#II Mês da Fantasia: Os Sem-rosto - Sr. Ardiloso Cortês #03

Autor: Derek Landy
Título original: Skulduggery Pleasent: The Faceless Ones
Tradução: Edmo Suassuna
Editora: Galera Record
Páginas: 350
Onde encontrar: AmazonBr | Americanas | Cultura | Saraiva | Submarino

Sinopse: O esqueleto bem vestido e Valquiria, sua parceira, devem enfrentar o mal mais uma vez e impedir o retorno dos Sem-Rosto. Desta vez, um antigo grupo de feiticeiros está por trás deste plano. E somente a dupla tem o que é necessário para impedir o grupo — pena que tanto Ardiloso quanto Valquíria são considerados foragidos da justiça...

Eu não sei se vocês estavam esperando muito por esse livro, mas eu sou tão entusiasta dessa série que o meu amor por ela cobre as expectativas de qualquer um!

Como já estão cansados de saber, estamos no #II Mês da Fantasia do LOHS, então o tema do mês é esse all the way. No entanto, para dar uma amenizada no clima, eu pensei em trazer o senso de humor infalível — e um pouco negro, devo admitir — de Derek Landy e sua fantasia mais bem sucedida, o meu queridinho Urban Fantasy Sr. Ardiloso Cortês.

A trama, dessa vez, começa a complicar a vida de Valquíria e de Ardiloso. Tendo derrotado Barão Vingança e escapado dos perigos de "Brincando com Fogo", eles agora se deparam com o assassinato de quatro teleportadores. Tentando descobrir quem seria o autor do crime, chegam cada vez mais perto de seu pior pesadelo: a reunião de um antigo grupo de adoradores dos Sem-rosto, a Diablerie, e sua recente descoberta de como trazer os terríveis deuses de volta através de um portal. 

Valquíria, Ardiloso, Tanith e Porcelana vão precisar trabalhar juntos, mais uma vez, para impedir que o mundo como conhecem acabe para sempre. Claro que nem tudo dá certo, mas essa é parte da graça da série.
— Não toque na jaula — avisou Ardiloso.
— E como vamos abri-la?
— Muito, muito cuidadosamente, imagino. Não sou tão fluente na leitura desses símbolos quanto Porcelana, mas sei o suficiente para reconhecer um campo fatal quando vejo um. Isso mataria qualquer pessoa que colocasse mesmo uma só mão dentro da jaula.
— E a gente pode desligar esse troço?
— Se soubéssemos qual símbolo tocar, sim. Infelizmente, se tocarmos o símbolo errado, o campo vai inchar e matar todos que estiverem dentro da sala.
P. 124

Esse volume representa uma boa evolução da história. Valquíria está mais crescida e, se é que isso é possível, mais atrevida; Ardiloso é bem-humorado como sempre, mas é possível notar nuances de medo e um pouco da responsabilidade que é ter uma parceira de 14 anos; Porcelana é, finalmente, uma personagem desvendada, que, apesar de sua aparência perfeita e de estar do lado dos mocinhos, é cheia de defeitos e tem um passado bem obscuro.

Em contraponto, esse livro apresenta meu personagem favorito: Lamento Conspícuo, um médico que vive "consertando" os arranhões e hematomas de Valquíria depois que volta de uma briga. Ele é extremamente ranzinza, mas é tão sarcástico quanto qualquer outro personagem de Landy:
— Obrigada, Conspícuo. De verdade.
— Você provavelmente vai voltar para me ver antes do fim do dia — falou o professor enquanto ia até a porta. — Você certamente vai querer que eu costure a sua cabeça de volta no lugar ou coisa assim.
— E você vai conseguir fazer isso, né?
— Naturalmente.
P. 74
Gosto da maneira como a história vai sendo construída em cima de tramas antigas. A única "novidade" é a própria Valquíria e sua inclusão no mundo da magia. De resto, todos os vilões, aliados, perigos e caminhos são velhos conhecidos de Ardiloso. Ao mesmo tempo que ele sabe o que pode encontrar pela frente, o leitor se vê no lugar da menina, ouvindo histórias sobre esse mundo que ainda tem de desbravar.

Também existe o elemento "humano" de Derek Landy: os pais de Stephanie continuam vivendo suas vidas e ela continua mantendo as aparências. Cada aparição dos pais da garota é divertidíssima e quebra um pouco o clima tenso que cresce ao longo da narrativa, já que, de fato, eles estão prestes a enfrentar os Sem-rosto.
— Mãe! Quantos anos você tinha quando teve o seu primeiro namorado?
— Meu primeiro namorado sério?
— É.
— Treze — ela ouviu a mãe responder. — Des, ache o passaporte.
— O que você quer dizer com "sério"? — perguntou Des, mas ela não respondeu. Ele se virou para Valquíria. — As coisas eram diferentes quando eu e sua mãe éramos crianças, Eram tempos mais inocentes. Tínhamos que esperar um ano e meio só para poder dar as mãos. Era a lei e nós aceitávamos felizes.
— Acho que você inventou essa última parte, pai.
— Garotos sãos horríveis — ele continuou. — Sei disso porque já fui um.
P. 228-229
Adoro cada piada que o autor coloca, bem como cada um dos traços de sua própria personalidade. Assim como os outros, Ardiloso Cortês - Os Sem-rosto é um ótimo livro YA de fantasia para aqueles que procuram uma boa história, bem contada, leve, divertida e até intrincada — mesmo que isso só fique claro mais para a frente.

