Irmãos de Sangue - Trilogia A Sina do Sete #01

Autora: Nora Roberts
Título original: Blood Brothers
Tradução: Maria Clara de Biase
Série: Trilogia A Sina do Sete
Editora: Arqueiro
Páginas: 288
Onde encontrar: AmazonBr | Americanas | Cultura | Saraiva | Submarino | Travessa


Sinopse: A misteriosa Pedra Pagã sempre foi um local proibido na floresta Hawkins. Por isso mesmo, é o lugar ideal para três garotos de 10 anos acamparem escondidos e firmarem um pacto de irmandade. O que Caleb, Fox e Gage não imaginavam é que ganhariam poderes sobrenaturais e libertariam uma força demoníaca.
Desde então, a cada sete anos, a partir do sétimo dia do sétimo mês, acontecimentos estranhos ocorrem em Hawkins Hollow. No período de uma semana, famílias são destruídas e amigos se voltam uns contra os outros em meio a um inferno na Terra.
Vinte e um anos depois do pacto, a repórter Quinn Black chega à cidade para pesquisar sobre o estranho fenômeno e, com sua aguçada sensibilidade, logo sente o mal que vive ali. À medida que o tempo passa,
Caleb e ela veem seus destinos se unirem por um desejo incontrolável enquanto percebem a agitação das trevas crescer com o potencial de destruir a cidade.
Em Irmãos de sangue, Nora Roberts mostra uma nova faceta como escritora, dando início a uma trilogia arrebatadora em que o amor é a força necessária para vencer os sombrios obstáculos de um lugar dominado pelo mal.

Confesso desde já que não sou a maior das entusiastas de Nora Roberts, mas Irmãos de Sangue me chamou muito a atenção por misturar tantos estilos que gosto: romance, fantasia, sobrenatural com uma pitada de mistério.

A história tem início em 1987, com três garotos completamente diferentes que nasceram exatamente no mesmo dia (sete de julho) e que são melhores amigos.
Caleb Hawkins é o típico garoto certinho do interior. Ele cresceu em uma família tradicional da pequena cidade e com uma super-mãe amorosa capaz de organizar a casa e a vida de todos. 
Fox O'Dell é o garoto rebelde. Como cresceu em uma família vegetariana e com tradições “alternativas” que não concordava, Fox guardava todo dinheiro que conseguia para comprar “comida de verdade” e coca-cola sem que a mãe soubesse.
E, para fechar o trio de amigos, temos Gage Turner. Gage é órfão de mãe e vive com o pai alcoólatra que tem o costume de bater no filho sempre que está alterado. A única certeza que Gage tem na vida é que vai embora da cidade assim que tiver idade suficiente para isso. 

Só que a vida dos três irá mudar drasticamente. Isso porque, para comemorar o 10º aniversário deles (já que todos celebram no mesmo dia), os garotos decidem fazer um acampamento na assustadora floresta de Hawkins Hollow


Mas, como os pais não concordariam em deixar seus filhos passarem a noite sozinhos, eles mentem. Caleb diz à mãe que estará na casa de Fox. Fox diz que estará na casa de Caleb. E Gage só foge antes que o pai acorde porque com certeza ele não sentirá falta do garoto.

Sozinhos na floresta de Hawkins Hollow, os garotos experimentam álcool pela primeira vez, comem todo o tipo de besteira que puderam comprar e veem - pela primeira vez também - uma revista de mulher pelada. É o ápice da liberdade para meninos de 10 anos. 

E, no meio da noite, eles decidem fazer um pacto de sangue. Isso para se tornarem irmãos de sangue e amigos para sempre. Só que quando o sangue dos três toca o solo próximo à pedra pagã histórica algo inacreditável acontece. Uma maldição e uma libertação. Caleb, Fox e Gage recebem poderes sobrenaturais e, ao mesmo tempo, soltam um demônio na cidade de Hawkins Hollow.  

#medo

Por sete dias, o demônio aterrorizou a cidade. Suicídios, assassinatos, estupros, tudo de ruim que poderia acontecer, aconteceu. E, depois, o demônio desapareceu.
Mas, depois de sete anos, o demônio voltou no sétimo dia do sétimo mês (7 de julho) e por mais uma semana inúmeras tragédias marcaram a cidade. 

