A Indomável Sofia

Autora: Georgette Heyer
Título original: The Grand Sophy
Tradução: Neide Câmera Loureiro
Editora: Record
Páginas: 406
Onde encontrar: AmazonBr | Americanas | Cultura | Saraiva | Submarino | Travessa

| Livro cedido em parceria com o Grupo Editorial Record |
Sinopse: Nada poderia ter preparado Lady Ombersley para a chegada de uma jovem como Sofia Stanton-Lacy. Sophy para os íntimos. Divertida, ousada e irreverente, ela está prestes a passar uma temporada na residência da tia em Berkeley Square após ter acompanhado o pai ao longo dos anos em suas missões diplomáticas. Educada durante as muitas viagens pelo mundo, órfã de mãe, Sophy está longe de ser a moça comedida e tímida que se espera de alguém de sua posição e logo causa frisson na alta sociedade londrina do começo do século XIX.
E ela não poderia ter chegado a Berkeley Square em um momento mais oportuno. Seus primos estão com muitos problemas: Cecilia, comprometida com um bom partido, está apaixonada por um poeta; Hubert está em dificuldades financeiras motivadas pelo jogo. Cabe à prima recém-chegada ajudar a todos do jeito que pode, com seus comentários espirituosos, sua determinação e sua espontaneidade. Porém, seu maior desafio é Charles Rivenhall, o primo mais velho. Noivo da maçante Srta. Wraxton, ele não gostou nada da intromissão de Sophy em sua vida pacata.
Os dois parecem destinados a nunca se entender; porém, o que Sophy não imagina é que, por trás da fachada ríspida, Charles não é tão rabugento assim. E ele, que acredita que só um marido será capaz de colocá-la nos eixos, de repente passa a enxergá-la com outros olhos...
Tenho uma queda gigantesca por romances de época. Normalmente eu sempre tenho alguns estocados nas prateleiras para relaxar a mente após algumas leituras complexas, mas às vezes eu simplesmente tenho vontade de ler uma história que tenho certeza que terá um final feliz. Quem nunca, não é mesmo?!   

A Indomável Sofia chamou minha atenção pela sinopse, pela capa maravilhosa e pelo fato de ter sido publicado pela primeira vez em 1950 (adoro ler livros mais velhos)! A autora, Georgette Heyer (1902-1974), é extremamente popular no Reino Unido e constantemente comparada à Jane Austen. Georgette escreveu até o dia da sua morte, publicando um total de 49 romances divididos em romances de época e thrillers. Seu legado é tão grande que seus livros vendem uma média de 600 mil cópias por ano!

Sendo assim, estava altamente curiosa para checar um dos romances mais conhecidos de uma autora tão renomada. E já adianto que não me arrependi! ;)



A história tem início com Sir Horace (diplomata e irmão de Lady Ombersley) pedindo à irmã para abrigar sua adorável filha (Sofia) por algum tempo indeterminado enquanto ele parte para uma perigosa missão ao Brasil à pedido da Coroa Britânica. A ideia de Sir Horace é que com a ajuda da tia, Sophy possa encontrar um bom pretendente para se casar. 
Lady Ombersley fica impossibilitada de negar o pedido do irmão, mas não imagina que sua sobrinha Sofia é uma moça fora dos padrões aristocráticos de 1816 e que será responsável por transformar a vida da família inteira em apenas alguns meses.

Sofia Stanton-Lacy, Sophy para os íntimos, já está com 20 anos e ainda é solteira. Determinada, corajosa e divertida, Sophy não se preocupa com a opinião alheia. Como cresceu viajando com o pai diplomata por diversos países, é altamente independente e dona de uma mente e uma língua muito bem afiadas. Sophy não gosta de ficar parada e está sempre a procura de algo para fazer ou resolver.
Quando Sophy chega à casa de sua tia, logo percebe que a família está infeliz. Por isso, ela decide que ela será responsável por resolver todos os problemas da família.

