Império de Tempestades - TOG #5



Autora: Sarah J. Maas
Título original: Empire of Storms
Tradução: Mariana Kohnert
Série: Trono de Vidro
Editora: Galera Record
Páginas: 364
Onde encontrar: AmazonBr | Saraiva | Submarino 

Sinopse: Antes de serem traídos pelo atual rei, os Galathynius reinaram em Terrasen por séculos. E agora Aelin deseja recuperar a coroa e voltar a seu trono de direito... Mas o caminho até lá é longo e sinuoso. Amigos serão perdidos, lealdades serão quebradas e alianças inesperadas surgirão. Com a vida e poder jurados ao povo que está determinada a salvar, a antiga assassina, conhecida como Celaena Sardothien, colocará a própria segurança em risco para proteger os seus. Mas a única salvação está numa relíquia enterrada nas ruínas de um velho pântano.


*

Autora: Sarah J. Maas
Título original: Empire of Storms
Tradução: Mariana Kohnert
Série: Trono de Vidro
Editora: Galera Record
Páginas: 322
Onde encontrar: AmazonBr | Saraiva | Submarino 

Sinopse: Aelin Galathyius sobreviveu à prisão, à perda de amigos e amores, às traições. Agora deve vencer seu maior medo para salvar o mundo. Com a vida e poder jurados ao povo que está determinada a salvar, a antiga assassina, conhecida como Celaena Sardothien, colocará a própria segurança em risco para proteger os seus. Mais que nunca, Aelin precisa de Rowan, de Dorian e de todos os aliados para conseguir descobrir a localização da relíquia sagrada capaz de banir de seu mundo a ameaça valg e os horrores libertados em Morath. Chegou a hora de levantar os exércitos de Erilea. De cobrar velhas dívidas... É hora de marchar contra o mais supremo dos males. E confiar na pureza de seu coração para trazer a luz.


Caros leitores, como já é de seu conhecimento, eu tenho um caso de amor eterno para com Sarah J. Maas, autora dessa maravilha que vos será apresentada. Hoje trago a resenha do quinto volume da série Trono de Vidro, Império de tempestades.

Até fevereiro de 2017, todos acreditávamos que TOG seria finalizada no sexto livro, o próximo lançamento (5 de setembro de 2017). Depois dos acontecimentos catastróficos de Império, nós precisaríamos apenas de um ano para ler a continuação e finalização dessa maravilhosa jornada de Aelin. Agora imagine qual não foi nossa surpresa quando nos foi dada a notícia de que Maas lançaria o livro de contos de Chaol em 2017 ao invés do livro final da série.

Título do sexto livro de Trono de Vidro foi revelado hoje!

Porque o livro de contos ganhou vida própria como um sexto livro da série, a qual passa a ter - oficialmente - sete livros para sua conclusão. OU SEJA, só saberemos o que acontece depois disso aqui em setembro de 2018. Veja o tamanho do rascunho já revisado por Sarah, quem agora aproveita suas merecidas férias na Grécia.

Rascunho revisado de Tower of Dawn
Férias de Sarah na Grécia!

Agora que já sabemos um pouco do que está acontecendo com nossa autora preferida, vamos ver o quão destruídas ficaremos após Império de tempestades!

Como acredito que seja de conhecimentos de todos, a Galera Record resolveu dividir esse volume em dois tomos e todos nós, fãs, fomos à loucura. Eu, particularmente, ficarei extremamente chateada se eles fizerem o mesmo com A Court of Wings and Ruin; vocês correm o sério risco de ver uma Izabela aos berros.

O que aconteceu com Império: a Galera resolveu criar um livro individual para cada parte da narração. Ou seja, Tomo I para A Portadora do Fogo e Tomo II para Coração de Fogo. Fiquei ainda mais chateada quando vi que essa divisão não era nem um pouco necessária. Mas vai entender o que se passou pela cabeça da editora para escolher fazer isso, não é mesmo?

De qualquer forma, vamos à resenha? Ela pode conter spoiler dos volumes anteriores, então estejam avisados!