Agora, em 2008, voltamos a encontrar os rapazes crescidos e completamente preocupados em derrotar essa força maléfica que causa tanta maldade na cidade a cada sete anos. Atualmente Caleb toma conta do negócio da família (um boliche com área para festas e alguns games para a garotada), Fox se tornou um jovem advogado que também vive na cidade e Gage está sumido em algum lugar do mundo, mas ainda manda mensagens sempre que encontra um sinal.

Só que dessa vez eles não estarão sozinhos nesse desafio. A jovem jornalista Quinn Black chega à cidade para investigar esse fenômeno estranho que acontece a cada sete anos. Quinn acabou se especializando sem querer em escrever sobre eventos sobrenaturais que acontecem em pequenas cidade do Estados Unidos. Isso porque - às vezes - ela tem a capacidade de ver coisas que ninguém mais vê.

"Quantas perdas ele vira? Quinn gostaria de saber. Quantas perdas sofrera desde o seu décimo aniversário? E ainda assim voltava para aquela floresta, para onde tudo começara. Ela achou que nunca tinha visto uma atitude mais corajosa."
Quinn pensando em Caleb, p. 103

Logo após chegar em Hawkins Hollow, Quinn conhece a jovem Layla Darnell. Layla é gerente em uma famosa boutique em Nova York, mas, depois de passar por terríveis e vívidos pesadelos, ela resolveu seguir sua intuição que a mandava ir para a pequena cidade em Maryland.  

Caleb, Quinn, Fox e Layla acabam se unindo por conta desses fenômenos assustadores. Caleb e Quinn percebem que têm habilidades parecidas, ambos conseguem ter visões sobre o passado e falar com espíritos mortos. E, quando ficam próximos, os poderes aumentam ainda mais. Fox e Layla também têm dons parecidos, os dois conseguem perceber o que as pessoas estão pensando ou desejando.

Mas, quando os quatro percebem que o demônio está fazendo aparições na cidade antes mesmo de chegar próximo ao mês de julho, eles correm para pedir à Gage que retorne à cidade e para que Cybil Kinski, excelente pesquisadora e melhor amiga de Quinn, vá ajudá-los também. 


Quando os seis se reúnem, muitas descobertas e conexões são feitas. Além disso, eles também se aventuram até a pedra pagã na perigosa floresta para analisar e tentar descobrir uma forma de acabar com o demônio e com a maldição que aflige Hawkins Hollow.

"-(...)Esta é a hora, Caleb. Sempre foi destinada a ser.
-A hora para quê?
-O fim disso. Sete vezes três. Vida ou morte. Ele segura a coisa, a impede. Sem sua luta interminável, seu sacrifício, sua coragem, tudo isso... - Ela estendeu os braços. - Tudo estaria destruído. Agora é com vocês.
-Apenas me diga o que eu preciso fazer.
-Se eu pudesse! Se eu pudesse poupá-lo! - Ela ergueu uma das mãos e a deixou cair de novo. - Tem de haver luta, sacrifício e muita coragem. Tem que haver fé. Tem que haver amor. É a coragem, a fé e o amor que seguram a coisa por tanto tempo, que a impedem de tirar tudo o que vive e respira deste lugar. Agora é com vocês."
Espírito de Ann e Caleb, p. 144

Como os livros formam uma trilogia, cada título terá enfoque em um dos amigos-irmãos. O primeiro, Irmãos de Sangue, é focado em Caleb e em sua jornada pessoal. É também um livro introdutório, explicando sobre a maldição, os poderes e como foi que os três amigos acabaram onde estão agora. Mas, principalmente, terá a história de Caleb. Sua crença de ser responsável pelo mal que aflige as pessoas que mais ama e sua querida cidade. Vemos como ele nunca se permitiu se envolver com ninguém fora de seu círculo familiar por medo do que a pessoa teria que passar por conta da maldição. E presenciamos como - sem esperar ou desejar - ele e Quinn vão se envolvendo profundamente e pensando que talvez tenha uma chance de futuro para ambos com o fim da maldição. A única questão é: como poderão derrotar um demônio?

