Tudo e Todas as Coisas

Autora: Nicola Yoon
Título original: Everything, Everything
Tradução: Amanda Orlando 
Ilustração: David Yoon
Editora: Novo Conceito
Páginas: 304
Onde encontrar: Submarino | AmazonBr | Livraria Cultura 

| Livro cedido em parceria com a Novo Conceito |
Sinopse: Minha doença é tão rara quanto famosa. Basicamente, sou alérgica ao mundo. Qualquer coisa pode desencadear uma série de alergias. Não saio de casa nunca sai em toda minha vida. As únicas pessoas com quem convivo são minha mãe e minha enfermeira, Carla.
Eu estava acostuma com minha vida até o dia que ele chegou. Pela janela olho para o caminhão de mudança, e então o vejo. Ele é alto, magro e está vestindo preto da cabeça aos pés. Seus olhos são de um azul como o oceano.
Ele me pega observando-o e me encara. Encaro-o também. Descubro depois que seu nome é Olly.
Talvez eu não possa prever o futuro, mas posso prever algumas coisas. Por exemplo, estou certa de que vou me apaixonar por Olly. E é quase certo que será um desastre.

Li esse livro em dois dias. Meu pai foi o responsável por me dar aquele empurrão inicial necessário, sabem? Ele me deixou duas horas esperando pela carona no shopping. E eu não tinha mais nada a fazer senão ler. E fico feliz por esse livro ter estado comigo. Foram horas muito boas! Cheguei na metade, por isso, no dia seguinte, com várias coisas da faculdade para fazer, o que eu fiz? Terminei de ler o livro. Caso contrário, a voz na minha cabeça não deixaria eu me concentrar devidamente em outras tarefas. Fora que essa capa maravilhosa ficava me chamando todas as vezes que eu olhava para ela, então eu não tinha como resistir. Portanto, a leitura está super recomendada!

Medeline Whitier possuiu uma doença extremamente rara: ela é alérgica ao mundo. Isso significa que seus 18 anos foram passados dentro de casa, somente convivendo com sua mãe e sua enfermeira, Carla. Seu pai e seu irmão morreram em um acidente de carro quando ela tinha apenas alguns meses; desde então, sua mãe - uma médica - dedica toda sua atenção aos cuidados que a filha necessita.

Medeline tem uma rotina bem estabelecida, caso contrário, ficaria louca. Ela estuda à distância, lê mais livros que todos nós juntos e tem um blog no qual posta resenhas com spoilers. Ela está acostumada. Porém, essa rotina começa a ruir quando um caminhão de mudança chega na casa ao lado e ela vê, pela primeira vez, um garoto completamente vestido de preto que conseguia escalar a parede até o telhado: Olly.

"Pela primeira vez em muito tempo, desejo mais do que aquilo que tenho." Medeline, p. 83

Olly é um garoto enigmático. Por mais que Madeline tente espiá-lo - e ela o faz como ninguém -a garota não sabe o que ele faz em cima do telhado. Até que pequenas interações furtivas começam a acontecer através das janelas dos quartos. Eles trocam e-amil, conversam pelo bate-papo e começam a se conhecer. É como se algo estivesse chamando a ambos. Ele é a novidade que tirará Medeline de sua rotina. Ele abalará a vida dessa garota que não sabia que poderia desejar tantas coisas. E Maddy é uma amiga que ajudará Olly a enfrentar a pesada rotina de sua família por conta da presença de um pai abusivo.

Uma amizade está nascendo. E dela, algo maior. Mais poderoso. Algo que fará com que Maddy tome decisões que nunca pensou antes. Esse é um dos pontos que não me permite dar cinco livrinhos para Tudo e todas as coisas. Eu sei absolutamente tudo que Olly faz a Maddy, mas não sei como esse relacionamento, essa nova amiga, consegue ajudá-lo. Posso deduzir, tentar encontrar pistas que indiquem aquilo que eu desejo que seja verdade, porém não é a mesma coisa que eu saber que estou certa. (Pensamento muito semelhante ao de Maddy!)

