ele morreu. Por algum tempo. Enquanto se recupera do acidente que deveria ter sido fatal, Gideon nota que seus ferimentos estão cicatrizando muito rapidamente. É um milagre. Se você considerar um milagre o fato de se tornar um dos quatro cavaleiros do Apocalipse. Gideon é Guerra. E ele precisa se unir aos outros cavaleiros, Fome, Morte e Peste, para, juntos, proteger uma chave que a Ordem quer ter em mãos para abrir as portas de um reino infernal na Terra, ameaçando escravizar todos os humanos.

Olá leitores! Hoje vou resenhar um livro com uma premissa muito interessante e que me surpreendeu bastante positivamente, já adianto. Os Quatro Cavaleiros é o primeiro livro da série "Riders", e é escrito pela conhecida autora da trilogia Never Sky - Sob o Céu do Nunca, e que também já ganhou prêmios nos Estados Unidos referente a literatura para jovens adultos (a famosa Young Adult). Por conta disso eu já esperava uma boa leitura e uma história juvenil com uma narrativa marcante.


Gideon é um jovem que, aos dezoito anos, está curtindo o auge de sua vida. Ele mora na Califórnia e sua paixão é surfar, curtir os dias ensolarados e planejar o seu futuro no exército. Sim, no exército. Com a perda do pai, o jovem decidiu seguir seus passos na carreira militar e se tornar um Ranger. O exército é um dos seus lugares reconfortantes após sofrer a dor da perda. Ele se alistou e até então, seus planos estavam indo muito bem. Em um dia de treinamento com paraquedismo, Gideon salta do avião mas tem problemas com seu paraquedas e despenca do céu. E morre.

Era para o jovem estar morto, de fato. Mas ele acorda no hospital, e surpreende a todos com uma recuperação estranhamente rápida. O que deveria levar meses e provavelmente deixaria sequelas eternas, leva poucos dias e ninguém, nem mesmo ele, pode compreender o que aconteceu. Outro fato que intriga o rapaz é o que aparece misteriosamente preso em seu pulso: um bracelete desconhecido. Assim que sai do hospital, Gideon tem como objetivo ir atrás de respostas para seu próprio milagre. E ele se depara com uma história no mínimo assustadora.

No apartamento de sua irmã, Gideon recebe uma garota misteriosa chamada Daryn. A garota revela então, que o jovem "quase morto" se tornou um cavaleiro do apocalipse no momento em que sobreviveu a queda e de fato morreu. Agora, ele renasceu com esse destino a ser cumprido: ele deve encontrar os outros cavaleiros para que eles possam proteger a chave que tem o poder de abrir os portões do inferno. Ela o nomeia como o cavaleiro da Guerra e pede ao jovem que a siga. Sem muita escolha, confuso e curioso sobre as revelações estranhas e fantasiosas, Gideon decide seguir a garota.


A partir deste ponto somos apresentados a uma história muito interessante sobre os cavaleiros do apocalipse, seu passado, e também aos que desejam tomar o poder da chave, a Ordem. Os quatro cavaleiros, devem ser capazes de detê-los. E Gideon (Guerra), Sebastian (Fome), Jode (Peste) e Marcus (Fome) precisam se unir em prol de seu destino. A narrativa nos apresenta muitos flashbacks do passado, da morte que os tornou cavaleiros, da Ordem e do que eles enfrentam ao longo do livro e nos deixa uma abertura muito boa para o próximo volume.

Os personagens são diferentes, bem construídos e com habilidades próprias. E ainda sim, jovens. O livro possui uma boa dose de ação, mistério e misticismo num equilíbrio perfeito durante a narrativa. Não é imaturo, nem lento. Os personagens se desenvolvem e nos inspiram com suas atitudes. É eletrizante para uma literatura juvenil. Gostei muito da premissa, desenvolvimento da narrativa e de tudo o que a autora criou em volta dessas bases. De fato foi uma leitura diferente do que eu esperava, me surpreendeu em alguns aspectos e eu considero um livro muito bom e que merece a atenção de nós, leitores. Estou muito curiosa para saber o destino de Gideon e dos cavaleiros.


Aguardo ansiosamente o próximo volume, que ainda não foi publicado nos Estados Unidos. A edição, pela Galera Record, está linda, e com a capa original, que eu amei. Veronica Rossi provou mais uma vez suas habilidades de escrita para o público jovem, e que pode de fato empolgar qualquer leitor, e que venha o próximo volume!