É óbvio que o primeiro livro já nos deixa imaginando quais serão os próximos casais românticos, mas também nos deixa sem saber se existe uma forma de derrotar um ser tão poderoso e maléfico. E esse é o ponto que prende muito a atenção na narrativa.
Irmãos de Sangue conta sobre os primeiros meses de 2008 e termina sem nos dizer mais do que precisamos saber, ou melhor, não sabemos nada além do que os protagonistas sabem. Ou seja, a ansiedade para ler os próximos é muito grande! (Hahaha)

Embora o romance seja óbvio, a leitura é muito gostosa porque os personagens são divertidos e reais. Caleb é um romântico e Quinn, embora seja uma mulher moderna e independente, vai perceber que não precisa retirar o romance completamente da sua vida. Os dois são honestos, eles percebem logo de cara uma grande atração que - devido a todos os perigos assustadores que vivem juntos - se torna rapidamente em sentimentos profundos com possibilidade de um relacionamento sério no futuro.


Eu gostei muito da história - talvez porque não esperava muita coisa -, mas encontrei romance, amizade, forças sobrenaturais maléficas e aquela típica esperança de que o bem vai vencer o mal no final. Por isso, recomendo já! ;)




7 comentários :

  1. Oi Carolina, o que sempre percebo e acho interessante é que tem Nora pra todos os gostos, eita mulher versátil, já vi histórias doces, de suspense, de terror, entre outras e isso é muito bom, só ressalta o porque dela ter tantos fãs. Eu gostei da capa desse livro e apesar desse não ser o meu gênero favorito, forças sobrenaturais maléficas não me atraem rsrs, ainda assim achei a premissa interessante e os personagens parecem legais, vou acompanhar as próximos lançamentos e as resenhas pra decidir futuramente se leio, mas gostei muito do que li na resenha ;)

    ResponderExcluir
  2. Olá!!
    Que resenha é essa heim Carolina, adorei!
    Eu ainda não li obras da autora, mas pelo que acompanho sua escrita e enredo não deixam á desejar, eu qro mto conhecer, espero em breve.
    Bjs!

    ResponderExcluir
  3. Olá Carolina, tudo bem??

    Olha confesso que também estava curioso em relação a essa série e gostaria de conhecer a escrita da autora, mas também estava com o pé atrás, agora com a sua resenha acho que vou me aventurar....bjs.


    http://devoradordeletras.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Oi, nunca li nada dela, por preconceito quase não vi resenhas, mas esse me chamou atenção.
    Gosto de sobrenatural, mas não pra dar medo demais, achoje que o romance ajuda. 7 de julho quase no meu aniversário, ainda bem que já passou.

    ResponderExcluir
  5. Olá !
    Adoro a escrita da Nora Roberts ! Até mesmos seus romances clichês me encantam ...

    Esse livro parece ser incrível mesmo !! Já quero !

    Bjo

    ResponderExcluir
  6. Carol, gosto muito dos livros da Nora Robert, mesmo os que são só romance e os que tem romance e sobrenatural.
    Fiquei curiosa com esse, porque não tinha lido nenhuma resenha ainda.
    A Nora Roberts consegue deixa a história leve mesmo quando o caos está rolando, né?
    Quero!

    Beijooos

    www.casosacasoselivros.com
    www.livrosdateca.com

    ResponderExcluir
  7. Até agora só li uma trilogia da autora e adorei, quero muito ler essa adoro sobrenatural e mistério e uma boa fantasia então é pra mim esse livro kk. Fiquei intrigada com a historia e esse demônio, boa pergunta essa de como derrota-lo, pois o bicho é aterrorizante que tragedia ele causa.

    ResponderExcluir

Obrigada por fazer três blogueiras felizes, seu comentário e sua opinião são muito importante pra nós! Todas as visitas e comentários serão retribuídos.

(Comentários contendo ofensas e palavras de baixo calão não serão aceitos).

Seguidores

No Instagram @bloglohs

Vem pro Facebook