#II Mês da Fantasia: O Feiticeiro de Terramar - Ciclo Terramar #01

Autora: Úrsula K. Le Guin
Editora: Arqueiro
Título Original: A Wizard of Earthsea
Tradução: Ana Resende
Série: Ciclo Terramar
Páginas: 176
Onde Encontrar:
AmazonBr | Submarino | Livraria Saraiva | Livraria Cultura

Sinopse: Há quem diga que o feiticeiro mais poderoso de todos os tempos é um homem chamado Gavião. Este livro narra as aventuras de Ged, o menino que um dia se tornará essa lenda.
Ainda pequeno, o pastor órfão de mãe descobriu seus poderes e foi para uma escola de magos. Porém, deslumbrado com tudo o que a magia podia lhe proporcionar, Ged foi logo dominado pelo orgulho e a impaciência e, sem querer, libertou um grande mal, um monstro assustador que o levou a uma cruzada mortal pelos mares solitários.
Publicado originalmente em 1968, O feiticeiro de Terramar se tornou um clássico da literatura de fantasia. Ged é um predecessor em magia e rebeldia de Harry Potter. E Ursula K. Le Guin é uma referência para escritores do gênero como Patrick Rothfuss, Joe Abercrombie e Neil Gaiman.

Olá leitores e leitoras, como vocês já sabem, estamos em mais um mês da fantasia aqui no blog. Eu amo a fantasia. Leio de tudo e mais um pouco, mas jamais deixo de voltar aos mundos que tanto amo e admiro. A fantasia tem o poder de nos levar além e para mim, uma adepta do gênero desde muito nova, pisciana e mestre de RPG, não existe prazer maior em ter em mãos um exemplar dessa temática. E então eu li o lançamento da Editora Arqueiro: O Feitiçeiro de Terramar. 
Escrito por Úrsula K. Le Guin, o livro contém todos os elementos de um clássico: somos apresentados a magia, feiticeiros e magos, dragões, terras longínquas, a escuridão contra a luz e uma trama envolvente. Nós acompanhamos a história de um famoso feiticeiro, que um dia se tornará uma lenda para os homens, conhecido por Gavião. Porém, voltando aos anos em que ele era apenas um garoto comum chamado Duny. Essa é a história de como ele se tornará uma lenda, e os caminhos tortuosos que o aguardam.


Duny descobre seus poderes quando os utiliza na aldeia em que vive. Sua tia percebe o dom do sobrinho e assim o treina nas artes primitivas da magia, sem qualquer controle e utilizando-se dela para pequenos prazeres diários. Duny lá permanece, salvando a todos ao longo dos anos. Mas logo o jovem chama a atenção de um mago, Ogion, que faz dele seu aprendiz e o nomeia como homem, aos 13 anos, como Ged. O tempo de aprendiz dura pouco, e o rapaz decide seguir em frente sozinho, rumo a escola de magia. Mas lá seu caminho tomará um rumo sombrio.

Em meio a ganância por poder e anseio por ser melhor que os demais jovens com quem estuda, Ged acaba proferindo um poderoso feitiço e libertando uma sombra, um ser maléfico e que possui grandes poderes. Mesmo diante do arrependimento, já é tarde para o imaturo aprendiz de feiticeiro. A sombra então o seguirá, e ele fará de tudo para reverter o erro que cometeu, antes que prejudique outros seres de seu mundo. Mas essa tarefa não será nada fácil.



A leitura é narrada em terceira pessoa e a narrativa da autora é muito poética, clássica, e nos remete a outros livros fantásticos, que provavelmente utilizaram a obra da Úrsula como inspiração, o que é muito interessante e incrível. O Nome do Vento, de Patrick Rothfuss narra a magia de forma semelhante, dando a ela o poder das palavras, e isso é lindo de se ler. Acredito que o autor se inspirou em Terramar para dar esse toque especial em sua história, que é incrível (e será minha próxima resenha). 



