Fábulas Cruéis

Autor: Luiz Vadico
Editora: Empíreo
Páginas: 192
Onde encontrar: AmazonBr | Americanas | Cultura | Saraiva | Submarino

| Livro cedido em parceria com o Grupo Editorial Empíreo |

Sinopse: Luiz Vadico traz de volta as fábulas - composição literária que tornou famosos grandes escritores como Jean de La Fontaine -, dando um toque sinistro e cruel a elas. Cada uma das 30 histórias revelam uma moral de uma forma sombria e, por vezes, assustadora.

“Fábulas Cruéis”. Eu peguei o livro e fiquei curiosa desde a capa. O que seriam fábulas cruéis? 

Todos já leram fábulas quando crianças. A formiga e a cigarra, A raposa e as uvas ou qualquer outra história com algum animal falante e uma moral não muito satisfatória para crianças muito novas. “Mas o que tem a ver as uvas verdes?”. Questionamentos assim tornavam fácil a identificação de fábulas.

Pois saibam que estas fábulas não têm nem um pouco a ver com as que conhecem. Talvez haja animais falantes, mas as morais são bem mais do que satisfatórias, e não há nada de infantil neste livro. 

[...] elas eram mais fortes e tudo terminou num grande passarinhocídio. Milhares morreram, era uma tristeza ver os pequenos ovinhos estraçalhados pelo chão, e os filhotinhos piando perdidos pela mata, enquanto peninhas voavam levadas ao vento caindo em todas as direções...
[...]
— É, meu amigo, a união dos fracos os torna fortes, mas a união dos fortes e irresistível.
O coro dos passarinhos, P. 11-12

Admito que algumas fábulas não me apeteceram nem um pouco. Como um livro de contos, sempre há aqueles que não nos dizem nada, ou que pulamos porque o próximo parece mais promissor, e com Fábulas Cruéis não foi diferente. Algumas histórias, como Os homens que falavam estrela, me ganhou desde o princípio, mas outras não tiveram efeito nenhum. Muitas possuíam ótimos finais, já outras deixaram a desejar, mas, no geral, tem-se um bom fluxo e uma coletânea respeitável.
Com o tempo, Estrela, Sol, Galáxia, Universo, passaram a ser o que sempre foram, belíssimas palavras, que significavam: brilho distante em noite escura, provedor de vida, reunião de muitas vidas, lar de todos nós.
Os homens que falavam estrela, P. 36

A escrita do autor é constante e equilibrada, com pontadas sarcásticas, enredos irônicos e simbologias interessantes (vide Uma família para Sara e Sônia), mas o lado negativo é que, com uma escrita tão linear, o diferencial é o enredo. E, se o enredo falha, ou é monótono, o interesse se esvai. 

A premissa do livro é interessantíssima, e logo de cara o leitor atento percebe a intenção do autor com suas fábulas, então a criatividade é algo admirável. Ainda assim, creio que algo mais do que chamativo é a edição tão bem feita. A finalização e as páginas fazem a leitura ser algo mais prazeroso, porque a impressão é de o livro é de contos clássicos, algo que todos deveriam ter. 

As ilustrações quase me fizeram derreter, e meu lado desenhista se levantou mais uma vez. Quase bati palmas para Eduardo Seiji e sua maravilhosa capacidade de capturar a essência de cada fábula em lindas ilustrações. É uma edição encantadora.

Em suma, é um bom livro para se distrair de leituras mais densas, por dar a possibilidade de escolha, mas não deixa de ser um volume leve mesmo assim. Algumas fábulas exigem mais esforço e paciência, e o desfecho quase sempre deixa o leitor com uma sensação de inconformismo — da melhor maneira possível: quer-se mais do que se tem, o que por si só poderia ser um enredo de fábula!

Edição recomendada a todos que buscam uma boa leitura para fugir do lugar comum e da mesmice. 





15 comentários :

  1. Oi Bel, a edição do livro parece estar realmente bem caprichada e bonita, mas infelizmente se um livro com fábulas já não prende minha atenção, com fábulas cruéis então... Mas tenho certeza que ele deve ser uma boa pedida pra quem gosta do gênero ;)

    ResponderExcluir
  2. Eu não curto muito livro de contos. Eu até tenho um aqui, mas só li a metade. Eu prefiro livros mais complexos, bem desenvolvidos e em contos isso fica um pouco difícil. E como você falou, tem conto que você gosta, outro não, o que dificulta um pouco em dar nota pra ele. Mas eu achei essa capa e a diagramação tão linda!! A editora teve tanto cuidado. Que essa editora continue caprichosa assim sempre.