“- É a calmaria antes da tempestade, Aedion. [...]. Uma tempestade está vindo. Uma grande tempestade.” Lyssandra, p. 139


 Parte I - A Portadora do Fogo


Começamos o livro sabendo que Elena tem muito mais a nos contar do que imaginávamos. Na verdade, ela tem muito mais culpa do que sonhávamos. O rumo que Sarah deu a série a partir do passado desconhecido por nós (a primeira vez em que Erwan reuniu seu exército sombrio em Erilea) é perturbador. “Um lembrete de que Aelin podia ser a herdeira do fogo… mas Erawan era o Rei da Escuridão.” Aelin, p. 159 Eu não falarei de Império na ordem dos acontecimentos, mas da forma pela qual cada um desses personagens incríveis me marcaram e arrancaram lágrimas do meu coração. Segura que lá vem textão.




“- Prefiro morrer amanhã a viver mil anos com vergonha de um covarde.” Elena
Ela terá uma participação maior nesse volume, contando-nos segredos e dando-nos respostas inimagináveis. Logo no começo de Império, vemos Elena planejando uma forma de livrar seu mundo de Erwan, mostrando todo o medo e toda a morte que rondavam Terrassen. O que nos remete à Aelin, lutando com todas as suas forças para impedir que Erwan consiga as chaves de Ward. No entanto, por que ele está de volta? O que aconteceu naquela primeira guerra que não o destruiu para sempre? Por que a responsabilidade recai sobre os ombros da nossa Coração de Fogo?


“E Aelin Galathynius, rainha de Terrasen, soube que em breve chegaria o tempo de provar exatamente o quanto sangraria por Erilea.” Aelin, p. 34

O que dizer dessa personagem que ganhou meu coração? Aelin evoluiu tanto da Celaena que conhecíamos. E eu vejo tantos burburinhos de leitores reclamando do quão inconstante ela é, principalmente em Rainha das Sombras, quando ela precisou fingir por um bom tempo que ainda era a assassina de Arobyn. No entanto, eu não vejo isso como inconsistência ou equívocos da autora: eu vejo essa situação, essas permutas, como a coisa mais real que já li na minha vida. Aelin, Celaena, Elentya, Coração de Fogo: esses são todos os títulos que formam a alma dessa personagem, títulos que carregam a história que moldou a rainha que temos o prazer de ler hoje. Você pode se transformar, mas você nunca deixará de ser as partes que te formaram.

Aqui, nós veremos todo o cérebro glorioso de Aelin em ação. Veremos o desenrolar de seus planos e quase teremos um ataque do coração, assim como Rowan e Aedion, quando ela finalmente revela o que vinha planejando há tanto tempo.“- Começando com menos tramoias e segredos que tiram anos de minha vida sempre que faz uma grande revelação.” Aedion, p. 151 Nossa Rainha pode até ter sido banida de seu reino, mas ela lutará com todas as forças que puder, cobrará todas as dívidas de vida que coletou para proteger Terrasen. O lar que terminamos Rainha das Sombras prontas para conhecer, mas que não vemos nem a cor em Império de Tempestades, porque a corte a impediu de assumir o trono.

“- Não espera, em sã, consciência, que permitamos que uma assassina de 19 anos entre em nosso reino e comece a latir ordens, independentemente da linhagem.” Lorde Darrow, p. 60
Lorde Darrow é um dos aristocratas que cuidaram de Terrasen depois que os pais de Aelin foram assassinados e ela mesma levada por Arobyn. Agora, com a volta da rainha, ele está decidido a fazê-la trabalhar pelo título de Rainha. Nossa trupe: Aelin, Rowan, Aedion, Lyssandra, Evangeline e Ligeirinha nem ao menos são permitidos a pisarem em Terrasen. O lado bom disso: deixamos Evangeline e Ligeirinha fora de perigo, salvas da jornada monstruosa que enfrentaremos agora. “- Você é parte de minha corte. E, como tal, responde a mim. É sábia e corajosa e divertida… mas vamos para lugares sombrios e terríveis onde até eu temo andar.” Aelin, p. 73  Porque depois dessa introdução, dessa nova missão que é forçada em Aelin, nós percorreremos o continente matando valgs e chamando soldados para a causa da Herdeira do Fogo. 