Gostei muito do livro, dos personagens e da ambientação. É um livro curto, rápido e simples demais, dentro do quão complexa a fantasia pode ser apresentada. Muito bom para uma leve leitura de fim de semana. Ged nos mostra como o poder pode nos subir a cabeça e o quanto a ganância pode atrapalhar nossas vidas. É um personagem interessante, assim como a história, que nos deixa curiosos por mais volumes e pelo que aguarda o jovem feiticeiro. Aguardando o próximo!

Por fim, preciso destacar essa linda arte de capa, e a diagramação impecável da Editora Arqueiro. Ficamos muito felizes em ver o quanto ela é uma editora carinhosa quando se trata de obras tão incríveis. Amo as capas de seus livros. 

Confiram a aventura do feiticeiro Ged, não vão se arrepender!



17 comentários :

  1. Quero muito ler, ele esta na minha lista de compras, também acho a capa linda e como amo fantasias não poderia deixar passar rs. Mostra muito a realidade a historia pois poder e ganancia estão em toda parte, pena que parece que não se aprofundou nesse mundo fantástico.

    ResponderExcluir
  2. Oi Camila, tudo bem?
    Eu adoro os gifs que vocês usam na resenha, deixa ainda mais interessante *-*
    Amei a resenha, esse dragão da capa me conquistou rapidinho, amooo háhá <3
    Fantasia é um dos meus gêneros favoritos, e achar tanta coisa incrível em um livro assim, com personagens, e ambientação bons é ainda melhor.
    Estou louca para ler, uma apaixonada por Harry Potter não pode deixar nada assim passa né? Com magia, magos, dragões...
    Ansiosaaa :D
    Beijos!
    Lost Words

    ResponderExcluir
  3. Oi Camila, tudo bem? Eu vi esse livro algum tempo atrás. Eu gosto muito desse gênero literário, e embora tenha desenvolvido o gosto por ele somente esse ano, sinto como se fosse fã minha vida inteira. Nem preciso dizer que preciso conferir essa obra né.
    Beijos
    Quanto Mais Livros Melhor

    ResponderExcluir
  4. Eu fiquei louca quando vi que a editora arqueiro finalmente tinha lançado esse livro aqui, quero ler ele a tanto tempo. Infelizmente eu tenho andado com uma lista enorme, pouco tempo e pouco dinheiro, mas quem sabe eu não ganhe aqui kkkk.
    Conheço a hi desde a adaptação do studio ghibli, apesar de ficar um pouco triste de saber que a autora não gostou (se tivesse dado a permissão antes pro hayao Miyazaki isso não teria acontecido), mas o fato de ela não ter amado uma obra deles só me deixou mais curiosa com o livro, e deve ser realmente bom, o filme já é maravilhoso.
    Espero ansiosa pra ler esse.

    ResponderExcluir
  5. Depois de ler essa resenha me fiz a seguinte pergunta: Porque nunca li praticamente nada de Fantasia? E, sinceramente, não sei a resposta, desde de pequena sempre amei dragões, poderes, magia e essas coisas. Achei a capa muito bonita (afinal tem um dragão né?) e também vi comentários super positivos a respeito da autora, então acredito que o livro seja muito bom mesmo. Amei a resenha!

    ResponderExcluir
  6. eu estou dividida com relação a esse livro
    li tantos elogios que fiquei super curiosa para ler
    a ursula lá fora é super badalada e por causa disso estava com a expectativa lá em cima.
    mas, por outro lado, pessoas que eu conheço leram e ficaram decepcionadas, mas eles mesmo disseram q talvez o problema fosse justamente as expectativas
    tenho que concordar que a capa é linda!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. mas acho que só lendo para eu tirar minha conclusão né?