12 comentários :

  1. Oi Camila, eu já tinha achado a capa desse livro muito bonita e a sinopse interessante, agora lendo a primeira resenha dele fiquei verdadeiramente interessada. A história é diferente e saber que esse primeiro volume empolga me deixou animada. Curti e espero ter a oportunidade de ler também futuramente ;)

    ResponderExcluir
  2. Caraca! Os Quatro Cavaleiros mencionados na bíblia, porém, de uma forma inusitada? Gente! Preciso para ontem! \o/

    Beijos,
    Danny
    Irmãos Livreiros

    ResponderExcluir
  3. Oi Camila, tudo bem?
    Nunca tinha ouvido falar deste livro, mas adorei a premissa. Fico feliz que a autora tenha criado uma estória para o público jovem, mas sem tornar as coisas muito bobinhas e imaturas. Fiquei curiosa para conferir este livro.
    Beijos

    ResponderExcluir
  4. Olá Camila,

    Esse é mais um livro que fico conhecendo aqui no blog, não li nada da autora ainda, gostei demais dessa capa e apesar da sua resenha e da premissa do livro ainda estou em dúvidas em relação a ele, mas anotei a dica...bjs.


    http://devoradordeletras.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  5. Olá !!
    Ainda não li nada da autora mas fiquei empolgada com seu intusiamo.
    Gosto muito desse tipo de livro é seu que vou gostar da história.
    Que pena que não lançaram a continuação ainda.

    Bjo

    ResponderExcluir
  6. Oi, Camila!
    Fiquei BEM curiosa sobre o livro, porque nunca vi uma obra com a temática dos cavaleiros do Apocalipse.
    E nunca pensei neles como pessoas aparentemente comuns.
    Gostei muito da sua resenha e fico feliz de você ter gostado.
    Adoro YA, então sei que vou adorar!

    Beijoooos

    www.casosacasoselivros.com
    www.livrosdateca.com

    ResponderExcluir
  7. Oi Camila,
    Gideon caiu de paraquedas não, somente, para a morte, mas para um novo mundo com elementos que ele desconhecia. A premissa do livro se destaca, pois se trata de um livro contemporâneo que uni mistério e muita aventura. É uma trama diferente das que leio, mas isso não diminui meu interesse, pelo contrário, sua resenha me deixou bem curiosa.

    ResponderExcluir
  8. Não conhecia esse livro e fiquei interessada essa capa chama atenção. E tem mistério e ação que adoro, parece que foi uma historia muito bem elaborada e com ótimos personagens, fiquei curiosa com o desenrolar da aventura desses quatro cavaleiros.

    ResponderExcluir
  9. Nunca ouvi sobre a autora, mas adorei a resenha!! É bom que o livro não seja imaturo, pois tem uns que leio e fico um pouco abusada das atitudes. Achei bem curiosa essa premissa dele renascer e ser um Cavaleiro agora!! Fico querendo saber direito pq a menina o escolheu para ser a Guerra. Legal!!

    ResponderExcluir
  10. Fiquei bem intrigada com este tema de Cavalheiros do Apocalipse. Você falou tão bem dele que sinto que tenho que ler essa série, parece ser tão sensacional!
    Quero saber mais sobre o porque da menina escolheu ser a Guerra.
    Ai, ai, vou atrás deste livro agora!
    Beijos.

    ResponderExcluir
  11. Oi Camila,
    Não conhecia essa série e nem a trilogia Never Sky, mas gostei do que li desse primeiro livro. A premissa é muito interessante mesmo, instiga a conhecer melhor essa história sobre os cavaleiros do apocalipse. Que intrigante esse milagre envolvendo o protagonista, e pelo que percebi, os demais cavaleiros também, fiquei curiosa para saber o motivo da escolha deles e conhecer melhor as habilidades únicas de cada um.
    Apesar de ter ficada motivada em ler, prefiro aguardar a publicação dos demais livros da série.
    Beijos

    ResponderExcluir
  12. Mesmo sendo voltada para o público mais juvenil, o livro serve para todas as idades e é mérito da autora conseguir isso.
    Gideon queria entrar para o exército e virou o cavaleiro da Guerra, de certa forma o desejo virou realidade só que com uma responsabilidade muito maior, acompanhar a jornada dos jovens, as descobertas que fazem e a forma como morreram tudo isso no primeiro volume é muito bom, tomará que a autora explique o motivo dele ser escolhido e que os próximos sejam ainda mais recheados de mistério e misticismo.

    ResponderExcluir

Obrigada por fazer três blogueiras felizes, seu comentário e sua opinião são muito importante pra nós! Todas as visitas e comentários serão retribuídos.

(Comentários contendo ofensas e palavras de baixo calão não serão aceitos).

Seguidores

No Instagram @bloglohs

Vem pro Facebook