Metamorfose? - O Protetorado da Sombrinha #02

Autora: Gail Carriger
Título original: Changeless
Tradução: Flávia Carneiro Anderson
Série: O Protetorado da Sombrinha
Editora: Valentina
Páginas: 320
Onde encontrar: AmazonBr | Americanas | Cultura | Saraiva | Submarino | Travessa


Sinopse: Nesta deliciosa e maldita sequência da série iniciada com Alma?, Alexia Tarabotti se encontra envolvida, só pra variar, em um mistério sobrenatural.
Alexia Maccon, a esposa do Conde de Woolsey, é arrancada do sono cedo demais, no meio da tarde, porque o marido, que deveria estar dormindo como qualquer lobisomem normal, está aos berros. Dali a pouco, ele desaparece – deixando a cargo dela um regimento de soldados sobrenaturais acampados no jardim, vários fantasmas exorcizados e uma Rainha Vitória indignada.
Mas Lady Maccon conta com sua fiel sombrinha, seus artigos da última moda e seu arsenal de respostas mordazes. Mesmo quando suas investigações a levam à Escócia, o cafundó do Judas onde abundam abomináveis coletes, ela está preparada e acaba provocando uma verdadeira reviravolta na dinâmica da alcateia, como só uma preternatural é capaz de fazer.
Talvez até encontre tempo para procurar seu imprevisível marido. Mas apenas se... lhe der vontade. 

O Protetorado da Sombrinha é uma das minhas séries favoritas. Sou muito grata à editora Valentina por ter publicado esses livros no Brasil e desejo de coração que ela ainda traga as outras séries da autora, Gail Carriger.

Gail Carriger, a autora
A série, O Protetorado da Sombrinha, é formada por cinco livros: Alma? (Resenha), Metamorfose?, Inocência?, Coração? e Timeless (único volume ainda não publicado no Brasil). 

Como comentei na resenha de Alma?, os livros fazem parte do gênero Steampunk, um subgênero da ficção científica que trata de obras ambientadas no passado, mas com uma tecnologia muito além da época. 

Assim começamos Metamorfose?, que é a sequência direta do primeiro livro. Encontramo-nos novamente com a querida Alexia, só que agora como Lady Maccon, preternatural, fêmea alfa da alcateia de Woolsey e mujah da rainha Victoria.

-Eles estão o quê?
Lorde Conall Maccon, conde de Woolsey, gritava. E muito. O que era de esperar, já que tanto pela incrível capacidade pulmonar quanto pelo tórax proeminente tinha um vozeirão.
Alexia Maccon, esposa do conde de Woolsey, muhjah da rainha e extraordinária arma secreta preternatural da Grã-Bretanha, arregalou os olhos ao ser arrancada do sono agradável e profundo.
-Não fui eu - disse ela na mesma hora, sem nem imaginar a que o marido se referia. Claro que, na maioria das vezes era ela, mas não valia a pena reconhecer de uma vez a culpa, independentemente do que o tivesse irritado tanto.
p. 9

O segundo livro tem início, para variar, com um desastre sobrenatural em Londres. Alexia é acordada antes mesmo do sol se pôr pelos gritos de seu marido, lorde Conall Maccon, lobisomem alpha da alcateia de Woolsey e chefe do DAS (Divisão de Assuntos Sobrenaturais). Mas antes que consiga descobrir o que fez seu marido levantar tão cedo da cama, ele parte em missão sem ao menos comunicá-la!

-Tenho uma mensagem pessoal para lhe dar, milady.
-Do meu marido impossível? - Tratava-se de uma suposição plausível, pois Lorde Maccon era o único que poderia utilizar os serviços de um fantasma em vez de outros meios de comunicação mais práticos, como, para variar um pouco, acordar a esposa e conversar com ela antes de partir.
p. 69

Ao levantar, Alexia tem uma surpresa desagradável ao encontrar um batalhão de soldados acampados na frente do Castelo Woolsey, e também ao conhecer o Gama da alcateia, Major Channing Channing, que acabou de voltar de uma incursão à Índia em nome da rainha. 

Madame Lefoux
Além disso, Alexia tem um problema muito maior para resolver. Vários fantasmas foram exorcizados ao mesmo tempo, vampiros e lobisomens perderam seus poderes imortais por horas em algumas regiões de Londres. O mistério assusta a comunidade sobrenatural e cabe à Alexia, como mujah da rainha, descobrir o que aconteceu.