“- Se as bruxas voarem para Forte da Fenda, então Forte da Fenda cairá.” Aedion
Um dos perigos que veremos aqui: bruxas. Lembram-se das Bico Negro, Sangue Azul e Pernas Amarelas? Elas são aliadas poderosíssimas de Erwan. E o Rei Sombrio usará os poderes que tem à disposição. A missão da Líder Alada é tomar Forte da Fenda, que foi deixado ao Rei Dorian Havilliard depois que Aelin protegeu a cidade da explosão do Castelo de Vidro. Um dos objetivos da missão é derrubar o símbolo de Aelin na cidade: a muralha de vidro criada pelo poder de Aelin e Dorian juntos. E o que dizer de Dorian agora? Sem or. Meu bebê puro e inocente, mas não tão inocente assim.  E o que dizer de Manon? Nossa bruxa tem um dos melhores desenvolvimentos de personagem. Eu lembro dos capítulos dela em Herdeira do Fogo e fico tão orgulhosa do trabalho que a Sarah criou. Manon e suas Treze e Abraxos são simplesmente fabulosos.
Agora, você deve estar se perguntado: por que Manon e Dorian juntos? Porque, senhoras e senhores, que ship! Mas vejamos cada um separadamente por enquanto!

“Nunca mais. Nunca mais seria fraco e inútil e assustado.” Dorian, p. 80
Dorian é rei agora. E alguém que ficou aprisionado por tempo demais com o príncipe valg em sua cabeça, forçando-o a assistir atrocidades sem poder reagir. Dorian perdeu muito. No entanto, não foi esquecido. Aelin voltou por seu amigo. Manon o salva de diversas formas e é algo diferente da delicada Sorcha; nossa bruxa é imortal, cruel e sabe lutar. E talvez seja isso que Dorian precise. Além, é claro, de aprender a controlar seus poderes, porque ele possui um dos tipos mais raros e poderosos de magia; magia pura que se transforma em qualquer coisa que seu possuidor desejar. Baby steps, Dorian. Vamos ver do que você será capaz em Tower of Dawn (porque é o livro do Chaol, eu tenho CERTEZA de que seu melhor amigo aparecerá!). Na segunda parte, vemos mais dele, de sua capacidade lógica e modos e todo o príncipe que ele. Mas também vemos um lado mais caliente, para o qual eu não estava psicologicamente preparada, porém AMEI cada segundo e já estou querendo mais.

Manon e Dorian, achado do Pinterest.

“E Manon entendeu naquele momento que havia forças maiores que a obediência, e a disciplina, e a brutalidade. Entendeu que não nascera sem alma; não nascera sem coração.
Pois ali estavam ambos, implorando a ela que não descesse aquela espada.” Manon, p. 165
O que dizer dessa bruxa que eu completa, devota e totalmente respeito? Ela e Abraxos são a coisa mais maravilhosa desse mundo e eu não poderia estar mais feliz de ter tido a oportunidade de conhecê-la. Manon evoluiu muito. Disso: “Bruxas não vestiam luto, porque bruxas não amavam o suficiente para permitir que a perda as arrasasse.” Manon, p. 120, para essa quote maravilhosa que escolhi para introduzir Manon nessa resenha! Suas ações não são mais governadas para a destruição. Ela já estava em um processo de transformação antes mesmo de descobrir que estava destinada para algo maior do que servir aos desejos perversos da Matriarca das Bico Negro. E ver Aelin e ela juntas é a coisa mais incrível do mundo! Eu sempre fico esperando algo explodir (tipo o mundo, mas não acontece). Quando terminamos Rainha, vimos Manon salvando Elide e deixando-a em Carvalhal para que esta pudesse andar até Terrasen, em busca de sua rainha.