Mas ninguém poderia esquecer Sophy, mesmo se não pudesse se lembrar da forma do seu rosto ou da cor dos seus olhos.
p. 49

A prima Cecilia está comprometida com Lorde Charlbury, mas encontra-se apaixonada pelo poeta Augustus Fawnhope. Seu primo Hubert está com dívidas de jogos que não sabe como resolver sem contar ao irmão mais velho, Charles - de quem morre de medo. E, Charles, bem… Ele é realmente uma incógnita muito interessante.

Charles Rivenhall é o filho mais velho de Lady Ombersley e o atual chefe da casa. Depois que ganhou uma grande soma de herança, Charles tomou para si a responsabilidade de quitar as dívidas que seu pai fez (e continua fazendo), além de cuidar dos estudos dos irmãos mais novos e dos dotes para as irmãs.
Embora Charles seja visto como um tirano por Cecilia e Hubert, as crianças e os animais da casa o idolatram como um grande herói.
Com uma mente tão afiada quanto nossa protagonista, a complexidade de Charles chamará a atenção de Sophy de diversas formas.
Infelizmente Charles está noivo da insuportável Srta. Wraxton, um infeliz acaso que Sophy planeja resolver assim que possível.

Decidida então a resolver todas as questões dos moradores de Berkeley Square, Sophy bolará muitos planos malucos e divertidos envolvendo pretendentes ruins, bailes, encontros proibidos, roubos de carruagens, armas, agiotas e animais exóticos! 


Extremamente cativante, A Indomável Sofia é uma leitura divertida, leve e rápida - apesar de ter mais de 400 páginas. Por ter sido escrito em 1950, o livro difere dos romances de época atuais em alguns pontos, como o fato de não ter nem um único tom sensual em toda a obra. O romance é completamente inocente, mas consegue prender completamente a atenção do leitor o tempo inteiro, aguçando sempre a nossa curiosidade sobre como Sophy irá resolver todas as confusões que ela mesma parece estar causando.

Não há um único momento chato do livro. E, na minha opinião, o texto de Georgette de fato lembra muito Jane Austen na forma como algumas ações renderão algumas consequências questionáveis, mas depois de algumas fugas e perseguições, tudo terminará bem. A trama criada pela autora é altamente rica e muito bem construída.


Fiquei encantada e apaixonada pela singularidade do livro de Georgette e recomendo totalmente a leitura! Leia já! ;)






38 comentários :

  1. Também amo romances da época♥, a Sophy tem personalidade admirável,pois ela não ta preocupada se casar algo que antigamente era tipo uma lei principalmente se a moça ficar muito velha pelos padrões.Gostei muito da Sophy, ela muda rapidamente a vida daqueles parentes de alguma forma e demostra que não é um marido que ira doma-la
    Ps:Amei o Ross e o macaquinho .

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Simone!!

      Também adoro o Ross e o Marcel! #FriendsForever
      Espero que se encante com o livro como eu me encantei porque a história vale a pena! ;)

      Bjs!

      Excluir
  2. Vendo a sinopse e a resenha não é o tipo de livro que costumo pegar,também gosto de um clima mais sensual,mas que bom que a leitura te prendeu,lembrar Jane Austen é um grande elogio.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Uma pena que o gênero não te agrada, Helen!
      Mas se algum dia for tentar romances de época, o livro é uma ótima sugestão! ;)

      Bjs

      Excluir
  3. Ooi!
    Só de ver a capa pensei "hmm deve ser romance de epoca, já gostei", assim como você tenho uma quedinha por romances de epoca, e o fato de a auotora ser comparada com a jane ajsten faz com que as expectativas aumentem. Amei a resenha.

    Ah, se puder dar uma passadinha no meu blog, postei resenha sobre o filme "Sobre meninos e lobos" http://lendocomela.blogspot.com.br/2016/04/sobre-meninos-e-lobos.html?m=0
    bjs xx

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Micaela!