"Mas a diferença entre saber e ver pessoalmente é a diferença entre sonhar que se está voando e voar de verdade." Medeline, p. 77

O próximo passo é eles se encontrarem. Porém, para isso acontecer, ela tem de contar para Olly que Maddy está doente. Ela não quer, mas o faz. Ele não reage com pena. Somente deseja vê-la. Então, ela orquestra com Carla, sua enfermeira e amiga, para que isso aconteça. Ele precisam ficar longe um do outro. não podem se tocar e ele precisará tomar um desconfortável banho de descontaminação. Ela o encontra pendurado na parede. (Adorei esse traço em Olly: o parkour. Esse é um esporte que eu adoraria aprender!). Eles se encontram e nada dá errado. Então... eles passam a se encontrar cada vez mais.

"De uma coisa eu tenho certeza: a vontade só leva a mais vontades. Não há limites para o desejo." Medeline, p. 86

O desenrolar desses encontros, no entanto, não é muito positivo. A mãe de Maddy descobre e a coloca de castigo. Ela observa a vida dele voltar à rotina de um adolescente saudável e isso é difícil. Ela sente falta dele. De quem ela era quando ele estava presente. Ela não sabe se poderá se acostumar a uma vida na qual Olly não faça parte.

"- É melhor assim. Não quero ver você de coração partido.
- O amor não pode me matar.
- Isso não é verdade. Quem falou isso para você." Mãe e Madeline, p. 148

Por isso, ela irá lutar e nos mostrará como não podemos desistir, jamais, daquilo que nosso coração deseja. Ela fará uma loucura. E eu entendi a loucura dela. E peço que vocês entendam também. Ela viveu 18 anos presa em sua bolha. O gatilho de sua alma foi puxado, então ela lutará por si mesma, por sua felicidade. E essa será uma jornada linda.

"Eu era feliz antes de conhecê-lo. Mas agora estou viva e isso não é a mesma coisa." Maddy, p. 177

No fim, por eu já ter suspeitado de qual solução Nicola iria oferecer a nos para fechar seu livro, eu dou quatro livrinhos para classificá-lo. Tudo e todas as coisas não me deu um fechamento redondo. Terminou de um modo no qual eu deduzi tudo o que aconteceu. Sei lidar com isso, mas gosto quando os autores me contam tudo a respeito de suas personagens. Foi uma leitura incrível, apesar da saída "fácil". Não é excelente, na minha opinião, por conta de questões importantes que ficaram abertas. De qualquer forma, é uma leitura que vale! 

"- A vida é um dom, não se esqueça de vivê-la." Carla, p. 140










Sessão das Quotes

"- Você vai ver. Logo aquele sorriso vai surgir de novo. A vida é difícil, querida. Todo mundo encontra um caminho." Carla, p. 40

"Medeline: Qual é a cor dos seus olhos?
Olly: azul
Medeline: Seja mais espcífico, por favor.
Olly: jesus. gartoas! eles são azul-oceano
Medeline: Do Atlântico ou do Pacífico?
Olly: atlântico. qual é a cor dos seus?
Medeline: Chocolate.
Olly: seja mais específica, por favor
Medeline: Cor de chocolate com 75% de cacau.", p. 57

"É assim que a Rosa consegue tudo o que quer. Ela simplesmente pede para a mãe, que tem um coração grande demais." Medeline, p. 73

"Combustão espontânea é uma coisa totalmente possível. Tenho certeza disso." Medeline, p. 80

"- Então você precisou de um monte de teorias matemáticas para se dar conta de que as pessoas são imprevisíveis?
- Você já tinha descoberto isso, não é?
- Livros, Olly! Eu aprendi isso nos livros." Olly e Maddy, p. 100

"Meu corpo se torna um pouco mais descoordenado quando me imagino beijando Olly, mas tenho certeza que isso é só uma consequência de estar apaixonada." Maddy, p. 124

"Eu me afasto primeiro desta vez, mas só poque preciso de ar. Se eu pudesse, eu o beijaria durante todos os segundos de todos os dias de toda a minha vida." Maddy, p. 130

"Sinto falta de conhecer a Maddy que sou quando estou com ele." Maddy, p. 154

"- Não estou me sentindo sozinha, mãe. Eu sou sozinha. Essas são duas coisas completamente diferentes." Madeline, p. 156

