Cretino Irresistível - Cretino #1



Autora: Christina Lauren 
Título original: Beautiful Bastard
Tradução: Felipe Vieira
Série: Cretino
Editora: Universo dos Livros
Páginas: 272
Onde encontrar: AmazonBr | Submarino | Saraiva

Sinopse: Esperta, dedicada, prestes a cursar um MBA, Chloe Mills tem um único problema: seu chefe, Bennet Ryan. Ele é exigente, insensível, sem consideração – e completamente irresistível. Um belo cretino. Bennet acaba de retornar da França para assumir um cargo importante na empresa de comunicações de sua família. Mas o que ele não poderia imaginar era que a pessoa que o ajudava enquanto ele estava no exterior era essa criatura linda, provocadora e totalmente irritante que agora ele tem de ver todos os dias. Ele nunca foi do tipo que se envolve em relacionamentos no ambiente de trabalho, mas Chloe é tão tentadora que ele está disposto a flexibilizar essa regra – ou quebrá-la de uma vez – para tê-la. Por todo o escritório! O desejo que um sente pelo outro cresce tanto que Bennet e Chloe terão de decidir o que estão dispostos a perder para ganhar um ao outro.

Oi, meu nome é Izabela e eu gosto de romances eróticos. Desculpa, mundo. Que culpa tenho eu? Não me julguem. Vocês não deveriam julgar ninguém por conta do seu gosto literário, tá bom? Tá bom. Durante as férias, quando até a minha leitora interior estava cansada e destruída por conta da rotina pesada, eu não consegui ler. Portanto, recorri à minha cura de ressecas literária: romances eróticos. Como já li tudo da Bella Andre (devo até ter perdido alguma publicação por conta dos relançamentos com as novas e lindas capas pretas), o primeiro nome que surgiu em minha mente foi Christina Lauren e sua famosa série Cretino Irresistível.

Vocês já conhecem as autoras por conta das resenhas da Carol da série Selvagem Irresistível, Sedutor e Indecente. Agora, apresentarei a vocês a série Cretino Irresistível que começou como uma fanfic de Crepúsculo extremamente famosa, intitulada The Office. Por conta do sucesso, depois da abertura do mercado para o gênero erótico, trabalhar juntas e lançar uma bomba no mercado foi fácil. Na terceira semana de vendas, o romance já estava na lista dos mais vendidos da Amazon.




Como vocês podem ver pelo infográfico acima, a série é composta por livros oficiais e intermediários. Eu colocarei esta imagem em todas as resenhas para que vocês não se percam e entendam o que está acontecendo ao longo das histórias (e das minhas leituras), ok? Bom, falemos a respeito de Cretino Irresistível, então.

O primeiro volume narra a história quente e chocante de Chloe Mills e Bennet Ryan. Ela é estagiária na firma Ryan Media Group, está concluindo seu MBA em Marketing e tem em mãos um projeto milionário, o qual pretende apresentar como trabalho de conclusão de curso. Ela é uma funcionária leal e está determinada a mostrar toda a sua competência no ramo que escolheu para criar sua carreira. O Sr. Bennet é um executivo de sucesso, orgulhoso e capaz. Elevou a empresa que o pai, Henry, criou ao patamar de reconhecimento internacional na qual a RMG está hoje e, bom, é um chefe terrível para Chloe ou qualquer outro ser humano.
"Eu me tornei indispensável. E definitivamente me tornei o braço direito. Acontece que, neste caso, o braço direito frequentemente queria estrangular o pescoço daquele maldito.
Meu chefe, o sr. Bennet Ryan. Um cretino irresistível.
Meu estômago se embrulha só de pensar nele: alto, bonitão é completamente cruel. Ele era o babaca mais egocêntrico e convencido que eu já tinha conhecido." Chloe, pos. 34
Eu achei o começo do livro é bem revoltante, tenho que confessar. Como punição por um atraso nada habitual da srta. Mills, o cretino exige dela dezenas de tarefas: que entregue relatórios, que busque documentos, que fique até mais tarde para apresentar um material que supostamente só tem de estar pronto em quatro meses, quando ela concluirá seu MBA. Determinada a calar a boca do cretino, Chloe trabalha arduamente para concluir todas as atribuições absurdas do dia. A última delas é a apresentação. Ela está pronta, ela viveu e respirou essa conta por anos e não seria um chefe idiota que a faria tropeçar.

Eles estão sozinhos na sala de reuniões quando tudo acontece. (O que acontece, Iza? Gente, é um romance erótico, o que vocês acham que acontece? Mas logo no primeiro capítulo? Sim. Logo de cara!)

