Estranho Irresistível - Cretino #02

Autora: Christina Lauren
Título original: Beautiful Stranger
Tradução: Felipe Vieira
Série: Cretino
Editora: Universo dos Livros
Páginas: 288
Classificação: +16
Onde encontrar: AmazonBr | Submarino | Saraiva

Sinopse: Após ser traída, Sara Dillon se muda para Nova York em busca de agitação e paixão sem compromisso. É assim que ela encontra um sexy e irresistível britânico dançando em uma boate que não deveria significar nada além de uma noite de diversão. Mas a maneira – e a velocidade – com a qual ele acaba com suas inibições está prestes a transformar essa relação em algo arrebatador.
A cidade inteira sabe que Max Stella ama as mulheres. Isso não significa que ele tenha encontrado uma que realmente desejasse manter por perto.  Apesar de atrair muito com seu charme de bad boy da Wall Street, é só quando Sara aparece em sua vida que ele começa a se perguntar se existe alguém para estabelecer uma relação fora do quarto.

Esses livros são tão rapidinhos para ler. Com certeza, uma distração bem-vinda em meio a livros pesados ou sem continuação prevista que lemos. Comecei as resenhas da série Cretino em 2016 e planejo trazer todas para vocês ainda ano! O intuito é nos distrair um pouquinho com o talento dessas duas autoras para contarem uma história arrebatadora de desejo e redescobertas.

Conforme nosso infográfico, já acompanhamos Bennet e Chloe se conhecendo em Cretino Irresistível e noivando em Cretina Irresistível. Agora, no segundo volume da série, veremos Sara Dillon, diretora financeira da Ryan Media Group, e Max Stella, um empresário do ramo de arte em Nova York. Eles  se conhecem numa boate e, a partir daí, não conseguem mais se manter afastados um do outro.
“A previsível Sara que sempre fazia aquilo que todos esperavam dela. Eu não queria mais ser essa pessoa. Eu queria ser irresponsável, selvagem, jovem. Eu queria viver para mim mesma pela primeira vez na minha vida.” Sara, pos. 278




Sara foi traída e termina tudo com o ex-noivo. Ele era um canalha. E ela decide que começará novamente, em um lugar novo, com seus amigos por perto e num novo trabalho. No entanto, “É claro. Típico da minha vida: encontrar um homem lindo apenas alguns dias depois de jurar que ficaria solteira. Um homem com sotaque britânico. O universo tinha mesmo um senso de humor hilário.” Sara, pos. 83. Ela conhece Max. E o primeiro encontro deles é explosivo. Um estranho e uma flor, no meio de uma boate.

Algo para o que passei a prestar atenção ao longo das leituras desses livros é o detalhe, a sutil marca que Christina Lauren deixa para apimentar suas histórias. Se em Cretino, esse toque foi a batalha pela dominação, para ver quem possuía poder; nesse segundo livro, exploraremos o pequenos pedaços dos voyeurs. A quieta Sara se permite descobrir e experimentar coisas que antes nunca teve confiança em solicitar ao parceiro.
“Era o simples fato de que eu não queria ser mais de ninguém. Eu queria ser dona de mim mesma por um tempo. E, embora essa coisa com o Max fosse insana e completamente diferente de qualquer coisa que eu já tivesse sentido antes, eu era diferente – e estava gostando disso. Gostando muito.” Sara, pos. 1025
Com Max as coisas são diferentes. Ele é completa e positivamente diferente de Bennet. Nosso protagonista não é o chefe controlador, obsessivo. Ao contrário, ele sabe o que quer, mas não força a situação de maneira alguma. O acordo que estabelece com Sara é completamente baseado nos limites emocionais dela e daquilo que ele está disposto a viver junto com sua flor.
“- Se você vai fazer isso com ele, lembre-se de três coisas, Sara. Primeiro, ele quer a mesma coisa que você. Sexo sem compromisso. Você não deve mais nada para ele. Segundo, não tenha medo de pedir aquilo que você quer. E terceiro... seja jovem. Divirta-se. Desligue o resto.”, pos. 1081
Este livro, dentro da proposta para a qual foi criado, dá sim conta do recado! E é bem melhor do que seu predecessor, na minha opinião. Além de tratar de algo considerado tabu - o prazer sexual eu observar pessoas tendo relações sexuais, assim como o prazer conseguido em saber que pessoas estão te observando - leva os leitores para os terrenos com graça, sedução e, bom, muitas cenas calientes.  
“- Não sei se consigo andar – ela disse, tirando uma mecha de cabelo da testa suada.
- De nada.
Ela piscou olhando para mim.
- Sempre tão convencido.” Sara e Max, pos. 1342
O final do livro nos mostra bem o quão machucada uma pessoa pode ficar por conta de relacionamentos passados e como essa sombra influencia as escolhas que fazemos ao longo da vida, em nossas próximas tentativas de nos reconectar com o amor. Afinal, acredito que seja isso: romances eróticos contam uma história de amorzinho, baseando-se na atração física que posteriormente resultará no amor. Se isso não é o sonho de muitas pessoas por aí, não é mesmo?
“- O que eu deveria pensar? Parecia razoável que você estivesse me traindo. Tudo entre a gente sempre pareceu tão fácil para você .
- Porque foi fácil. Me apaixonar perdidamente por você foi algo realmente fácil. E não é assim que deve acontecer? Só porque eu não tive meu coração despedaçado nos últimos anos não significa que sou incapaz de me apaixonar. Merda, Sara!” Sara e Max, pos. 4066
Seja feliz, seja livre, ame-se. 