Altamente recomendado, mesmo que eu seja suspeita (é sério, é bom mesmo, gente, leiam).







15 comentários :

  1. Oi, Bel!!
    Adorei conhecer esse autor Derek Landy!! Ainda não li nada dele mais adorei a premissa do livro!! Até procurei na internet para saber mais sobre esse livro!! Gostei muita da indicação!!
    Beijoss

    ResponderExcluir
  2. Bel, acho suas resenhas da série super interessante e quero ler esses livros.
    Mesmo que ache com uma pitada infanto juvenil, eu não me importo, porque gosto muito do gênero, haha.
    Só acho as capas meio... blé, hahahaha.
    Quero conhecer as piadas e o humor negro do Sr. Cortes!

    Beijooooos

    www.casosacasoselivros.com

    ResponderExcluir
  3. Nunca tinha visto nada a respeito desse livro, é um novidade para mim, e uma novidade muito boa! Achei bastante interessante por esse mundo. E gosto de ler livros do gênero infanto juvenil de vez quando, porque são leituras mas leves e divertidas, sem contar o humor presente no livro, que é uma qualidade ótima que acrescenta muito a obra.

    ResponderExcluir
  4. Esse livro chama muito a minha atenção, pelo nome e pela capa também, e eu vejo ele em todos os lugares, parece estar fazendo muito sucesso.
    Sua resenha foi incrível, falou muito bem inclusive dos personagens, eu estou apaixonada pela Valquíria só pelas coisas que você falou dela. Os quotes também foram ótimos, mal posso esperar para ler o livro também!
    Beijos!!

    ResponderExcluir
  5. Nunca tinha visto nada sobre a série, agora me deixou curiosa, já fui procurar na internet por outras resenhas e fanats. Adorei a premissa, esse é o terceiro livro, não? O único problema é que a série parece ser enorme, e não sei se tenho coragem pra isso kkkk.
    Adorei a resenha.

    ResponderExcluir
  6. Oi, Izabel! Tudo bem?

    Esse pelo jeito deve ser aquele livro que ninguém espera algo bacana e então te surpreende à beça, não é?
    Curti a resenha!
    Beijos,
    Danny
    Irmãos Livreiros

    ResponderExcluir
  7. eu não conhecia esse autor (nem a série)
    mas simplesmente amei!!
    eu fiquei: como assim nunca tinha escutado falar dele???
    já procurar mais informações sobre a série!
    entrou na minha lista ;)

    ResponderExcluir
  8. A história parece ser legal, os nomes de alguns personagens são bem inusitados, gostei que tem partes divertidas e assassinato que tem aquele clima de misterio para desvendar o assassino.

    ResponderExcluir
  9. Já ouvi falar na série mas até agora não tive muita vontade de ler ela. Parece uma história bem divertida mesmo e bem criativa. Gosto desse enredo que envolve humor e ao mesmo tempo a descoberta de mistérios.

    ResponderExcluir
  10. Já havia ouvido falar algo dessa série na internet, mas fico mesmo curioso para saber a origem do personagem principal, de onde viria alguém tão surreal. Mas o seu personagem favorito, o tal Lamento Conspícuo (e que nome mais esquisito esse, parece até coisa de Desventuras em Série), também gostei dele. Gosto de personagens sarcásticos.

    ResponderExcluir
  11. Oi Bel, tudo bem?
    Eu não conhecia essa série, mas parece ser bem leve mesmo.
    Eu gosto de um humor mais negro, e personagens sarcásticos (como o Dr. House kk).
    Mas enfim, parabéns pela resenha, essa capa está linda, e quem sabe eu não comece a ler essa série em 2017 *-*
    Beeeijos!
    Lost Words

    ResponderExcluir
  12. Pela capa julgaria o livro como um livro infantil rsrs Não sei se leria essa série, não me interessei muito... Mas a resenha está muito bem escrita! Amo o blog! Beijos

    ResponderExcluir
  13. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  14. A capa e o titulo estão muito bons quero ler

    ResponderExcluir
  15. Nossa, que diferente! Não sei se eu compraria, mas gostei da ideia central do livro...

    ResponderExcluir

Obrigada por fazer quatro blogueiras felizes, seu comentário e sua opinião são muito importante pra nós! Todas as visitas e comentários serão retribuídos.

(Comentários contendo ofensas e palavras de baixo calão não serão aceitos).

Seguidores

No Instagram @bloglohs

Vem pro Facebook