Senhoras e senhores, a história de Elide, a importância, a força e a inteligência desse pequena bruxa são inspiradoras.
"Tinha sobrevivido a Morath, sobrevivera semanas sozinha. Ela conseguiria, precisava conseguir, e não se importaria nem um pouco em ser a maldita lavadora de louças da rainha se isso significasse que sobreviveria…” Elide, p. 21
Elide carrega a chave de Wyrd destinada à Celaena Sardothien como pagamento de uma dívida que Kaltain tinha com a assassina. Elide ainda não sabe que Celaena e Aelin são a mesma pessoa. Portanto segue confiante para o Norte, em busca da família que lhe resta. Um de seus maiores medos é encontrar Aelin e não ter nada a oferecer à rainha; Elide acredita que não é boa o suficiente, quando tudo o que ela faz prova o contrário. Manca, com dificuldade para achar comida e água, e com Anneith sussurrando conselhos, Elide descobre que não está sozinha naquela floresta. Alguém a espreita. Esse alguém?
“Tivera sorte.
A garota, ao que parecia, tivera astúcia.” Lorcan, p. 111
Lorcan, senhoras e senhores! Ele estava atrás de Aelin e das chaves em Rainha e agora está de volta. Seu encontro com Elide nos dará a chance de conhecê-lo um pouco mais. Ver seu desenvolvimento como guerreiro, homem e feérico é maravilhoso e doloroso. Ele a ajudará com o objetivo de descobrir o que é esse estranho poder que emana de Elide. Com isso, os dois acabam juntos pela estrada. (And I don't rememeber these two boarding in my ship, but it happened). 

Outro ship que ficou mais forte com esse livro foi Lyssandra e Aedion, a metamorfa e o general. Os dois juntos, se apoiando, se defendendo, se entendendo faz com que meu coração se encha de esperança.
“- Acho que Maeve gosta de colecionar belos machos.
- E por que não? Precisa lidar com eles pela eternidade. Podem muito bem ser agradáveis aos olhos.” Aedion e Lyssandra, p. 288
Lyssandra é um show à parte. O que Sarah fez para trazer a ex-cortesã de volta para história, a forma omo construiu a amizade dela com Aelin e tornou esses lados ainda mais estreitos com o tempo que passaram treinando e viajando juntas é maravilhoso. Nesse livro, vemos um evolução dos poderes de Lyssandra e a forma como essas duas mentes femininas diabólicas funcionam juntas. Uma preocupação recorrente neste livro é mostrar o quão poderosa a corte que Aelin construiu é poderosa. Além de todos os poderes, é importante que Aedion seja visto, de A Puta de Adarlan para O Lobo do Norte. Ele é o primo de Aelin, a única família consanguínea que lhe restou. E os dois são MARAVILHOSOS juntos. A tensão entre ele e o guerreiro feérico a quem Aelin ofereceu o juramento de sangue agora são machos sincronizados na Corte e na proteção da Rainha. Rowan tem muito o que ensinar, apesar de Aedion ter praticamente crescido em campos de batalha.

Resumo do que acontece no Tomo II

 Parte II - Coração de Fogo


O que acontece aqui? Bastante desespero, uma quantidade razoável de lágrimas, crises de ansiedade, horas e mais horas de observação atenta de paredes, vazio existencial, ressaca literária e gritos, muitos gritos.
“Tudo o que Rowan tinha a oferecer à rainha eram a força da espada, a grandeza da magia e a lealdade do coração.” Rowan, p. 96

Vamos aqui, peloamordadeusa, falar do meu bebê Rowan? Ele é tão incrível, um companheiro perfeito para Aelin. A magia de gelo e ar é o contraste perfeito para as chamas que queimam no coração da rainha, não é atoa que ele a chama de Coração de Fogo. Ele defende, protege e apoia. Ele sentimos que ele pode ser muito mais que um carranam, mas não temos certeza de nada (até o final mais agonizante da sua vida). Ele tem sim muito mais a oferecer. Ele é valioso!

O que eu gostaria de focar nessa parte já final da resenha (porque eu já não sei mais o que falar sem soltar uns spoilers perigosos aqui): os esquemas, as movimentações de exércitos, os planos para conseguirmos exércitos para Terrasen (at all).

“- A conversa de jovens idealistas e sonhadores.
- O mundo será salvo e refeito pelos sonhadores, Rolfe.” Rolfe e Aelin, p. 246
Muitos personagens de A Lâmina da Assassina estão de volta (menos Sam, esse tá morto mesmo, gente; a dor será sempre real). Aliados, inimigos, promessas, dívidas. Esteja preparado para uma explosão na sua mente! Esse livro traz mais um passo da jornada épica de Aelin em direção à sua coroa. E é maravilhoso!

