Infinito Reflexo: Um palácio para Hamid

Autora: Cris de Ávila
Editora: Empíreo 
Páginas: 55
Onde encontrar: Loja da EmpíreoSaraiva

| Livro cedido em parceria com a Editora Empíreo | 
Sinopse: “Infinito Reflexo - Um Palácio Para Hamid” é uma história inspirada na vivência de um encontro da autora, Cris de Ávila, com um menino vendedor de canetas artesanais na Índia. Em uma narrativa linda e comovente, a autora apresenta o trajeto de um garoto entusiasmado pelo mundo desconhecido. Com as ilustrações de Leonardo Guidugli, o leitor levará sua imaginação, através dos olhos de Hamid, a um mundo cheio de belas imagens.

Hoje eu trago pra vocês uma leitura um pouco diferente — e bem menos convencional, diga-se de passagem.

Esse não é um livro longo, e, honestamente, não é um livro que eu compraria se o visse em disposição nas livrarias. É uma pena, mas graças ao envio da Empíreo é que pude perceber que erro bobo seria não lê-lo. 

O livro conta a história de um garoto, chamado Hamid, que mora na Índia. Todos os dias, ele acorda, coloca suas roupas, arruma seu caderninho e vai ao encontro dos turistas de todos os lugares do mundo, para conhecer um pouco de sua cultura. Um dia, Hamid é convidado por uma garotinha e sua mãe a visitar o Palácio dos Espelhos.

A história é extremamente simples, mas é tão sensível que me pergunto por que esse livro não existia quando eu tinha doze anos. Com certeza teria lido e guardado comigo até depois dos vinte, como fiz com tantos outros livros infantis que me trazem boas memórias. 

Um dos pontos mais positivos para mim foi a escrita da autora, que, apesar de alguns poucos problemas, não subestima o público infantil e também não chega a ser difícil; ela considera os leitores mirins, mas não os trata como se fossem incapazes de ler sozinhos. A história é baseada no encontro que a autora teve com uma criança, quando viajou para a Índia. Hamid é baseado nesse garotinho, que queria ser um guia turístico e perguntava para os visitantes descrições de seus países e aprendia com eles algumas palavras em outros idiomas. 

Outra qualidade são os desenhos: são ilustrações maravilhosas,  tão pouco convencionais como o próprio livro. O ilustrador, Leonardo Guidugli, teve todo um cuidado em expandir a história com suas imagens, sempre mantendo algo de verossímil na fantasia. Berlim, Nova Iorque, Rio de Janeiro, todos os lugares gravados foram lindamente representados, dando uma finalização muito boa à edição capa dura. 

Como disse, a história é simples e não é longa, mas gosto de pensar que o mercado tem tão cuidado e zelo com edições infantis, trazendo histórias novas, tocantes e importantes como a de Hamid: aprender sobre novas culturas e ter uma visão de mundo expandida pela simples curiosidade de uma criança me parecem uma ótima maneira de fazer os pequenos ingressarem no mundo da leitura. 

Recomendo para todas as crianças, as de 12, as de 22 e até as de 52 anos. Acho que ainda há muito  o que aprender com livros como esse, e muito que pode ser ensinado a partir deles. 



Resenha por Bel Brito

17 comentários :

  1. Oi Bel!
    Estou encantada com esse livro *-*
    Apesar de uma leitura rápida, já que o livro tem poucas páginas, fala sobre novas culturas e ainda passa uma mensagem linda. Sem contar o capricho da editora na diagramação. Essas ilustrações ficaram maravilhosas! Uma ótima dica.
    Abraço!

    ResponderExcluir
  2. Oi Bel.
    Mesmo esse livro sendo curtinho, ele parece ser ótimo. O importante não é a quantidade de páginas e sim o conteúdo.
    Vou procurar por esse livro!
    Adorei a ilustração. É muito bonita!

    ResponderExcluir
  3. Bel, gosto quando as pessoas dão chance ao improvável de ser lido, e nesse caso você teve a oportunidade de se deparar com uma leitura que pelo que entendi foi Maravilhosa. è bom redescobrir que nos enganamos com uma capa ou um título que na primeira olhada não agrada e depois de ler nos surpreende. Achei que a ilustração que você mostrou é linda e as cenas dos diálogos devem ser mais belas ainda.