      Romances de época são sempre uma leitura deliciosa, né?! Fiquei encantada com a história e espero que goste tanto quanto eu! :)

      Assim que tiver mais tempo eu dou uma lida na sua resenha também! ;)

      Bjs

      Excluir
  4. Oi Carolina!
    Adoro romances de época e assim como vc sempre tenho algum na estante aguardando pra ser lido.
    Quando vi esse lançamento fiquei encantada com a capa e logo adicionei aos desejados, mas não fazia ideia que tinha sido escrito há tanto tempo.
    O que mais gostei na premissa desse livro é o fato de ser uma leitura leve e divertida. A Sofia me pareceu uma mocinha bastante determinada a resolver os problemas de todos,rsrsrs. E está muito à frente da sua época...
    Abraço!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Vania!!

      Tenho certeza que irá adorar então!! Porque o romance é leve, fofo e engraçado.
      Mesmo sem cenas hots, a trama prende muito sua atenção e você nem vai perceber que já terminou o livro! Hahahaha

      Bjs!!

      Excluir
  5. eu não sou muito fã de romances de épocas, mas são tantos elogios (para várias séries) que as vezes eu penso em começar
    impressionante eu não conhecia a autora e olha que ela tem vários livros, deve ser interessante ler um livro de época escrito na época outro meados do século passado e outros agora
    acho que vou dar uma chance para esse livro =)
    a mocinha parece ser bem legal

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Mari!

      É sempre bom sair da nossa zona de conforto e ler livros diferentes porque às vezes descobrimos gostos que não fazíamos ideia!
      Espero que encontre um romance legal para começar e com certeza A Indomável Sofia é um ótimo título para se perder algumas horas! :)
      Espero que goste tanto quanto eu gostei.

      Bjs!

      Excluir
  6. Oieee Carolina,nossa há tempos queria ver uma opinião sobre esse livro,estava muito curiosa,e fiquei PASSADA que é um livro super antigo,nuncaaa que iria imaginar viu :o

    Então,esse livro têm um tipo de enredo que aprecio muito viu,com uma mocinha mais á frente do seu tempo e espertalhona,com um mocinho que á primeira vista pode ser rabugento,mas que no fundo é um amor...E ainda mais com uma mulher insuportÁvel,a noiva dele,para dar uma movimentada na trama...gostei muito do que você descreveu sobre ele,ainda mais que diz que em nenhum momento o livro fica monótomo...

    Mas em contrapartida,o fato do livro ser muito antigo me desanima um pouco,justamente pela falta de descrição dos momentos mais quentes,pois a maioria dos livros bem antigos realmente são muito pouco,ou nada descritivos,e eu já acostumei com livros mais descritivos,então talvez sentiria uma baita falta viu :/

    Einh,mas esse livro faz parte de uma série ou é único?

    Bjss

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Dani!

      Primeiramente, me sinto honrada por você esperar minha opinião sobre o livro. Estou me sentindo muito especial agora, então, obrigada!! :D

      Agora, vou te dizer que a falta de cenas hots dá uma singularidade ao romance de uma forma que nos obriga a sair da zona de conforto atual no quesito dos romances, sabe?

      E a história não deixa a desejar de forma alguma! São várias tramas e a Sophy arquiteta muitos planos engraçados e problemáticos que darão muitas guinadas interessantes ao texto.

      Te aviso ainda que o texto não é descritivo e muito menos chato. Vale muito a pena ler!!! E é um volume único, então, LEIA! Hahahaha!

      Bjs

      Excluir
  7. Oi, Carol!
    Que lindeza!
    Eu quero ler esse livro :D
    Assim como você, eu sempre tenho um romance de época me esperando na estante (No momento tem uns 6, hahaha), inclusive os Hathaways que você me indicou <3.
    Esse parece ser muito fofo.
    É engraçado porque quando você pensa em romance de época, você pensa em cenas picantes, pelo menos uma vez. Mas é legal saber que esse não tem, que é bem inocente, bem Jane Austen.
    Já tem uns dias que está na minha lista de desejos.
    :)

    Beijoooos

    www.casosacasoselivros.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Teca!!!