O que falar então das cenas de luta? Cada vez que nossa Coração de Fogo vai mostrar o poder de Mala que corre por suas veias e já preparo o coração, Lyssandra na Baía da Caveira também foi um teste pro meu cárdio. É tanto tiro, tanto sangue, tanta habilidade e astúcia que eu não sei lidar.
“A Rainha de Chamas e Sombra, A Herdeira do Fogo, Aelin do Fogo Selvagem, Coração de fogo…
Ela passou queimando por cada título, transformando-se neles, tornando-se aquilo que os embaixadores estrangeiros haviam sibilado quando relataram sobre o poder crescente e instável de uma rainha criança em Terrasen. Uma promessa que fora sussurrada na escuridão.” Aelin, p. 157
Eu não sei mais o que dizer, além de sentir. Porque o final desse livro é arrebatador. A forma como todas as linhas invisíveis tecidas por Maas acabam por convergir naquele ponto em que tudo está arruinado, nos dando uma esperança, um pequeno vislumbre do futuro (tanto terrível quanto possível). Aelin é uma força da natureza e nós só podemos seguir o fluxo que nos é apresentado.

E bem, como se não bastasse: Maeve está na área. Eu não comentei sobre isso antes porque queria deixar esse desespero aqui pro final. Em Império, também teremos a oportunidade de conhecer Gavriel e Fenrys, dois outros guerreiros de Maeve. Eles estão lá com um propósito, e acabam ajudando Aelin e Rowan durante suas jornada e batalhas. Vemos também como é o relacionamento de Aedion e Gavriel, Fenrys e Aelin, Lorcan e todos eles. É difícil lidar com tanta emoção.

Eu vou finalizar essa resenha por aqui. Esse é o quinto volume, então por favor, caso você não tenha lido Trono de Vidro, procura aqui no LOHS: tem resenha, entrevista, matéria, tag.... tudo com essa série e essas personagens espetaculares. A espera para o próximo volume é de um ano e cinco meses. Então estamos aí na contagem regressiva. Enquanto isso, deixo vocês com pequenos surtos adoráveis e destruidores que encontrei no Pinterest e algumas das minhas quotes favoritas!

LEIA SARAH J. MAAS, por favor. Nunca te pedi nada!






***
Seção das Quotes

“A criatura da avó; era o que Manon sempre fora. Nunca parecera algo odioso.” Manon, p. 43

“- Não pediria a você se não fosse… Dorian é vital.
- Sirvo a você, Aelin. Não peça desculpas por encontrar uma utilidade em mim.” Aelin e Rowan, p. 70

“- Não pode entrar aceitando a derrota, Manon. Negue até o último suspiro.” Asterin, p. 118

“- Você ensinou Aelin.
- Aelin é meu coração. ensinei a ela o que sabia, e funcionou porque nossas magias se entendiam profundamente, assim como nossas almas.” Dorian e Rowan, p. 135

“- O que sabe sobre Aelin?
- Boatos aqui e ali. Dizem que é linda como o pecado e mais fria que o gelo. Dizem que é uma tirana, uma covarde, uma prostituta. Dizem que é abençoada pelos deuses, ou amaldiçoada por eles.”  Um homem e Elide, p. 189

“Dorian já mencionara duas vezes que não tinha certeza de como o guerreiro ainda estava de pé. sinceramente, Rowan também não.” Rowan, p. 192

“- Uma rainha que brinca com fogo não é uma aliada consistente.” Rolfe, p. 245

“- Rowan está sempre procurando uma desculpa para se exibir. Resgates dramáticos dão a ele propósito e realização em sua tediosa vida imortal.” Aelin, p. 249

“Apesar daquilo, apesar do que aquilo tinha feito Aelin decidiu que queria que Rowan a chamasse de milady pelo menos uma vez por dia.” Aelin, p. 294

“Não havia força em nenhum mundo que pudesse mantê-la contida.” Aelin, p. 318

“- Mesmo quando este mundo for um sussurro de terra esquecido em meio às estrelas, amarei você.” Rowan, p. 344

“- Sinceramente, é um milagre que vocês duas não tenham se matado.” Aedion, p. 359


***

“Se os rapazes da cidade tinham ficado impressionados com os músculos de Lorcan, não era nada em comparação ao que aqueles músculos faziam as moças.” Elide, p. 12

“- Bruxa e mulher… contanto que as partes importantes estejam aí, que diferença faz?” Dorian, p. 35

