O Livro de Memórias

Autora: Lara Avery
Título Original: The Memory Book
Tradução: Flávia Souto Maior
Editora: Seguinte
Páginas: 392
Onde Encontrar: AmazonBr | Livraria Cultura | Submarino

| Livro cedido em parceria pela Grupo Companhia das Letras |

Sinopse: Sammie sempre teve um plano: se formar no ensino médio como a melhor aluna da classe e sair da cidade pequena onde mora o mais rápido possível. E nada vai ficar em seu caminho — nem mesmo uma rara doença genética que aos poucos vai apagar sua memória e acabar com sua saúde física. Ela só precisa de um novo plano. É assim que Sammie começa a escrever o livro de memórias: anotações para ela mesma poder ler no futuro e jamais esquecer. Ali, a garota registra cada detalhe de seu primeiro encontro perfeito com Stuart, um jovem escritor por quem sempre foi apaixonada, e admite o quanto sente falta de Cooper, seu melhor amigo de infância de quem acabou se afastando. Porém, mesmo com esse registro diário, manter suas lembranças e conquistar seus sonhos pode ser mais difícil do que ela esperava.

Olá leitores e leitoras. Recebemos "O Livro de Memórias" da Companhia das Letras, e a capa, tão linda, logo nos chamou a atenção. Quando escolhi ler o livro, mergulhei de cabeça na leitura e mesmo sendo mais uma história do gênero sick lit, a história escrita pela Lara Avery me surpreendeu.

Nossa protagonista é Samantha McCoy, ou Sammie, e a narrativa em primeira pessoa nos leva diretamente ao mundo através de seus olhos. Olhos de uma garota extremamente inteligente, que apesar de não ser popular, se destaca por seus dons. Um deles, inclusive, é ter uma memória exemplar e saber usá-la com sabedoria. Sammie está pronta para se formar no ensino médio, o tão temido, e a corajosa menina não vê a hora de seguir os planos que traçou para sua vida. Até que uma enorme barreira surge em seu caminho.




A jovem desenvolve alguns sintomas e após muitos exames, descobre ser portadora de uma rara doença genética e degenerativa, a Niemman Pick-C, NP-C. Sammie irá desenvolver diversos sintomas, desde a perda de funções motoras básicas como andar, até a mais temida, a perda de sua incrível memória. Temendo por seu futuro, ela decide então escrever um livro com suas memórias, para que nunca esqueça a melhor parte de seus dias e de sua vida.


"Dizem que minha memória nunca mais será a mesma, então estou escrevendo para lembrar."

Mesmo com a descoberta da doença, Sammie é extremamente decidida e determinada. Ela não perde a esperança de que conseguirá realizar tudo o que almeja, desde se formar no colégio, se reaproximar do ex-melhor amigo Cooper, viver seu amor platônico, até viver a vida de caloura na faculdade, se formar, trabalhar e ter uma vida normal, como qualquer pessoa. Seu maior medo, contudo, é perder suas lembranças, suas memórias, e esquecer quem realmente é em meio a doença. Com o livro de memórias, a jovem tentará lutar contra a NP-C e terá a ajuda de sua família e amigos na construção do livro. Será que Samantha será vencida pela doença? Ela terá a oportunidade de viver o que sempre quis? Se apaixonará por garotos inusitados como qualquer menina de sua idade? Fica esse questionamento para vocês, leitores, descobrirem através da linda história narrada por ela.

"Você lembrará de mim em dez anos?"

Adorei a premissa, achei interessante a autora abordar um bem tão precioso e que não costumamos dar a devida atenção: nossas lembranças, nossa memória. O que seria de nós sem aquela recordação fantástica dos melhores momentos de nossas vidas, com as pessoas que amamos? Ou quando aprendemos a realizar feitos, a superar desafios? É algo pelo qual devemos refletir, como em todo sick-lit. A mensagem do livro é fantástica, e diferente do que eu havia lido.

“Temos que nos acostumar com a ideia de que ninguém se importa tanto quanto nós porquê... adivinha? Ninguém se importa. Sucesso, fracasso, tanto faz! Ninguém vai te dar um tapinha nas costas por passar todas as horas do seu dia estudando ou pesquisando ou desistindo de tudo para escrever. Então o ideal seria fazer todas essas coisas por nós mesmos, não pelos outros."

A personagem principal, Sammie, é uma protagonista forte. Como eu sou amante delas, adorei sua narrativa. A autora nos leva por um caminho doloroso, junto a doença e ao futuro incerto de Sammie, mas com um toque muito leve e uma sutileza gostosa de se ler. Não é sobre uma jovem triste e doente, é sobre como devemos lidar com nossas dificuldades, sejam elas quais forem.


É um ótimo livro, e foi uma bela experiência lê-lo. Me surpreendeu, de fato. Recomendo a leitura aos amantes de lindas e inspiradoras histórias!





16 comentários :

  1. Oi Camila, gostei muito da resenha e da premissa do livro, acho que nunca pensei de forma tão intensa sobre a importância das memórias, que são sim super importantes e que nos ajudam a formar nossa personalidade. A capa é realmente bem bonita e a história parece ser inspiradora ;)

    ResponderExcluir
  2. Olá, esses livros que abordam doenças sempre me fazem chorar, os personagens são cativantes e não conseguimos parar de ler para descobrir se eles terão finais felizes. A autora foi criativa e não vejo a hora de ler. Beijos.