    ResponderExcluir
  3. Fábulas são histórias fraquinhas mesmo, acho que a intenção geral é só passar algum tipo de lição e pronto. No entanto, o livro está maravilhoso como um todo. Percebe-se pela capa e essas ilustrações maravilhosas. Acho que só por causa disso já vale a pena manter na estante.
    Um abraço!

    http://paragrafosetravessoes.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Eu não sei o que me interessou mais nesse livro se foi a ideia super criativa, essa ideia de trazer um pouco da infância, essas fábulas do passado, em uma reformulação mais adulta (e legal). Ou se foi às ilustrações maravilhosas, dá pra comprar só elas? Kkk
    Adorei a resenha.

    ResponderExcluir
  5. Realmente, a parte visual desse livro é muito linda, muito bacana.
    Eu já vi milhões de versões sombrias dos contos de fadas comuns, mas das fábulas em si é a primeira vez.
    Achei legal!
    Acho que não gosto muito de livros de contos por causa disso, de gostar de alguns e não de outras. Preciso histórias compridas e lineares.
    :P

    Beijoooos

    www.casosacasoselivros.com

    ResponderExcluir
  6. Essa capa chama atenção e desperta a curiosidade do leitor, as ilustrações são bem bonitas, pena que algumas fábulas deixou a desejar, mas espero que as outras tenham suprido essas.

    ResponderExcluir
  7. Primeiro, quando vi a capa me veio uma coisa boa, sim, sou dessas que julga e pode começar a amar um livro pela capa (e esse logo ai ganhou o meu coração no primeiro rosnado). Então vi que era um livro de fabulas, vez por outra me vejo perambulando pela internet procurando fabulas novas, nunca entendi ao certo o motivo, mas eu amo historias com animais falantes e as suas mensagens enterradas nas entrelinhas. Ao ver que são fabulas um pouco diferentes das convencionais, fiquei super curiosa para dar uma olhada. E por ultimo , mas não menos importante, ah as ilustrações! Não sei desenhar, mas fico completamente encantada com ilustrações bem feitas e com uma profunda relação com o livro. AMO livros com ilustrações, acho que as imagens trazem um nível de riqueza a narrativa. Amei a dica, desconhecia esse livro (amei como vocês já colocam os links para quem quiser adquirir o livro, ajuda muito<3)

    ResponderExcluir
  8. Oii!
    Adorei conhecer a obra, as imagens estão bem bacanas tbm...Vai pra listinha!
    Bjs

    ResponderExcluir
  9. Apesar da premissa ser interessante, confesso que não curto muito esse tipo de obra.
    Achei a capa e ilustrações super bacanas.
    Quem sabe não tenha a oportunidade de ler essa obra mais pra frente?Como você mesmo disse, sair um pouco da mesmice de sempre.
    As vezes é bom mudar um pouco!
    Beijos,
    Caroline Garcia

    ResponderExcluir
  10. Confesso que não achei a capa lá essas coisas,mas amo livros com ilustrações <3 Apesar de não ler livros assim,seria legal,como você mesma disse,sair da mesmice e ler algo fora da minha zona. Um abraço!

    ResponderExcluir
  11. Oi Bel,
    Apesar de achar a proposta interessante e criativa, não curto muito livros desse tipo, no estilo de contos. Mas confesso que fiquei intrigada com essas fábulas, não leio algo assim desde a infância, e é a primeira vez que me deparo com um enredo sombrio assim. Não há como negar, a edição é muito chamativa, a diagramação e as ilustrações são um charme.
    Beijos

    ResponderExcluir
  12. Eu poderia falar que irei ler esse livri mas seria mentira porque eu realmente não tenho sinto muita atração por fábulas. Então eu dispenso essa leitura e quem sabe na próxima.

    ResponderExcluir
  13. OI, Isabel!
    Quando eu era criança até me interessava por fábulas, mas aquelas no estilo a raposa e as uvas mesmo, e pelo que eu vi essas são bem diferentes, muito mais intensas e adultas. Apesar do ótimo trabalho físico da editora, no momento ainda não me interessou.

    ResponderExcluir
  14. Oie, tudo bem?
    Realmente desde a capa já dá muita curiosidade, e as ilustrações são realmente lindas.
    Através da resenhas e dos quotes fiquei bem interessada em ler, eu adorava fabulas;
    Uma pena nem todas serem boas, ou que deixam o leitor presso nela, mas vou querer ler o quando antes.
    Beijos!
    Lost Words

    ResponderExcluir
  15. Não tinha me interessado pelo livro, porém o achei incrível e atrativo após ler sua resenha. Parabéns! Me cativou e agora quero ler.


    Beijos,
    Danny
    Irmãos Livreiros

    ResponderExcluir

Obrigada por fazer quatro blogueiras felizes, seu comentário e sua opinião são muito importante pra nós! Todas as visitas e comentários serão retribuídos.

(Comentários contendo ofensas e palavras de baixo calão não serão aceitos).

Seguidores

No Instagram @bloglohs

Vem pro Facebook