"- Você não está viva se não tiver arrependimentos." Carla, p. 182

"Ele diz que eu sou como um bebê que mergulha de cabeça nas coisas por não ter conhecimento suficiente para sentir medo." Maddy, p. 204

"Estamos unidos e eu conheço todos os segredos do universo." Maddy, p. 219

"Como poderei viver o resto da minha vida nesta bolha agora que sei o que estou perdendo?" Maddy, p. 236

"Medeline: Eu queria tudo, Olly. Queria você e o mundo inteiro. Eu queria todas as coisas.", p. 238

"Não quero conforto, nem proteção.
Quero apenas a verdade." Medeline, p. 262

"Há mais coisas na vida do que se manter vivo." Maddy, p. 290

18 comentários :

  1. Oi Izabela!
    Esse livro está sendo bastante comentado positivamente.
    Confesso que não é o tipo de leitura que me atrai e a princípio achei que por se tratar de uma personagem doente e isolada, seria uma estória triste e um tanto dramática. Mas acho que me enganei né?! Adoro quando se estabelece primeiramente a amizade e só depois os sentimentos vão aflorando.
    Fiquei muito curiosa quanto ao enigmático Olly e feliz em saber que apesar de tudo a Medeline é forte e vai lutar pelo que deseja.
    Isso certamente me deixou com vontade de ler o livro :)
    Abraços!

    ResponderExcluir
  2. Os Quotes são incríveis a Medeline fala de uma forma tão profunda, é triste o estado dela, e Olly a ajuda de alguma forma.Eles são um casal tão fofo.A mãe de Maddy Carla acho que ela é muito zeladora,mas da para entender o porque.Espero que Maddy e Olly consigam terminar juntos

    ResponderExcluir
  3. Eu estou desejando esse livro desde que a NC começou a sua divulgação. Tudo e Todas as coisas parecem ser um daqueles livros que nos tocam profundamente e nos fazem pensar em várias coisas, principalmente aquelas que não damos a devida importância.
    Esse livro me lembrou muito o livro nacional Uma Vida Para sempre (que por sinal eu recomendo muito) e que é um dos meus livros favoritos.
    A sua resenha me deixou bastante curiosa, principalmente sobre a tal loucura que a Madeline vai fazer e sobre como o livro vai terminar, mas espero que tudo possa acabar bem.
    Amei os quotes que você escolheu e não vejo a hora de ler esse livro ♥ Beijo!

    ResponderExcluir
  4. Iza, a capa desse livro é linda, realmente. Sempre que me deparou com ele na livraria paro e leio a sinopse e ele me encanta no começo, mas depois eu broxo e a sua resenha causou a mesma sensação... pensei: que demais, parece ser realmente bom, mas há algo nessa história que não me faz ter interesse. Não tenho vontade de ler. :(

    ResponderExcluir
  5. Olá Izabela, tudo bem?


    Essa é a segunda resenha que leio desse livro e apesar dos leituras saberem antes o que vai acontecer ainda quero ler a obra.....bjsss.

    http://devoradordeletras.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  6. Oi, Izabela!

    Também li Tudo e todas as coisas numa "sentada". Daquele livro despretensioso, que vai nos amarrando com o passar das páginas. Olly é um amor. Carla, uma querida. A mãe... A mãe estava sendo mãe, levando em consideração tudo o que aconteceu, eu compreendo. Senti falta de um epílogo, pois sempre quero saber o que aconteceu depois do fim. Depois dos pulinhos e sorrisos...

    Bj


    http://revelandosentimentos.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  7. Ooi!
    Já tinha visto falar sobre esse livro, o vejo muito por ai, mas nunca me deu vontade de lê-lo, até agora né! Porque depois de ler essa resenha e esses quotes eu vou correndo agora na livraria! O tipo de livro que eu gosto facilmente. Bjs xx

    ResponderExcluir
  8. A Cada resenha que leio desse livro me sinto mais e mais inclinada a ler,como sempre gostei bastante da resenha e espero ler muito em breve.

