#II Mês do Halloween: A Senhora dos Mortos - As Crônicas dos Mortos #03

Autor: Rodrigo de Oliveira
Série: As Crônicas dos Mortos
Editora: Faro Editorial
Páginas: 278
Onde Comprar
: AmazonBr | Livraria Saraiva | Submarino

Sinopse: "E subiu da terra outra besta... e falava como dragão." Apocalipse 13:11
Um ser humano dotado de um dom extraordinário, ao ser contaminado por zumbis, se transforma no maior flagelo da humanidade. Sua memória, dos últimos momentos humanos, está mais viva do que nunca. E, agora, tudo o que ela quer é vingança e destruição.
Aqui se desenrola a jornada de uma líder do mundo zumbi, formando o seu exército a partir da cidade de Canela, e atacando os focos de resistência em Porto Alegre rumo à São José dos Campos. E, a cada lugar por onde passa, cresce o número de seguidores. ... Assim começa uma vertiginosa corrida contra o tempo para impedir que sua força se torne indestrutível, decretando o fim dos humanos na Terra.
Aqui os sobreviventes do apocalipse zumbi tentarão coordenar uma ação conjunta para tentar descobrir algum ponto fraco e destruir A Senhora dos Mortos antes que seja tarde demais. Se lutar contra bandidos bem armados em A Batalha dos Mortos foi tenso, aqui você vai descobrir o que é enfrentar um ser dotado de poderes para destruir o que restou de uma terra já arrasada.
Olá leitores e leitoras! É com muita alegria que minha resenha abre oficialmente o nosso segundo mês do Halloween aqui no blog. Nem todos gostam de livros de zumbis, claro, mas fizemos uma seleção de livros e autores variados ao longo do mês e abordaremos diversos temas relacionados ao terror e ao suspense. Vamos entrar no clima desta data aterrorizante? Teremos sorteio, top comentarista especial e muito mais. Dê uma olhada embaixo da cama antes de iniciar sua leitura (hahaha). Vamos conferir a resenha?

A Senhora dos Mortos é o terceiro livro das Crônicas dos Mortos, uma saga que narra o apocalipse zumbi no Brasil. Escritos pelo autor nacional Rodrigo de Oliveira, os dois primeiros volumes, O Vale dos Mortos e A Batalha dos Mortos, e o conto extra, Elevador 16, me conquistaram como leitora e fã do tema instantaneamente. Este terceiro volume não ficou nem um pouco a desejar, muito pelo contrário. Vou contar um pouquinho da história base para vocês e posteriormente os acontecimentos deste volume, sem spoilers para não estragar a leitura de ninguém.


Quando um fenômeno astrológico chega ao seu ápice, no ano de 2017, um planeta misterioso cruza nosso sistema solar. Nibiru, como foi chamado pelos estudiosos e pela mídia, foi algo muito maior que um eclipse e mobilizou o mundo inteiro para assistir sua passagem. Mas o que o planeta traria para a Terra, não estava nos sonhos e planos de nenhum ser humano. Zumbis.

Enquanto o mundo passou por uma triste e sombria transformação, em meio ao caos, sobreviventes surgiram em diversas frentes. Na cidade de São José dos Campos, o casal de protagonistas Ivan e Estela, junto aos seus filhos, montaram uma estratégia de fuga e sobrevivência. Ao longo dos meses que se seguiram, um trabalho de liderança e de força os uniu a várias pessoas que, como eles, desejavam continuar vivendo da melhor forma possível. Desejavam um lar. Em meio a muitos desafios, dificuldades e persistência, surgiu um condomínio de casas que foi descontaminado e devidamente protegido: o condomínio Colinas. E lá, as pessoas se estabeleceram, treinaram e montaram uma nova e ascendente sociedade. Famílias, mulheres, idosos e crianças agora tinham a chance de levar uma vida normal em meio a tudo aquilo. Mas as coisas não seriam tão simples assim.

Após lutarem contra assassinos, intermináveis hordas de zumbis e até mesmo presos em fuga, viria uma ameaça muito maior. Uma ameaça entre os zumbis. Um líder. Um demônio. Uma praga. A Senhora dos Mortos. Jezebel.