O Sr. Ryan passa a mão na perna dela. Nós, leitoras, (eu pelo menos) ficamos assim: "mas o que tá acontecendo? Para com isso. Deixa a mulher apresentar a campanha!" Aí, ele continua. E ela não sabe o que fazer. Afinal, por mais que ele seja um babaca, ele é um babaca gostoso. E o corpo da Srta. Mills tinha necessidades. Foi uma cena pesada. Eu fiquei chocada com algumas falas, porém a proposta, acredito, era essa.

Depois desse encontro quente na sala de reuniões, eles voltam a se odiar. Entenda: o relacionamento profissional sempre foi pautado pelas grosserias do Sr. Ryan e pela força de vontade da Srta. Mills. No entanto, agora com essa atração física avassaladora, eles terão que descobrir uma forma de continuarem a sintonia profissional. O que será um pouco difícil, afinal, a cada capítulo, eles transam em algum lugar diferente.

“Por alguma razão, nossas discussões eram como um tipo doentio de preliminar.” Sr. Ryan, pos. 1190

Com o desenrolar dos encontros quentes, bem quentes e bem primitivos, vemos algo crescer entre os dois: um sentimento conflitante; eles não gostam um do outro, porém seus corpos parecem acreditar no contrário. E é verdade, a química dos dois é incrível.

“- Você me faz sentir convencido. É o jeito como você reage que me faz sentir um maldito deus. Como você pode não enxergar isso?” Sr. Ryan, pos. 2338

E, por ser de um romance, não tem como todo esse sexo não chegar ao coração desses dois teimosos. No entanto, uma relação assim não é fácil: ele é o chefe, ninguém iria julgá-lo por transar com a funcionária; ela é a estagiária e seria condenada, levando a fama de fazer sexo para subir na vida profissional.
“- Eu não quero querer isso. Isso não é bom pra mim.” Chloe, pos. 1068

Com esse impasse, Chloe terá que decidir o que quer: a independência e o reconhecimento pelo seu incrível talento na área de Marketing ou as coisas novas que seu coração está pedindo. Para ajudá-la, Chloe contará com suas amigas Sara Dillon, que trabalha com o irmão de Bennet, Elliot Ryan (qualquer semelhança, é mera... não espera!) e que será a protagonista do segundo volume da série, Estranho Irresistível. E com Julia, antiga colega de faculdade.

Esse é um livro polêmico. Afinal, personifica a grande questão da romantização de relações abusivas. Porém, para ler esse tipo de livro, precisamos entender e aceitar a realidade interna da história. O Sr. Ryan é um homem possessivo, autoritário, arrogante e eficiente. Mas a Srta. Mills não é fraca, ela não é forçada a nada. Ela responde aos comentários idiotas à altura e não leva desaforo para casa. Ou seja, os dois acabam sendo bastante parecidos em quesitos de atitude.
“Ela sabia que eu era um cretino, mas aguentava firme. Não faço ideia do porquê, mas aguentava. Senti meu respeito por seu profissionalismo crescer durante nossa primeira semana.” Sr. Ryan, pos. 1931
Eu gostei da história, depois que me acostumei com alguns aspectos dela. Fiquei incomodada com o Sr. Ryan, sim. E não entendi porque a Chloe ainda o queria, sendo que Bennet não tinha a melhor das personalidades. Depois que entendi os dois, a história do livro pareceu fluir e eu aproveitei bastante! A próxima resenha será Cretina Irresistível! Fiquem ligadas! 









Sessão das Quotes

“- Não quer mesmo que eu traga alguma coisa? Tipo um assassino de aluguel? Ou um pouco de água benta?” Sara Dillon, pos. 83

“Ali estava um homem habituado a conseguir o que queria, e acontece que naquele momentos, o que ele queria era eu.” Chloe, pos. 163

“Como eu consegui descer aquelas escadas sem me matar é algo que nunca vou entender.” Chloe, pos. 338

“Meu coração afundou no peito. Fantasiar sobre ele era uma viagem sem volta para a terra dos problemas. Eu estava prestes a conseguir meu diploma. Ele era um executivo. Ele não tinha nada a perder, enquanto eu tinha tudo.” Chloe, pos. 418

“Se você visse o jeito como eu estava agindo, realmente iria pensar que fazia meses que eu não transava. Mas não, um dia sem tocá-la já era o suficiente para me transformar em um lunático.” Sr. Ryan, pos. 704

“Meu irmão era muito observador. Às vezes, observador até demais. E, se tinha alguma coisa que eu não queria que ele observasse, era isso.” Bennet, pos. 1159

“De repente pensei que talvez não fosse prudente pedir um café. Um dia desses ela poderia colocar alguma coisa nele. Arsênico, por exemplo.” Sr. Ryan, pos. 1217