    ResponderExcluir
  4. Assim como você se eu visse esse livro numa livraria não me chamaria atenção. Mas devemos dar uma chance a história, sem falar na ilustrações belíssimas. que por si só dão um charme ao livro

    ResponderExcluir
  5. Bom dia,

    Esse é mais um livro que fico conhecendo aqui no seu blog, gosto muito de livros infantis e esse parece bem legal, a capa não é muito chamativa mas pela sua resenha vale muito a leitura, dica anotada....bjs.

    devoradordeletras.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  6. Esse livro é ideal para ler e presentear também, uma historia que nos mostra como Hamid tem força de vontade é um garoto esforçado que vai atrás do que quer, uma graça ele ir atrás dos turistas para aprender mais.

    ResponderExcluir
  7. Concordo com você, acho que eu também não compraria em uma livraria. E que pena ser assim, a gente perde oportunidades e nem percebemos. Mas existem tantos livros bons e que não tem seu devido reconhecimento!
    A história eu achei um amor. Na minha infância (não foi tão distante assim hahaha) mas costumava a ler livros como Querido Diário Otário, desse tipo. Mas acho que um livro que tem uma mensagem bonita e motivadora como essa, deveria seguir de exemplo para todas as idades.

    ResponderExcluir
  8. Eu não conhecia o livro, e confesso que se visse ele na livraria, também não daria muita atenção. A história dele parece ser bem legal, e também achei legal ele ter ilustrações. Fiquei bem interessada no livro, mas achei ele meio caro (ainda mais sendo bem curtinho).

    Beijos!

    ResponderExcluir
  9. Eu acho que me arriscaria ler esse livro, mas ele não séria prioridade nas minhas leituras kkk eu estou super atrasadas com algumas séries ^^ Mas eu tenho que admitir que só uma foto mostrou que essa edição foi bem trabalhada e que a editora está de parabéns.

    ResponderExcluir
  10. eu não conhecia nem o livro, nem mesmo a editora. e concordo, seria o tipo de livro que eu passaria despercebido em uma livraria. adorei a foto me encantou
    mas acho q com o tanto de livro que eu quero ler não sei se conseguiria ler esse

    ResponderExcluir
  11. Achei o livro de uma riqueza só!
    Um encontro realmente incrível!
    Gostei da sutileza da autora ao escrever o livro, parece realmente mto bom!
    Bjs!

    ResponderExcluir
  12. Que lindeza!
    Quando vi o título e a capa achei que não ia me interessar muito, mas com a resenha fui achando cada vez mais lindo e delicado.
    Vou procurar para comprar para as minhas sobrinhas e, claro, ler também.
    Adoro livros com ilustrações, ainda mais não convencionais.
    <3

    Beijoooos

    www.casosacasoselivros.com

    ResponderExcluir
  13. Não parece Muito bom, mas se vocês gostaram posso dar uma chance. :)

    ResponderExcluir
  14. Não conhecia e eu tbm não compraria se o visse antes de ler a resenha...Pq convenhamos que a capa é bem feia hein ahahhaa Mas esse livro parece ser de uma sensibilidade linda demais.

    ResponderExcluir
  15. Oiee!
    O livro parece ser bem legal, pena a capa não chamar a atenção, acho que ela não faz jus a história.
    Gostei muito da sua resenha, nos mostrou o quanto antes devemos lê-lo rs, seria um ótimo presente para um jovem leitor. Bela dica!
    Bjokas!

    ResponderExcluir
  16. O livro não parece muito chamativo, mas a resenha convocou-me a colocá-lo na minha lista huehue Abraços

    ResponderExcluir
  17. Oi!
    Esse também é um livro que logo de cara não chamaria minha atenção mas lendo a resenha achei essa historia tão linda e ainda mais baseada em uma historia real que com certeza quero muito ler, adorei esse livro e sua historia e as ilustrações estão lindas !!

    ResponderExcluir

Obrigada por fazer quatro blogueiras felizes, seu comentário e sua opinião são muito importante pra nós! Todas as visitas e comentários serão retribuídos.

(Comentários contendo ofensas e palavras de baixo calão não serão aceitos).

Seguidores

No Instagram @bloglohs

Vem pro Facebook