Seção das Quotes

“Quando minha antiga vida morreu, não se pode dizer que foi calmamente, durante o sono. Ela levou um tiro. Para ser mais honesta, fui eu mesma quem apertou o gatilho.” Sara, pos. 21

“- Você deveria mostrar a bunda. Foi você quem passou três semanas na França tomando banho de sol pelada e bebendo o dia inteiro - eu disse rindo.
Chloe soltou um pequeno sorriso secreto e enlaçou o braço em mim.” Sara, p. 67

“- Certo, quando você sorri para mim desse jeito, eu sinto vontade de te agarrar. E Deus sabe que faz uma eternidade desde que alguém me pegou devidamente. E algo me diz que você poderia fazer esse trabalho muito bem. Quer dizer, caramba, olhe para você.” Sara, pos. 143

“Eu conhecia pouco a futura Sra. Ryan, mas sabia muito bem que, se Bennett tinha encontrado sua cara-metade, eu não deveria cutucar essa onça com vara curta.” Max, pos. 787

“- Continue lendo.
Senti meus olhos se arregalarem. Estava falando sério? Se eu permitisse que minha garganta fizesse sons, não me responsabilizaria pelo resultado.” Sara, pos. 1541

“- Então? Você disse para Will que encontrou uma mulher que gosta de transar em público?
- Não no meu táxi! – o motorista gritou tão alto que nós dois tivemos um sobressalto e começamos a rir. Ele freou e gritou de novo: - Não no meu táxi!
- Não se preocupe, meu amigo. Ela não transa comigo em carros. Nem nas terças-feiras.”, pos. 1726

“- Você nem reparou nos meus sapatos.
- Claro que reparei. Deus salve a rainha. Eu reparo em tudo em você, Sara.” Sara e Max, pos. 2354

“- Nunca pensei que existissem homens como você por aí. Honesto. Fácil de conviver.
- Eu já te disse. Eu gosto de você.” Sara e Max, pos. 2487

17 comentários :

  1. Oi Izabela, essa é uma série que é longa e da qual só li os primeiros livros, não fui exatamente conquistada por esses primeiros livros, mas as autoras tem realmente uma escrita boa e é possível ler seus livros bem rapidinho e a dica de encaixá-los entre leituras mas intensas é boa, ajuda a distrair e não entrar naquela temida ressaca literária rsr. Esse livro trás voyeurs, o que deve render cenas interessantes, e gostei de saber que essa história é melhor que a anterior, assim, vou pensar direitinho se continuo ou não a acompanhar a série ;)

    ResponderExcluir
  2. Oi, Izabela!
    Eu amo essa série! Podem ser clichês, mas as autoras souberam trabalhar muito bem!
    Beijos
    Balaio de Babados
    Promoção Quatro Anos de Minhas Escrituras

    ResponderExcluir
  3. Não li nenhum livro da série, achei legal o personagem não ser daqueles controlador que quer forçar as coisas como acontece em muitos livros por aí. Quando a pessoa sofre no passado por causa de outro(a) ela perde a confiança e tem receio de confiar em alguém novamente.

    ResponderExcluir
  4. Iza, ainda não conhecia a série, porém, ela me pareceu tão interessante. E ainda mais com essa história por trás do enredo, o que acontece diariamente em nossa atualidade. E como são livros bem rapidinhos com certeza lerei eles, estou precisando de obras assim. E achei bem inspiradora a mensagem que você retirou ao final da leitura.
    Obs.: Amei os quotes, principalmente o terceiro.