“Eu não queria que ele ficasse com mais ninguém, e esse sentimento era tão esmagador que me fazia perder o fôlego. Era aterrorizante, pois, honestamente, eu sabia que ele poderia partir meu coração.
Ele poderia me partir por inteiro.” Chloe, pos. 2068

“Je ne refrete rien”
“Je suis à toi”, Sr. Ryan, pos. 2319

12 comentários :

  1. Estranho eles se darem bem no sexo mas fora isso eles se odeiam e ao mesmo deve ser muito divertido também esse toma lá da cá deles discutindo. O livro esta certo os funcionários sempre pensam assim se qualquer uma sair com o chefe é interesse em subir de cargo, eles não acreditam que pode existir algo mais.

    ResponderExcluir
  2. Oi, Izabela!!
    Ainda não li esse livro mais parece ser um daqueles livrinhos que dá vontade de entrar na estória e matar o protagonista!! Mais no fim tudo vai dar certo!! Vou ler essa estória só para descobrir como tudo vai se resolver entre esse casal.
    Beijoss

    ResponderExcluir
  3. Oi Izabela!
    Já faz um bom tempo que li esse livro e gostei. A autora trabalhou bem na química do casal e isso fez uma baita diferença. Tbm achei a narrativa da autora, bastante viciante. Espero ler o restante da série assim que possível.
    Abraço!

    ResponderExcluir
  4. Oi :)
    To me abrindo mais para ler romances eróticos pois antes tinha muito preconceitos. Ainda não leio qualquer coisa mas esse me pareceu ser interessante. Tenho certeza que vou me revoltar bastante com esse livro e com os personagens mas quero saber o desfecho dessa estória.
    Beijos.

    ResponderExcluir
  5. Olá! Que cretino! kkkk
    Amoo amoo esse gênero! Não posso deixar de ler essa obra que pelo visto parece boa dmais!
    Bjs!

    ResponderExcluir
  6. Oi Izabela,
    Então, esse é o único livro que li da série, já tem um tempinho e infelizmente não achei bom o bastante pra continua-la, o livro é hot mesmo e já começa impactando no primeiro capitulo como você disse, eu não me importo do livro ser hot desde quando tenha uma história que prenda minha atenção o que infelizmente não ocorreu. Contudo, tenho que dizer que acho as capas dessa série lindas. :)

    ResponderExcluir
  7. Gostei bastante desse início de série, maaaas...
    Confesso que os dois primeiros livros não me prenderam como gostaria.
    Não sei explicar direito rs
    Ainda quero ler mais alguns, mas por enquanto tenho outros livros na frente pra comprar.
    Quem sabe num futuro próximo consiga dar aquela chance para as outras histórias.
    Gostei da resenha, parabéns.
    Beijos,
    Caroline Garcia

    ResponderExcluir
  8. Não, eu não te julgo pelo seu gosto literário. Aliás, eu também gosto de romances eróticos, embora a maioria não tem me chamado muito a atenção ultimamente, principalmente por todos os enredos parecerem iguais demais. Li uma outra resenha desse livro e a única impressão que tive até então foi a relação abusiva romantizada, no entanto, você me fez enxergar isso de uma outra maneira. Acho que mesmo com apenas três estrelas, eu daria uma chance.
    Um abraço!

    http://paragrafosetravessoes.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  9. Terminei o 3 livro da série.
    Amo de paixão a série e espero poder comprar o resto,pois gostei bastante.Amei os quotes.Quando li este livro teve horas que eu queria tanto que Bennet fosse real só pra da um soco nele

    ResponderExcluir
  10. Olá.
    Apesar de sua resenha estar ótima, muito bem elaborada, a premissa desse livro ou da série em questão, não me cativou. Então, deixo passar a dica. Mas para os fãs da série, com certeza uma ótima leitura. Beijos.

    ResponderExcluir
  11. Nunca li nada erótico, pois não me interesso pelo gênero. O máximo que cheguei perto foi a série After, que conta com várias cenas de sexo e mesmo assim, é uma série que gosto muito.
    Recentemente, uma série do gênero me interessou bastante: A Garota do Calendário. Então, comprei os dois primeiros livros mas ainda não li.
    A série em questão, infelizmente, não me cativa muito. Achei o enredo um pouco chato e esses livros intermediários meio desnecessários.
    Beijos

    ResponderExcluir

Obrigada por fazer quatro blogueiras felizes, seu comentário e sua opinião são muito importante pra nós! Todas as visitas e comentários serão retribuídos.

(Comentários contendo ofensas e palavras de baixo calão não serão aceitos).

Seguidores

No Instagram @bloglohs

Vem pro Facebook