Jezebel e a irmã gêmea, Isabel, passaram a vida no Rio Grande do Sul. Isabel casou-se e então se mudou para o estado de São Paulo, mas mantinha contato constante com sua gêmea e o pai. Ambas eram jovens especiais e possuíam dons mediúnicos.  Recebiam tratamento desde muito jovens e até ajudavam as pessoas. Eram assistidas por médicos, religiosos e pelo amado pai. Com o apocalipse, Jezebel viu seu pai transformar-se num terrível zumbi e ficou presa a mercê da sorte, esperando que alguém a resgatasse da cidade infestada. Mas Isabel, que conseguiu abrigo no condomínio Colinas, nada poderia fazer. Os sobreviventes decidiram não arriscar dezenas de vidas para resgatar Jezebel, que se encontrava muito distante dali. E ela foi pega pelos zumbis. Mas o ódio e o desejo por vingança a mantiveram num estado demoníaco. Ela era um zumbi, mas inteligente e canalizado para o mal. A jovem que outrora foi especial e bondosa, agora utilizará seus dons para acabar com qualquer ser vivo que cruzasse o seu caminho, desejando apenas um fim: vingar-se da irmã e de todos os que lhe viraram as costas. E o pesadelo dos moradores do condomínio Colinas está para começar.

"Não se preocupe, coronel, o medo virá e com ele também o desespero e a desconfiança. Quero que vocês sintam exatamente como eu me senti: sozinha, abandonada e sem esperanças, aguardando a morte chegar. E depois que vocês estiverem exaustos de tanto sentir medo, eu trarei o horror..."
Ivan, Estela e os outros personagens que nos foram apresentados ao longo dos dois primeiros livros, se unem para deter o mal crescente que se aproxima de seu refúgio. Com frentes militares e apoio em algumas cidades, como São Paulo, Florianópolis e Curitiba, eles devem impedir que Jezebel alcance o que tanto almeja, acabar com as vidas que todos pouparam com muito esforço. E todos eles, com suas almas de sobreviventes, esperam ser mais fortes que o demônio que se ergue sobre a Terra novamente.

A Senhora dos Mortos, ao contrário do primeiro e segundo volume, busca trazer o leitor, mais uma vez, para o lado sobrenatural da saga, que teve início através de um fenômeno misterioso e não científico. Mesclando a realidade com a ficção, podemos sentir novamente medo do desconhecido. Algo que vá além dos zumbis que já "enfrentamos" junto a Ivan, Estela e aos outros. E como eu gosto desse toque de ficção numa história de zumbis. Foge do usual, do óbvio e nos surpreende mais a cada livro.

Também encontramos romance e lindas cenas em meio ao caos. (TWD adoro rs).
Os personagens criados pelo Rodrigo, tanto os protagonistas quanto os muitos outros, como Zac, Gisele, Isabel, Mariana, Canino, possuem histórias singulares e muito interessantes. Seu passado é narrado através lembranças e sonhos, o que nos deixa muito próximos emocionalmente de cada um deles, compreendendo suas atitudes e propósitos pré e pós apocalipse. Admiro o quesito de criação de personagens do autor, ele é muito bom nisso desde o início, e este realismo em meio a ficção continua mantendo-se neste terceiro livro.

A história se desenvolve muito bem neste volume, mudando de cenário diversas vezes, fugindo de alguns clichês e possuindo vários ápices, para nos deixar de cabelos em pé. Não imagino tudo o que vai acontecer no futuro da saga, em vários sentidos, e isso é muito bom. Serão sete livros ao todo, quatro deles já estão lançados e eu não vejo a hora de prosseguir minha leitura. Adoro estes livros, adoro os personagens e me emociono com eles, inclusive. Dentro da temática proposta, dos zumbis, do apocalipse, das relações humanas, ele é uma referência literária pra mim. Recomendo demais As Crônicas dos Mortos e acho que comecei o meu mês do Halloween muito bem.

Por fim, eu amo as capas da saga e as edições são impecáveis.
Sem mais delongas, até o próximo volume: A Ilha dos Mortos! :)






14 comentários :

  1. Oi Camila, então o apocalipse zumbi chegou ao Brasil?! rsrs... Achei bem legal conhecer um pouco mais dessa série, que será longa com 7 livros, mas que parece ter uma históra bem interessante. Sempre fico feliz quando vejo um autor nacional se destacar no meio literário. Sobre a história, não tem como não relacionar com TWD, mesmo que não houvesse gifs na resenha eu associaria e isso é bom, apesar de não acompanhar todos os episódios da série eu gosto de sua história e de histórias de zumbis em geral, o autor esta antenado e desenvolveu sua história com um tema que atrai muitos leitores. Sua resenha tá ótima e curti demais a capa do livro, é assustadora :D

    ResponderExcluir
  2. Oi, Camila!
    Ai, chegou o mês que me dá medo de entrar no blog, hahaha.
    Eu até quero ler essa série, mas essas capas me dão medo. Juro.
    Essa mulher é cabulosa, hahaha.
    Mas acho super bacana a premissa do apocalipse zumbi no Brasil e todo o desenrolar.
    Quero muito ler Elevador 16! Todo mundo fala super bem.