Apenas para agravar a situação, seu marido desapareceu e todas as provas apontam para o mesmo grupo de lobisomens escoceses que voltaram à Inglaterra recentemente. Lady Maccon então se vê obrigada a partir para a Escócia - o cafundó de Judas, onde os homens usam saias!
Como Alexia não tem sorte, sua viagem secreta de dirigível logo se torna um grande evento e ela ganha a companhia da meia-irmã srta. Felicity Loontwill, da melhor amiga srta. Ivy Hisselpenny, da criada Angelique (que foi um “presente” dos vampiros da colmeia da Condessa Nadasdy), do zelador de Woolsey Tunstell e da excêntrica inventora francesa madame Genevieve Lefoux, que acabou de abrir uma loja de belíssimos chapéus em Londres.

Lady Maccon franziu o cenho. Viajar logo depois de inaugurar uma loja nova e ainda deixar de lado tanto o filho quanto a tia fantasmagórica não fazia sentido. Sem sombra de dúvida, a inventora devia ser uma espécie de espiã. A preternatural teria que ser cautelosa com a francesa, o que era uma pena, pois gostava muito da companhia dela. Eram raras as ocasiões em que encontrava uma mulher mais independente e excêntrica que ela.
p. 129

Lady Maccon parte então em uma viagem deveras desagradável de dirigível - aparentemente, o estômago dela não se adaptou bem e a comida era horrível - até a Escócia. Ela logo reencontra seu marido, Lorde Maccon, e juntos devem investigar a antiga alcateia do conde para descobrir o que está gerando a epidemia que torna os imortais mortais novamente e exorciza fantasmas instantaneamente. 

Em meio à esse mistério, Lady Maccon ainda terá que lidar com o romance descabido entre a melhor amiga, Ivy, e o zelador Tunstell. Sem contar as provocações infinitas de sua meia-irmã Felicity, a intromissão incessante da inventora francesa Lefoux e atentados contra sua vida. Tudo isso sem largar sua nova sombrinha cheia de funções para afugentar qualquer tipo de sobrenatural.

Lady Alexia Maccon em Londres

Alexia continua com a mente e a língua afiadíssimas, independente e esnobe como apenas uma dama inglesa poderia ser. Ou seja, completamente cativante. Ela é, sem sombra de dúvidas, uma das personagens mais originais que já tive o prazer de conhecer. 

O mistério do segundo livro é combinado com tramas secundárias que torna as revelações ainda melhores. Os personagens secundários também se mostram extremamente relevantes para o desenvolvimento e resolução de toda a narração deste e dos próximos volumes da história - aguardem novas resenhas em breve!

Lady Maccon se perguntou se tinha agido daquele jeito tão abobalhado diante de Lorde Maccon. Então, lembrou-se de que geralmente demonstrava sua paixão por meio de ameaças e farpas verbais. Felicitou-se intimamente por evitar o sentimentalismo.
p. 94

Lady Alexia e Lorde Conall Maccon
Outro ponto muito legal da narrativa é o amadurecimento do relacionamento entre Alexia e Conall, que estão agora casados. Eles ainda estão se acostumando um com o outro, se amam e demonstram de formas diferentes e muito engraçadas - para os leitores, obviamente.

Lady Maccon, ainda mais ousada, tocou o queixo do marido com a mão enluvada, transformando-o em mortal e virando seu rosto para ela.
-Precisa fazer isso, independentemente das normas da sua alcateia e do seu orgulho de lobisomem. Aceite o meu conselho nesta questão: lembre-se de que se casou comigo por causa do meu bom-senso.
Ele resmungou, mas não afastou o rosto.
-Eu me casei com você por causa do seu corpo e para calar essa sua boca. Veja onde é que fui me meter.
p. 308

Aviso, porém, que o fim de Metamorfose? é do tipo que deixará todos os leitores aflitos para começar o terceiro volume da série, Inocência?. Então já fiquem preparados! 

Para finalizar, devo dizer apenas que se você ainda não começou essa série, não faz ideia do que está perdendo. ;)





14 comentários :

  1. Faz um tempo que vi falar desse livro e já tinha ficado com vontade de começar a série. Eu adoro livros que tem um bom desenvolvimento dos personagens secundários e eles fazem parte realmente da história. Seres sobrenaturais, vampiros, lobisomens... deve ser incrível toda essa história!

    ResponderExcluir
  2. Oi, Carolina!!
    Adorei conhecer um pouco mais dessa série O Protetorado da Sombrinha. Não li nenhum livro da série mais achei premissa bem interessante assim como os diálogos são bem instigantes!! Amei a indicação!!
    Beijoss

    ResponderExcluir
  3. Carol, já havia visto a capa desse livro em algum lugar mas não me interessei logo pela capa. Lendo sua resenha vejo que a história vai muito além da sinopse, o fato de ser uma história que se passa no passado mas com invenções além de seu tempo me interessou bastante. Dá vontade de ler o livro só para descobrir um pouco mais sobre a Alexia e os mistérios desse livro.