      Leia!!! Leia!!! Leia!!! Hahahaha
      É super fofo e tenho certeza que vai se encantar!
      Só recomendo coisa boa, como Os Hathaways! <3

      Pois é super inocente e mesmo assim prende totalmente sua atenção. É muito bem escrito.
      Que bom que já está nos seus desejados! Pode comprar que eu deixo! Hahahaha

      Bjs

      Excluir
  8. Oi :)
    Não gosto muito de ler romances mas os de época me chamam a atenção. Adorei a estória do livro e com certeza vou amar, pois como você disse, '' Não há um único momento chato do livro '', e também por parecer ser bem levinho e estou precisando disso na minha vida no momento rs.
    Beijos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Às vezes a gente precisa mesmo de um livro leve para distrair, né? Faz parte!
      Espero que goste como gostei! :)

      Bjs

      Excluir
  9. Olá, Carolina!
    Tipo, amo MUITO romances de época, mas não conhecia esse livro nem a autora, porém a história parece ser bem cativante :) Também amo muito a tia J. (Jane Austen) e se elas são parecidas não vejo a hora de poder lê-lo.
    Um abraço.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Jorge!!

      Romance de época é tudo de bom, né?! Eu adoro sempre! Hahaha
      Mas tenho certeza que vai gostar do livro então. É uma leitura cativante! <3

      Bjs

      Excluir
  10. Eu tb adoro romances de época. Um ser aí me viciou...kkk
    Nunca li Jane Austin, preguiça..apesar da curiosidade. A sinopse me chamou atenção e fiquei curiosa com a inocência que mencionou. Vou ler e depois te conto.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tenho certeza que foi afetada pelo bom gosto dos romances de época!! Hahahahaha

      Espero que goste do livro também! ;)

      Bjs

      Excluir
  11. Adoro romance de época <3 desde que peguei para ler, não paro mais. Faz um tempo que quero ler essa autora, e até agora, esse foi o livro que mais me chamou a atenção. E o seu post só fez a vontade aumentar. Ótima resenha!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ai que bom, Karina!
      Adoro deixar as pessoas com mais vontade de ler! Hahaha

      Mas a história é ótima mesmo e vale muito a pena.
      Espero que goste bastante também! :)

      Bjs

      Excluir
  12. Hey, flor!!
    Sou extremamente fã de qualquer tipo de romance, mas o que menos aprecio, para ser sincera, são os mais históricos, mas preciso admitir que esse chamou bastante minha atenção, viu?
    Estou meio de saco cheio das mocinhas mimizentas e a Sophy não aparenta ser nada disso!! hehe
    Esse já estou para a lista... obrigada pela dica!!

    Beijocas!

    https://cacadoresdelivro.wordpress.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Gosto não se discute mesmo. Eu tenho dificuldade com terror, mas confeso que tudo de romance me atrai - independente da época. Hahahaha

      Sophy de fato não é nem um pouco comum! Hahaha. E ela apronta muito, vou te dizer!
      Caso tenha a oportunidade de checar o livro, espero que goste também! ;)

      Bjs!!

      Excluir
  13. Oi, Carolina! Tudo bem?

    Eu não são tão fã de romances de época, prefiro romances contemporâneos e atuais. Contudo, gostei muito de sua resenha que está muito bem detalhada e acredito que muitos amantes da leitura dessa gênero, irão comprar, pois seu modo refinado de escrever é sensacional!