“- Amo você. Entraria no coração do próprio inferno em chamas para encontrá-la.” Rowan, p. 60

“- Não vou interferir naquele desastre, não se preocupe. Mas eu não deixaria aqueles dentes de ferro chegarem perto de minha parte preferida se fosse ele.” Aedion, p. 68

“- Tenho um juramento de sangue com ela. Jamais partirei,
- Então ela pode ficar segura, sabendo que a desejará por toda a eternidade.” Lorcan e Elide, p. 126

“- Mas me lembra do templo do Devorador de Pecados.
- Então será um lugar bem bonito, acolhedor e relaxante.” Rowan e Aelin, p. 133

“- Me mate. Se essa ordem for dada. Me mate, Rowan, antes que eu precise cumpri-la.
- Estará morto antes que consiga se aproximar 30 centímetros dela.” Fenrys e Rowan, p. 141

“- Qual o nome de sua espada?
- Ceifadora do Vento.
- Bom nome.
- A sua?
- Goldryn.
- Não é um nome tão bom.
- Pode culpar meu ancestral. - Ela certamente o culpava. Por muitas, muitas coisas.” Aelin e Manon, p. 147

“- Seria interessante ser incluído em apenas um de seus esquemas, Aelin.
- Mas a expressão de vocês é tão maravilhosa quando os revelo.” Aedion e Aelin, p. 198

“- Não é algo tão difícil, não é… morrer pelos amigos.
- Não, não é.” Dorian e Rowan, p. 228









11 comentários :

  1. Izaaaaaaaaaaaaa
    A dor e o sofrimento são muito compartilhados. Eu ainda não superei esse livro. Nem sei se algum dia superarei - talvez lendo o último, porque daí a dor vai ser de mais de 8 MILHÕES (de 8 mil já foi esse).
    O que a Sarah faz com as palavras e com personagens eu nunca sei explicar, só sentir. Que benção ter essa mulher na literatura atual, sem or.
    BERREI COM OS MEMES. Eles trazem um pouco de alegria pra toda a dor desse livro! MEU DEUS COMO DÓI, COMO PODE DOER TANTO? ASJKFNASOASGBOASGBUOASGBUOASGBOAGBU FAZ SEMANAS JÁ QUE EU TERMINEI ESSA BIROSCA E TÔ CHORANDO DE NOVO Ç_Ç
    Sua resenha ficou fabulosa, guria! Amei.

    Beijos,
    Denise Flaibam.
    www.queriaestarlendo.com.br

    ResponderExcluir
  2. Oi Iza, Sarah parece ser uma escritora incrível e que tem arrebatado cada vez mais fãs e pelas resenhas que sempre acompanho por aqui, o LOHS faz parte dos fervorosos fãs e sempre nos apresenta resenhas super empolgadas. Quero sim, começar a ler os livros da autora e espero chegar nessa série quando o último livro estiver sendo lançado pra não ter que esperar haha. Sobre a divisão que a editora fez, só posso pensar que a única coisa que eles pensam é que uma história, dois livros, resulta em mais dinheiro :P , só posso esperar que isso não comece a acontecer com todos os livros dela daqui pra frente :D

    ResponderExcluir
  3. Olá!
    Estou ansiosa para começar a ler essa série! Tenho apenas os dois primeiros livros, mas vou completar a coleção. Pretendo começar a ler em breve, pois adoro esse estilo de leitura.
    Tenho certeza de que vou amar esses personagens. Ainda não conheço a escrita da autora, mas sempre encontro comentários super positivos sobre suas obras. Grande expectativa!
    Resenha fantástica!
    Beijos.

    ResponderExcluir
  4. Uaaaal, parabéns pela postagem, eu amei!
    Sou louca pra ler os livra doa autora, qro mto conseguir ler em breve!
    Bjs!!!!