    ResponderExcluir
  4. Carolina!
    como boa amante da ficção/fantasia e do estilo steampunk, tenho a maior vontade de ler não apenas esse livro, mas a série toda.
    Fiquei ainda mais interessada por saber que ter seres fantásticos de todos os tipos e não apenas lobos.
    Sem contar que as capas são fabulosas, né?
    Parabéns para Valentina ter editado os livros no BRasil.
    “Eu não procuro saber as respostas, procuro compreender as perguntas.” (Confúcio)
    cheirinhos
    Rudy
    http://rudynalva-alegriadevivereamaroquebom.blogspot.com.br/
    TOP Comentarista de JANEIRO dos nacionais, livros + BRINDES e 3 ganhadores, participem!

    ResponderExcluir
  5. Oi Carolina, tô super interessada nessa série e achei as ilustrações deles incríveis. Gostei muito de saber a definição de Steampunk, já tinha visto o termo, mas não tinha procurado saber o significado. Alexia parece ser uma personagem incrível e quero sim ler os livros, contudo só vou começar quando puder adquirir todos, esse lance de ficar no suspense é demais pra mim rs ;)

    ResponderExcluir
  6. Carooooooooooooool
    Ai, peguei um spoiler sem querer!
    Hahahaha
    Do casamento deles <3 Hahahaha
    Eu sei, você me avisou que ia ter spoilers, aí o que eu fiz: Li o começo da resenha, falando sobre a série mesmo e o fim, que achei que seriam suas considerações, não a sinopse, mas tomei um spoiler na cara, hahaha.
    Assim como você, agradeço a Valentina por publicar esses livros.
    Estou na metade do primeiro (indicação sua <3) e estou amando.

    Beijooos

    www.casosacasoselivros.com
    www.livrosdateca.com

    ResponderExcluir
  7. Olá Carolina, tudo bem?

    Eu sempre leio resenhas positivas dessa série e é bom saber de você que realmente procede essas afirmações positivas, gosto muito do gênero e espero ter a oportunidade de ler também essa série....ótima resenha...bjs.


    http://devoradordeletras.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  8. Ual Carolina!
    Gostei mto da resenha, eu já tinha mta vontade de ler, agora então, mais ainda, parabéns!
    Leio mtos pontos positivos sobre a obra, espero conseguir ler em breve!
    Bjs!

    ResponderExcluir
  9. Nunca li um livro desse gênero, achei um pouco confuso, mas creio que sejam daqueles livros que temos de ler desde o primeiro, para entender a trama e como funciona o mundo deles. Já gostei da mocinha, forte e inteligente.

    ResponderExcluir
  10. Não é comum eu ler livros do gênero, o gênero é muito interessante. Todo esse ambiente mais avançado que passa em épocas mais passadas são encantadoras. Bem curioso mesmo o fato de ocorrerem epidemias e ainda a rainha ter que resolver tudo. Fiquei curiosa para desvendar todo o mistério e os culpados.

    ResponderExcluir
  11. Cada vez que leio sobre essa série minha vontade de ler aumenta mais rs. Preciso comprá-la urgente mas os preços são salgadinhos. Adoro historias sobrenaturais com esses seres, esse volume parece ser cheio de acontecimentos e pelo que percebi deve ser divertido também que turma que a personagem tem, fiquei curiosa com esse final.

    ResponderExcluir
  12. Adorei a série, o tema Steampunk é um dos meus favoritos, mas não conheço muitos livros, eu geralmente vou pras HQs e mangás, adorei conhecer essas série, obrigada pela indicação.
    Acho que uma das melhores partes, pelo menos pela sua resenha, é o protagonismo feminino, a maior parte das personagens parecem serem mulheres muito bem desenvolvidas e cheias de histórias, adorei.

    ResponderExcluir
  13. Adoro livros que arrancam risos quando estou lendo, super me interessei por esse livro, e as capas da coleção são lindas, adorei sua resenha, e fiquei super curiosa para saber o que vai acontecer na história.
    Adicionei o livro em minha lista de leitura e pretendo ler em breve.

    ResponderExcluir
  14. Oi!
    Por muito tempo fiquei interessada nessa serie e agora nas ferias peguei ela para ler e adorei, O Protetorado da Sombrinha me conquistou, acho que por já conhecer os romances de época, mesmo esse livro não se encaixando nesse gênero as ironias ficaram mais evidentes e deixou o livro com um toque especial, gosto muito da Alexia e os personagens dessa serie são marcantes !!

    ResponderExcluir

Obrigada por fazer quatro blogueiras felizes, seu comentário e sua opinião são muito importante pra nós! Todas as visitas e comentários serão retribuídos.

(Comentários contendo ofensas e palavras de baixo calão não serão aceitos).

Seguidores

No Instagram @bloglohs

Vem pro Facebook