    ResponderExcluir
  3. Parece ser uma história linda, mas desde o último livro que li onde a personagem principal tinha uma doença degenerativa, prometi a mim mesma a não me submeter mais a tal sofrimento, é sério, essas leituras muito pesadas acabam comigo.

    ResponderExcluir
  4. Deve ser uma historia muito comovente e de perseverança, que personagem encantadora, mesmo com a doença não se deixa abater e não desiste de seus sonhos, muito batalhadora e nos passa uma força para seguirmos em frente mesmo com dificuldades.

    ResponderExcluir
  5. Camila, já vi um filme parecido com esse livro, e a garota além de escrever suas memórias ela também criou várias outras. Pois bem, essa obra parece ser emocionante e deve nos fazer refletir sobre a vida a qual levamos, mostrando que de uma hora para podemos perder algo imaginável. A personagem deve sofrer muito com tudo pelo qual ela está passando, e nós, meros leitores, sofremos juntos.

    ResponderExcluir
  6. eu estou super curiosa para ler esse livro
    tudo bem que com um pouco de medo, pois esses livros que tratam de doença me deixam tristes
    mas achei legal que a protagonista é um pessoa forte e decidida vc não é a única a gostar de personagens assim

    ResponderExcluir
  7. Oi Camila,
    Eu li O Livro de Memórias no espírito de "vou dar uma chance" e me surpreendi demais. Achei a protagonista fantástica e a vontade de viver dela, apesar da doença, é inspirador.
    Meu medo era que o livro seria mais do mesmo, mas achei que a autora conseguiu ser bastante original.
    Abraço,
    Alê
    www.alemdacontracapa.blogspot.com

    ResponderExcluir
  8. Camila!
    Deve ser uma leitura além de impactante, porque ficamos nos colocando no lugar da protagonista, bem como uma leitura incentivadora, já que ela apesar de sua doença, não desiste de ir em busca de seus sonhos e traça metas para ir tentado driblar as dificuldades.
    Adorei e quero ler.
    “Saber encontrar a alegria na alegria dos outros, é o segredo da felicidade.” (Georges Bernanos)
    cheirinhos
    Rudy
    http://rudynalva-alegriadevivereamaroquebom.blogspot.com.br/
    TOP Comentarista de FEVEREIRO, livros + KIT DE MATERIAL ESCOLAR e 3 ganhadores, participem!

    ResponderExcluir
  9. Oi, Camila!
    À primeira vista, só pela capa, não me interessei tanto, mas só de ler a sinopse o livro me conquistou.
    E saber a sua opinião mais ainda.
    Apesar de sempre chorar, eu gosto de sick-lit (para que me torturar assim???) e esse parece ser bem diferente do que geralmente aparece por aí.
    Gostei da dica.

    Beijoooos

    www.casosacasoselivros.com
    www.livrosdateca.com

    ResponderExcluir
  10. Olá Camila,

    Essa é a primeira resenha que leio desse livro,estava curioso para saber um pouco dele, bom saber que vale muito a leitura, vai pra minha lista...bjs.


    http://devoradordeletras.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  11. Desde A culpa é das estrelas fico muito curiosa com livros que tratem de doenças e esse me encantou na resenha, apesar de tbm ter gostado da capa. Quero muito ler

    ResponderExcluir
  12. Hey, Camila!

    Arrisco-me a dizer que já me apeguei à Sammie quando você fala do momento em que ela descobre a doença :/ E é bem triste, mas como esse carinha aqui gosta de sofrer, já colocou o livro (que até hoje não conhecia) na wishlist. Adorei a resenha e ainda mais o fato de saber que gostou da obra :3

    ResponderExcluir
  13. Sammie tem sonho tipico de jovem do interior, digo isso por mim mesmo. Uma pena que munda dar umas voltas e nem sempre são boas. Descobrir uma doença genética e uma fase de mudança e de vive experiencia boas não é nada fácil. Quero muito ter a chance de descobrir como ela vai mudar essa situação na vida dela. Já que as coisas nem sempre são simples assim e conhecer alguém para ajudar ela, vai ser ótimo.

    ResponderExcluir
  14. Oi Caah, tudo bem?
    Tá na cara a determinação que a Semmie tem diante de tudo o que está acontecendo com ela. O pior dessas doenças é que a pessoa deixa de ser ela por conta de alguma coisa que perde aos poucos. Já imaginou você sem as memórias que tem hoje? Sem lembrar dos risos, das lágrimas, das dificuldades que te fizeram ser o que é? Ainda mais para ela, uma jovem que esta começando a vida... Eu estou de olho nesse livro e espero ter a oportunidade de lê-lo o quanto antes.
    Beijokas
    [SORTEIO]Baile Literário
    Quanto Mais Livros Melhor

    ResponderExcluir
  15. Oi, Camila!!
    Esse livro parece ser muito interessante e emocionante!! Fiquei me perguntando como deve ser difícil uma pessoa tão jovem passar por toda essa aprovação!! Estou muito curiosa para ler essa história!!
    Bjoss

    ResponderExcluir
  16. Oi!"
    Quero muito ler esse livro, gostei muito da personagem que parece ser mesmo forte e que mesmo tendo essa doença não deixa se abater e continua tendo esperança, estou bem curiosa para saber o que ira acontecer e espero que a autora me surpreenda positivamente !!

    ResponderExcluir

Obrigada por fazer quatro blogueiras felizes, seu comentário e sua opinião são muito importante pra nós! Todas as visitas e comentários serão retribuídos.

(Comentários contendo ofensas e palavras de baixo calão não serão aceitos).

Seguidores

No Instagram @bloglohs

Vem pro Facebook