    ResponderExcluir
  5. Olá, apesar de achar a história do livro um pouco clichê, este parece ser engraçado e conter personagens com bagagens emocionais intensas, fiquei curioso para ler mesmo não sendo meu gênero favorito, beijos.

    ResponderExcluir
  6. Amei os quotes e principalmente a imagem mostrando todos os volume da série pq sempre estou confusa com a ordem kkkk
    Amo um romance bem hot e leve, sem os dramas e enrolação de alguns romances

    ResponderExcluir
  7. Acho q é a primeira resenha q leio desse livro....Gostei dmais!
    Quotes tbm adorei!
    Vou anotar a dica!
    Bjs

    ResponderExcluir
  8. adorei o infográfico!
    eu não li ainda essa série pq toda vida que eu vejo o tamanho da série eu desisto
    apesar de não ter lido ainda era sempre o que eu imaginava desses livros: rápidos e bons para sair de uma ressaca de um livro mais pesado
    enfim... quem sabe eu consiga ler esse ano ;)

    ResponderExcluir
  9. Oi, Izabela!!
    Adorei a resenha. Faz um tempinho que comprei esse livro mais infelizmente ainda não li. Agora que conheci um pouco mas dessa série vou colocar esses livros como leitura obrigatória.
    Beijoss

    ResponderExcluir
  10. Izabela!
    Adoro esses romances rápidos e gostosinhos de serem lidos.
    E aqui mistura traição e uma nova descoberta do amor e justamente com um cara que não quer compromisso com ninguém.
    Deve ser emocionante o envolvimento deles.
    Desejo uma semana repleta de realizações!
    “O saber é saber que nada se sabe. Este é a definição do verdadeiro conhecimento.” (Confúcio)
    cheirinhos
    Rudy
    http://rudynalva-alegriadevivereamaroquebom.blogspot.com.br/
    TOP Comentarista de FEVEREIRO, livros + KIT DE MATERIAL ESCOLAR e 3 ganhadores, participem!

    ResponderExcluir
  11. Max parece ser tão encantar, um pena que ele não gosta de compromisso. Só a Sara para segurar ele de jeito mesmo. O que acho bastante interessante, pois mostra que eles tem um conexão profunda e o que sentimento além pode fazer fazer alguém repensar sua maneira de viver. Por mais, que seja um livro intenso, sabe, acho que todo livro pode tirar algo ensinamento e esse livro também possui

    ResponderExcluir
  12. Oi, Izabela!
    Acho que tenho o Cretino Irresistível. Bom, tenho um deles, mas não li ainda.
    Isso que você disse é bem verdade: livros eróticos são livros de romance e amor, só que com uma pitada mais sexual.
    Todo mundo fala bem das autoras, que realmente entregam o que prometem, sem fingirem ser o que não são.
    E por mais clichê que a história possa parecer, eu não ligo. Gosto dos clichês.

    Beijooos

    www.casosacasoselivros.com
    www.livrosdateca.com

    ResponderExcluir
  13. Li os três primeiros livros dessa série e achei uma leitura muito gostosa, mas o meu casal preferido ainda é a Chloe e o Bennett <3

    ResponderExcluir
  14. Olá Izabela,

    Não gosto do gênero, mas pela sua resenha para quem gosta vai se surpreender....bjs.

    http://devoradordeletras.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  15. Sabe que essa sua resenha me fez ver os livros dessa autora com outros olhos? Eu nunca tive interesse pelas obras dela, mas depois de ler a resenha, vi que realmente podem ser uma boa distração, como você mesma sugeriu no início do post. Então, sim, talvez eu dê uma chance futuramente :3

    Abs.

    ResponderExcluir
  16. Oi Izah, sabe quando você não gosta de determinado livro, mas por sempre estar lendo críticas positivas sobe eles, acaba se afeiçoando com a história? Então, aconteceu isso comigo. Eu não sentia vontade nenhuma de ler, agora preciso ler! Hahaha
    Beijokas
    [SORTEIO]Baile Literário
    Quanto Mais Livros Melhor

    ResponderExcluir
  17. Oi!
    Ainda não li nenhum livro dessa serie, mas achei interessante termos um livro no qual o protagonista não é um chefe controlador e lendo a resenha fiquei curiosa para poder conhecer essa historia, ainda mais por termos uma leitura leve !!

    ResponderExcluir

Obrigada por fazer quatro blogueiras felizes, seu comentário e sua opinião são muito importante pra nós! Todas as visitas e comentários serão retribuídos.

(Comentários contendo ofensas e palavras de baixo calão não serão aceitos).

Seguidores

No Instagram @bloglohs

Vem pro Facebook