      Excluir
  7. Oi, Camila!!
    Já li varias resenhas sobre esse livro e estou mega curiosa para ler esse livro maravilhoso!! A capa é linda! Adorei a resenha.
    Beijoss

    ResponderExcluir
  8. Só li resenhas boas sobre o livro!
    e sim essa arte da capa é muito bonita!
    É um livro unico? é dificil achar livros de fantasia de volume unico né?
    acho que com esse mes varios livros vão ser adicionados a minha wish list heueheu

    simplyonestory.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  9. Camila, a Carol tinha me indicado muito esse livro e quando a Arqueiro lançou, peguei um para chamar de meu!
    Gostei muito, principalmente por saber que ele é meio que um "pai" para os feiticeiros literários que apareceram depois, que é dos anos 60, que ela ousou em fazer um personagem negro quando todos eram brancos e que ele é mais um anti-herói do que herói mesmo.
    Por vezes achei a leitura mais lenta do que estou acostumada, mas isso não tirou a graça do livro para mim.
    Eu gostei demais!
    E adoro o mês da fantasia por aqui <3

    Beijoooos

    www.casosacasoselivros.com

    ResponderExcluir
  10. Oi, Camila! Tudo bem?

    Esse livro deve ser tão cute-cute! :)
    Amei sua resenha bem detalhada e precisa.

    Espero poder ler o quanto antes!

    Beijos,
    Danny
    Irmãos Livreiros

    ResponderExcluir
  11. Primeiro que essa capa é MUITO LINDA, depois que eu descobri que esse livro é super importante para a literatura fantástica e em seguida vem a tua resenha maravilhosa, ou seja, já amo esse livro de coração. Amo demais fantasia, à propósito estou na metade de um livro que tem a mesma proposta desse também, de pessoa que tem um destino fenomenal e o que aconteceu antes de controlar seus poderes.
    p.s.: O nome dele antes de tudo me lembrou a Dunny de Girls in the House kkkkkk

    ResponderExcluir
  12. Já tinha visto esse livro nos anúncios da Arqueiro, o nome Terramar me parecia famílias mas não conhecia a autora, e me surpreendi quando você disse que o livro já havia sido publicado em 1968!!! Sugoi! Agora aumentou a vontade de ler. O retorno ao passado me lembrou o livro de Eduardo Kasse, O Andarilho das Sombras, no qual também temos esse tipo de regressão no tempo. É um efeito interessante e que prende o leitor ao personagem, porque cria uma relação de familiaridade com ele. Anotado na lista de leituras!
    Resenha concisa e objetiva, mas disse tudo que precisava. Queria que as minhas fossem assim. Parabéns, Camila-san.

    ResponderExcluir
  13. A história me lembrou um pouco Harry Potter, rsrs. Mas só lendo pra saber mais...
    Eu gosto muito dessas histórias de jovens que descobrem seus superpoderes e a partir dai que se desenvolve toda a história. Estou curiosa para saber como que ele vai fazer para consertar o que fez liberando feitiço. Parece mesmo um bom livro !

    ResponderExcluir
  14. Nossa, lembrei um pouco de Harry Potter rsrs Que massa! Vi esse livro quando a arqueiro lançou, mas tinha ficado só na capa mesmo, não tinha lido nenhuma resenha sobre ele... Entrou para minha lista!

    ResponderExcluir
  15. Adorei a resenha quero ter este livro a capa esta linda e muito criativa sou muito fã de livros estilo fantasia

    ResponderExcluir
  16. Não conhecia esse livro, mas sou muito fã do gênero. Me interessei muito lendo essa resenha, entrou para minha lista. Lembrei um pouco da capa de uma edição do Sennhor dos Anéis rsrs

    ResponderExcluir

Obrigada por fazer quatro blogueiras felizes, seu comentário e sua opinião são muito importante pra nós! Todas as visitas e comentários serão retribuídos.

(Comentários contendo ofensas e palavras de baixo calão não serão aceitos).

Seguidores

No Instagram @bloglohs

Vem pro Facebook