    ResponderExcluir
  9. Não conhecia,a Madeline chama a atenção com sua doença"Minha doença é tão rara quanto famosa. Basicamente, sou alérgica ao mundo."
    Quantos quotes!Adoro ler os quotes,sinto mais o clima do livro,gostei desse,vou classificar meus olhos de forma mais especifica agora:
    "Olly: seja mais específica, por favor
    Medeline: Cor de chocolate com 75% de cacau."

    ResponderExcluir
  10. Oi :)
    Estou precisando ler livros leves como esse, que a gente lê em uma sentada, como você disse, pois só estou lendo leituras que não flui tanto quando eu queria. Adorei a estória desse livro e mesmo que o final não é nada surpreendente eu gostaria de lê-lo.
    Beijos.

    ResponderExcluir
  11. Olá Izabela!
    Por coincidência, hoje eu e meu amigo estávamos conversando sobre esse livro, nós queremos comprar! Por dentro é lindo, já vi um exemplar dele. Parece muito bom, quero ler!
    Abraços

    ResponderExcluir
  12. Oi, Izabela!
    Estou doida para ler esse livro, mesmo que o final não tenha te surpreendido e tudo o mais.
    Como eu sou mais sonsa, vai que comigo funciona?
    Hahaha.
    A premissa me deixou curiosa, com a doença de alergia ao mundo, me lembrou um pouco um episódio de Extreme Make Over que vi uma vez.
    E essa capa é maravilinda, né? <3

    Beijoooos

    www.casosacasoselivros.com

    ResponderExcluir
  13. Na primeira vez que vi esse livro não me interessei muito por ele, mas agora estou vendo o quanto todo mundo está adorando e fiquei com a curiosidade de lê-lo. Fora que essa capa é linda. Nunca li um livro com esse tema, fico imaginando como deve ser horrível ser alérgica a tudo e nunca poder sair de casa, acho que eu não aguentaria. É como viver em uma bolha mesmo. O romance pelo visto parece ser daqueles bem fofinhos e leves. Faz tempo que não leio algo assim. E o que falar sobre essa edição? Maravilhosa! Não sabia que tinham ilustrações. Legal que a Novo Conceito tenha investido bastante nessa obra. Estou louca atrás do marcador transparente *-*

    ResponderExcluir
  14. eu tb ando com livros por causa desses "empurrões" que os outros dão. mas, assim eu ando meio chateada com os YA e o fato desse ser previssivel não me deixa muito animada para ler.
    então mesmo com essa resenha maravilhosa eu não sei se leria, só pela resenha várias coisas aconteceram como eu imaginei

    ResponderExcluir
  15. Eu adorei a capa do livro, mas ainda prefiro a versão americana, acho que as palavras ficaram melhor, mas nao terei paciencia de comprar o importado, vou comprar esse mesmo hahah O livro parece ser bem emotivo e tocante, bem profundo pra ler com calma e refletir, quero mto.

    ResponderExcluir
  16. Quando vi o lançamento não dei muita bola. Achei a sinopse bem normal e não me pareceu um livro que gostaria muito. Mas agora estou vendo resenhas e essa é outra que me animou. A trama é muito boa pelo visto, não é de perder tempo como pensei. Deu vontade de ler, fiquei curiosa.

    ResponderExcluir
  17. Já vi elogios a esse livro, e achei interessante a protagonista ter alergia a tudo, será que essa doença existe?
    Também achei interessante o Pacour , pois o único livro que já li sobre isso foi Lua nova com o Jacob kk
    Fiquei curiosa para saber o desfecho da história.

    ResponderExcluir
  18. Oi!
    Gostei muito dos quotes, assim que li a sinopse desse livro fiquei curiosa sobre essa historia, e lendo a resenha ele já foi para minha lista de leitura, achei a historia linda e emocionante, gostei muito dessa amizade da Medeline e do Olly e como ela começa a enxerga novas possibilidades e fiquei bem curiosa sobre esse final !!

    ResponderExcluir

Obrigada por fazer quatro blogueiras felizes, seu comentário e sua opinião são muito importante pra nós! Todas as visitas e comentários serão retribuídos.

(Comentários contendo ofensas e palavras de baixo calão não serão aceitos).

Seguidores

No Instagram @bloglohs

Vem pro Facebook