    ResponderExcluir
  5. Olá,
    Essa é uma série que está na minha lista de prioridades, só estava esperando o encerramento pra poder começar (não leio mais séries que ainda estão sendo publicadas), mas fiquei tão revoltada com a decisão de dividir em dois como forme de arrecadar mais dinheiro que tomei a decisão de comprar os livros em inglês, o que me ajudou muito, pois me motivou a estudar mais e aplicar para o intercâmbio kkk

    ResponderExcluir
  6. Os livros da série Trono de Vidro são bem elogiados principalmente a protagonista, tenho os dois primeiros volumes e ainda não li queria ter os outros primeiro para não ficar na sofrência rsrs. Também não gostei que dividiram em dois livros, acho que só livros muito grossos que deveriam ser divididos, mas vai saber né rs. Nossa quantas coisas acontecem nesse volume fiquei até zonza rs. Gostei que a personagem evolui, tem uma mente boa para planos e principalmente é tudo de bom pois é forte e destemida.

    ResponderExcluir
  7. mds sua resenha ficou incrivel adoreii , e amei muito esse livro esperei quase um ano por ele e valeu mt a pena ( oque acabou comigo foi o final , chorei mt e dps nao consegui ler nenhum outro livro) mas eu amei a escrita como sempre e ja li todos os livros que a sarah lançou e to super ansiosa por corte de asas e ruinas, uma coisa que foi otima nesse livro sem duvida foi os reencontros com os personagens de lamina da assassina rolfe ansel ilias <3<3<3<3<3<3
    e tambem adorei como a aelin tem crescido desde o primeiro livro e como ela cumpriu a promessa que fez a darrow no inicio do livro juntando um exercito de assassinos e exilados <3 (chorei quando o rowan fala isso no final) e eu adoro livros que uma personagem principal feminina forte (annabeth clary etc) mas a aelin (amor da minha vidaa) sem duvida e a mais foda de todaaas (cena dos ikens) enfim nao ha palavras pra descrever como essa serie e perfeita e super recomendo todos os livros da sarah embora agora eu to meio que odiando pelo que aconteceu com a aelin e pq to morrendo esperando o proximo mas o amor por e maior sem duvida

    ResponderExcluir
  8. Isabela, sabe que eu comprei livro da Maas por sua causa?
    Só não li ainda, porque tem coisa demais na fila, haha.
    Eu comprei o Corte de Rosas e Espinhos, mas quero ler essa série de tanto que você fala.
    :P
    E minha nossaaaaaaaaaaaa, que PEQUENO rascunho, haha.
    Adorei a cara do cachorrinho dela <3
    Também estou precisando das férias na Grécia.
    Muito bom saber que vai ter mais livrooooooooooos.

    Beijoooos

    www.casosacasoselivros.com
    www.livrosdateca.com

    ResponderExcluir
  9. Izabela!
    Na realidade não li mesmo nenhum dos livros da série e de certa forma, mesmo lendo as resenhas e todo adendo que vem das divulgações, etc... é difícil acompanhar o que acontece, ainda mais quando um livro é dividido em dois.
    Ainda assim, como é uma ficção fantasia e traz as minhas tão amadas bruxas como protagonistas, fiquei bem curiosa por ler.
    “A sabedoria é a única riqueza que os tiranos não podem expropriar.” (Khalil Gibran)
    cheirinhos
    Rudy
    http://rudynalva-alegriadevivereamaroquebom.blogspot.com.br/
    TOP COMENTARISTA ABRIL especial de aniversário, serão 6 ganhadores, não fique de fora!

    ResponderExcluir
  10. Oi, Iza!!
    Estou mega ansiosa para ler esse quinto livro dessa série. Também não vi necessidade de dividir esse livro em dois mais paciência fã que é fã vai comprar para ler!! Amei a postagem ficou super legal!!
    Bjoss

    ResponderExcluir
  11. Oi Izabela,
    Tenho o primeiro volume da série, mas ainda não li por não ter os outros. Tenho muita curiosidade em conhecer a escrita de Sarah J. Maas e esta protagonista que rende muita falação dos leitores. Adoro toda a ideia criada pela autora e espero ver nessa trama muita ação e surpresas. Celaena tem um longo caminho a percorrer e sua inconstância não me parece ser o maior dos problemas. Não entendi o porque da editora ter divido em 2 partes o livro, sério, achei desnecessário.

    ResponderExcluir

Obrigada por fazer três blogueiras felizes, seu comentário e sua opinião são muito importante pra nós! Todas as visitas e comentários serão retribuídos.

(Comentários contendo ofensas e palavras de baixo calão não serão aceitos).

Seguidores

No Instagram @bloglohs

Vem pro Facebook