    Beijoooos

    www.casosacasoselivros.com

    ResponderExcluir
  3. Olá Camila!
    Amoooo esse mês! Mês do terror...o meu gênero favorito!!!
    Doidinha pra ler a série, cda vez q leio resenhas fico ainda mais curiosa!
    TWD eh td d bom!
    Bjs!

    ResponderExcluir
  4. Oi, Camila!
    Estou com uma ótima expectativa para ler essa série. Ainda não tenho todos os livros. Ganhei em um sorteio A Ilha dos Mortos e tenho Elevador 16. Vou completar minha coleção, para depois começar a leitura. Adorei sua resenha, muito bem explicada. Gosto muito desse tema e com certeza, vou amar essa série. Obrigada. Beijos.

    ResponderExcluir
  5. Oi, Camila !
    Nossa que resenha maravilhosa, adorei conhecer essa história de zumbis no Brasil. Não sabia que esses livros é uma série com sete livros. Mas fiquei mega curiosa para ler esses livros pois parecer ser uma história muito interessante e bem construída.
    Beijos

    ResponderExcluir
  6. Oi :)
    Sou uma pessoa muito medrosa e por isso não costumo ler livros de terror mas quando se trata de zumbis eu tomo coragem e leio pois adoro livros/filmes/séries com essa criatura. Gostei bastante da premissa do livro e to curiosa pra saber como é um apocalipse zumbi no Brasil rsrs. Vou procurar os primeiros volumes e se eu gostar com certeza vou ler a série toda.
    Beijos.

    ResponderExcluir
  7. Essa capa esta muito bonita mesmo. Gosto de historias de terror, essa saga esta na minha lista de compras. Já vi que vou adorar, essa Jezebel parece ser bem assustadora e quando tem vingança no meio fica mais eletrizante coitado dos moradores do condomínio rs.

    ResponderExcluir
  8. A história parece ser bem interessante e com um ótimo desenvolvimento.
    Me parece que o leitor não ficará entendiado com o enredo.
    Não conhecia a obra e pelo que li aqui, confesso que me interessei.
    Apesar de não ser um gênero que curto muito rs
    Mas por ser um nacional, porque não dar uma chance?
    Beijos,
    Caroline Garcia

    ResponderExcluir
  9. Olá!

    Não conhecia. Confesso que me surpreendi ao saber que era uma série nacional sobre zumbis, gênero tão associado a nomes gringos

    O terror também está rolando no Revelando Sentimentos - http://www.revelandosentimentos.com.br/

    ResponderExcluir
  10. Essa série tem dado o que falar e eu tenho ficado cada vez mais curiosa. Graças ao meu namorado, eu tenho me tornado uma grande fã de histórias de zumbis e estou louca para começar a ler algo sobre, e seria ótimo começar por um apocalipse zumbi no brasil! Toda a trama parece ser super bem desenvolvida e sua resenha está sensacional. Adorei tudo.
    Um abraço!

    http://paragrafosetravessoes.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  11. Socorro! Essa capa me da muito medo. Kkkk Não curto muito livros sobre zumbis, apesar de achar o assunto interessante, mas esse livro dificilmente vou ler. Medo, medo, medo!!

    ResponderExcluir
  12. Essa coisa meio zumbi, não me atrai muito. Não gosto nem de assistir séries, imaginar ler hehehehehe.
    Mas por outro lado, me parece um livro interessante, já que tu mencionou que tem bastante vingança, acredito que deixa ao livro bom, pelo menos isso. A capa é perfeita, linda linda linda
    Beijinhos, Adriana♥

    ResponderExcluir
  13. O mês do terror começou bem, um livro sobre apocalipse zumbi no Brasil, com um escritor nacional fazendo sucesso em um gênero não muito popular? Quero pra ontem.
    Adoro descobrir novos autores nacionais, parece que esquecemos que aqui tem boas histórias de todos os gêneros imagináveis e sempre procuramos primeiro entre os internacionais. Espero que continue fazendo sucesso e escrevendo outros temas diferentes.

    ResponderExcluir
  14. Outubro é o meu mês preferido!! E com certeza começou muito bem!! A capa ficou perfeita e a escrita do Rodrigo é sensacional!! Não fica nada a dever aos livros internacionais. Os personagens são muito bem construídos e a trama nos pega de tal maneira que fica impossível parar de ler!! Não é a toa que vem fazendo tanto sucesso!!

    ResponderExcluir

Obrigada por fazer quatro blogueiras felizes, seu comentário e sua opinião são muito importante pra nós! Todas as visitas e comentários serão retribuídos.

(Comentários contendo ofensas e palavras de baixo calão não serão aceitos).

Seguidores

No Instagram @bloglohs

Vem pro Facebook