    Beijos!
    Irmãos Livreiros

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada pelos elogios, Dani! :)
      Espero que as pessoas gostem mesmo.
      É um gênero que me agrada e me deixa relaxada em alguns momentos. Hahahaha

      Bjs

      Excluir
  14. A primeira vez que botei os olhos nesse livro sabia que iria querer lê-lo. Porém não imaginava que ele seria tão antigo, pensei que fosse escrito agora. Não conhecia essa autora. Estou amando essa leva de romences de época principalmente com uma heroina que vai alem dos seus principios. Sou nova no meio dos romances de época mas estou cada vez mais me apaixonando pelo gênero. Esse dai já está na minha wish list.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Os romances de época são de fato apaixonantes, Bruna! Espero que continue se aventurando e adorando os títulos que vem por aí porque são muitos! :D

      Bjs

      Excluir
  15. Não costumo ler romances de epoca, nao gosto de livro agua com açucar, mas esse parece ser bem diferente porque a personagem parece forte, a frente do tempo, ne? fiquei curiosa pra ler!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Ana Paula!

      Os romances de época tendem a ser água com açúcar mesmo por apresentarem tramas mais simples.
      Mas mesmo assim eu gosto muito. Hahahaha

      Sophy está muito a frente do seu tempo e tem uma mente afiadíssima. É uma história muito interessante. :)

      Bjs

      Excluir
  16. O que achei legal nele foi o aspecto divertido. Falam muito disso nas resenhas e me interessou. O gênero é um que amo e sempre é bom ter algum que se destaque por alguma diferença dos demais. E esse além da diversão ainda é um mais velhinho, achei legal. A trama vale mesmo a pena né? E de novo parece que ler é bem rápido apesar das muitas páginas, vi gente falando que era assim mesmo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Cris!!

      Mesmo com várias páginas, o texto é bem simples e a história flui muito bem! Por isso a leitura é rápida.

      Esse livro é um velhinho muito interessante, viu?
      Espero que se divirta na leitura também! ;)

      Bjs

      Excluir
  17. Não sou muito fã de romances de época por isso não me interessei, mas parece ser um ótimo livro pra quem gosta do genero!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Gi!

      Realmente é um ótimo livro para quem gosta do gênero! :)

      Bjs

      Excluir
  18. Eu sou apaixonada por romances de época e eu já havia adicionado esse livro na minha lista, mas não sabia que ele tinha sido escrito em 1950!
    Eu gosto muito da sinopse desse livro e tenho a ligeira impressão que a Sophy (já sou íntima kk) vai se meter em muitas confusões.
    Eu adorei saber que o livro promete boas risadas e que ele não possui aquela pegada sensual, não que eu não goste, mas é bom ler livros que variam um pouco os elemntos *-*
    Adorei a resenha e já quero saber como é que vai se dar o envolvimento da Sophy com o Charles.
    Beijo :)

    ResponderExcluir
  19. Estou louca para ler esse livro, a capa dele é linda, e por ser de época me deixou mais ansiosa ainda <3
    Gosto muito de quando as protagonistas tem sabedoria para consertar tudo.
    Não fazia ideia que a autora já morreu e fazia tanto sucesso! Pretendo ler o mais rápido possível

    ResponderExcluir
  20. Oi!
    Quero muito ler o livro da Georgette Heyer, adoro os romances de época e achei em interessante ser um livro publicado nos anos 50, gostei muito dessa historia que parece ser leve divertida e com aquela certeza do final feliz e gostei muito da Sofia que é uma personagem bem cativante e que logo encanta o leitor !!

    ResponderExcluir
  21. OLá, Carol!

    Acredita que larguei o livro bem no comecinho? Quando o pai da Shopia está conversando pra ela mudar ainda...Me deu um sono, que vc não acredita. Agora, depois de ler sua resenha, penso que vale a pena retomar. Amo demais romances de época, e quando além de fazer suspirar de amor são capazes de divertir e arrancar risadas, é ainda melhor.

    Acho que esse é um papel importante dos blogs, sabia? Levar o leitor a pensar sobre os livros, sobre as possibilidades de leitura. Obrigada!

    Beijo

    https://revelandosentimentos.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir

Obrigada por fazer quatro blogueiras felizes, seu comentário e sua opinião são muito importante pra nós! Todas as visitas e comentários serão retribuídos.

(Comentários contendo ofensas e palavras de baixo calão não serão aceitos).

Seguidores

No Instagram @bloglohs

Vem pro Facebook